MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Receita Federal DOA mercadorias para o Exército Brasileiro socorrer comunidades

Mercadorias doadas pela Receita Federal ao Exército Brasileiros serão destinadas às comunidades em vulnerabilidade econômica no Mato Grosso do Sul

Fachada da Receita Federal
Fachada da Receita Federal - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 27/03/2023, às 20h14

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Receita Federal doou mercadorias para o Exercito Brasileiro socorrer comunidades que enfrentam dificuldades e estão em vulnerabilidade social. A Alfândega do órgão federal em Corumbá/MS entregou na última quinta-feira (23) quase 4 toneladas de vestuário. 

O material será distribuído para Ações Cívico-Sociais (Aciso) realizadas na região do Pantanal sul-mato-grossense. Os vestuários entregues pela Receita ao Exército serão destinados para a assistência e auxílio às comunidades que estão em situação de vulnerabilidade econômica na região de Corumbá e Ladário/MS.

A parceria entre a autarquia e o Exército, segundo publicação no site da Receita Federal, tem o intuito de garantir que as mercadorias possam chegar às comunidades que mais precisam de auxílio, as carentes e de difícil acesso. Os militares da 18ª Brigada de Infantaria de Pantanal retiraram os vestuários em Corumbá. 

A Receita, assim como outros órgãos que atuam na linha de frente de fronteira, realizam grande volume de apreensões. Grande parte desse material é aproveitado para benefício da sociedade, ao realizar doações para entidades públicas e organizações sem fins lucrativos. 

+ Emprestar dinheiro a juros é crime? Veja as possíveis consequências jurídicas da prática

Órgão realizou doações para vítimas no litoral paulista

Para prestar apoio as vítimas das fortes chuvas que acometeu o litoral de São Paulo em fevereiro, a Receita destinou mais de 60 toneladas de mercadorias. À época, o ministro Fernando Haddad (PT), afirmou que os produtos identificados foram avaliadas em R$ 11 milhões pelas unidades do Fisco, principalmente a do Estado de São Paulo. 

Ele, também, chegou a agradecer os servidores da Receita. "Agradeço o empenho dos servidores da Receita Federal, especialmente os da 8ª Região Fiscal (SP), que prontamente atenderam à necessidade de mobilização em pleno feriado", escreveu Haddad. 

Destinados aos atingidos, entre os itens, estavam roupas, calçados, artigos de cama, mesa e banho, produtos de higiene pessoal, material de limpeza e utensílios de cozinha.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.