MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Saiba como ser doador de medula óssea e obter isenção em concurso público

Ao doar, além de conseguir aliviar o bolso ao obter isenção em concurso público, você exercerá um ato de cidadania que vai ajudar a salvar vidas. Veja como isso é possível

MYLENA LIRA | REDACAO@JCCONCURSOS.COM.BR
Publicado em 19/07/2022, às 17h42

Isenção em concurso público: pessoa entre coração a outra
Isenção em concurso público: pessoa entre coração a outra - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Quem é concurseiro sabe que o valor cobrado a título de taxa de inscrição subiu consideravelmente nos últimos tempos e está cada vez mais oneroso disputar um cargo na administração pública, principalmente os que exigem nível superior, que beiram R$ 250,00. Portanto, obter isenção em concurso público pode garantir a participação em mais processos seletivos.

Existem diversas maneiras para conseguir se inscrever de forma gratuita, mas neste artigo o JC Concursos vai detalhar uma via pouco conhecida pelos candidatos: por meio da doação de medula óssea. Essa previsão vem expressa no edital de abertura do concurso, por isso é importante ler com atenção o documento. Quando não estão em tópico específico, as regras de isenção constam na parte de inscrição.

A medula, conhecida popularmente como tutano, é um tecido líquido-gelatinoso que ocupa o interior dos ossos. Nela, são produzidos os componentes do sangue: hemácias (glóbulos vermelhos), leucócitos (glóbulos brancos) e plaquetas. Sendo asssim, ao doar, além de conseguir aliviar o bolso na hora de se inscrever em concurso, você exercerá um ato de cidadania que vai ajudar a salvar vidas.

Isso porque é pelas hemácias que o oxigênio é transportado dos pulmões para as células de todo o organismo e o gás carbônico é levado destas para os pulmões, a fim de ser expirado. Já os leucócitos são os agentes mais importantes do sistema de defesa do organismo, combatendo infecções. Por fim, as plaquetas compõem o sistema de coagulação do sangue.

Isenção em concurso público: regras

Não são todas as seleções que contam com esse benefício. Na maioria das vezes, a taxa de inscrição não é exigida de candidatos hipossuficientes, de baixa renda, que não conseguem arcar com o custo sem prejudicar o susteto da família. Porém, existem diversas leis municipais e estaduais que garantem a isenção os doadores de medula óssea.

As regras e documento exigidos para comprovação variam de acordo com o processo seletivo. Boa parte exige que a doação tenha efetivamente ocorrido, como é o caso do concurso Fundase (Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Norte) que abriu inscrição hoje para preencher 576 vagas.

Mas alguns órgãos concedem a isenção para quem apenas está inscrito no Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (REDOME), mesmo que ainda não tenha sido convocado para doar. Por isso é essencial uma leitura detida do edital, até porque o prazo para pedir a gratuidade de candidatura costuma ser curto: em média são fornecidos dois ou três dias a partir do início das inscrições.

Como ser doador de medula óssea?

Se você tem entre 18 e 55 anos, goza de boa saúde e quer ingressar no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), precisa seguir o passo a passo indicado abaixo para se tornar um doador:

  • procure o hemocentro do seu estado munido do documento de identidade oficial com foto;
  • agende uma consulta de esclarecimento sobre a doação de medula óssea;
  • assine o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) que vão fornecer;
  • preencha a ficha de inscrição com suas informações pessoas;
  • autorize a retirada de uma quantia pequena de sangue (10 mililitros).

A partir daí, o sangue retirado é analisado por exame de histocompatibilidade (HLA), um teste de laboratório que identifica características genéticas a serem cruzadas com os dados de pacientes que necessitam de transplantes para determinar a compatibilidade. Em seguida, os dados pessoais e o tipo de HLA são incluídos no Redome.

Quando localizarem um paciente com possível compatibilidade você será contatado para decidir sobre a doação. Por isso, matenha seus dados sempre atualizados. Antes de doar, serão realizados outros exames para confirmar que suas células são compatíveis para a realização do transplante. Também será feita uma avaliação clínica sobre a sua saúde.

A doação de medula óssea se faz em centro cirúrgico, sob anestesia peridural ou geral. O procedimento envolve uma punção para retirar as células e dura cerca de 90 minutos, requerendo internação por um período de 24 horas. Nos primeiros três dias após a doação, pode haver desconforto localizado, de leve a moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples de controle da dor.

*com informações da Agência Brasil

+++Acompanhe as principais notícias sobre Concursos e Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.