MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

São Paulo registra a madrugada mais fria do ano; veja o tempo nos próximos dias

São Paulo enfrenta madrugada mais fria do ano, aumentando preocupações com a população de rua e a necessidade de abrigos e assistência adequada. Veja detalhes

Situação climática desperta preocupações especiais em relação à população em situação de rua
Situação climática desperta preocupações especiais em relação à população em situação de rua - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 15/05/2023, às 19h58

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A cidade de São Paulo enfrentou a sua madrugada mais fria do ano nesta segunda-feira (15), conforme o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da Prefeitura. Os termômetros marcaram uma média de 11°C, acompanhada de neblina e nevoeiros, levando a cidade a permanecer em estado de atenção para baixas temperaturas, como decretado pela Defesa Civil municipal desde quinta-feira (11).

Anteriormente, a madrugada mais fria havia sido registrada em 21 de abril, com uma média de 11,3°C na cidade e uma temperatura absoluta de 5,6°C na região de Parelheiros, no extremo sul da capital. No entanto, apesar de não ter atingido um recorde absoluto, a menor temperatura desta madrugada foi de 8,6°C na região de Perus.

Os dados divulgados pelo CGE revelam que o mês de maio acumulou até o momento 10,9 milímetros (mm) de chuva, representando aproximadamente 19,6% dos 55,5 mm esperados para o mês.

+++ Vacina contra a gripe está disponível para população com mais de 6 meses

Para os próximos dias, o CGE prevê que as madrugadas continuarão frias

A situação climática desperta preocupações especiais em relação à população em situação de rua. Robson Mendonça, presidente do Movimento Estadual da População de Rua, alertou para o alto risco de hipotermia enfrentado por esse grupo com as baixas temperaturas. Ele ressaltou que, com a retirada das barracas utilizadas para dormir nas ruas, essas pessoas se tornam ainda mais vulneráveis.

Mendonça apontou a escassez de abrigos disponíveis para atender a demanda crescente e ressaltou a importância de fornecer um local adequado para a população em situação de rua se abrigar, incluindo aqueles que possuem animais de estimação ou carroças, os quais não são permitidos nos albergues existentes.

Além disso, ele destacou a necessidade de melhorias a longo prazo, incluindo a criação de mais abrigos e a questão crucial do acesso à moradia. Em relação às condições climáticas para os próximos dias, o CGE prevê que as madrugadas continuarão frias, mas com um gradual aumento das temperaturas ao longo do dia.

Na terça-feira (16), espera-se um começo gelado, com formação de neblina e mínimas em torno de 12°C. Durante o dia, o sol favorecerá a elevação das temperaturas, com máximas que podem chegar a 24°C e umidade atingindo valores próximos a 30%. Não há previsão de chuva.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.