MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Tarifa Zero em SP: O que diz Ricardo Nunes sobre possível implementação

Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) chegou a afirmar durante participação em programa que Tarifa Zero em SP está em fase de estudo; Saiba mais

Passageiros esperam ônibus
Passageiros esperam ônibus - Agência Brasil
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 18/10/2023, às 08h45

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) chegou a afirmar durante participação do programa No Centro do Poder, do site A Guardiã da Notícia, na última semana, que a Tarifa Zero em SPestá em estudo

Segundo o chefe do executivo municipal, a ideia não está descartada e pode ser aplicada na cidade. Mas classificou a sua implementação como "muito complexa", por conta do gasto estimado em cerca de R$ 10 bilhões por ano. 

Ainda sobre o assunto, Nunes disse que a quantia mencionada acima, metade é coberta pela receita com vale-transporte e pagamento de catracas e a outra parte, seria subsidiada pela gestão municipal. 

"Você tirar da saúde, educação ou de outra área para colocar no transporte não é correto. Seria leviano e irresponsável com a população", ressaltou em entrevista ao portal. Além disso, destacou que a prefeitura necessita encontrar novas fontes de receita, sem aumentar impostos, para o projeto poder ser efetivado. 

+ Dívidas no Desenrola: Agências da Caixa ampliam horário de atendimento

Aplicação da Tarifa Zero 

Nunes enfatizou a importância de realizar uma análise abrangente, uma vez que qualquer ação tomada na cidade terá um impacto substancial. Ele também afirmou que a decisão de implementar ou não a tarifa zero será baseada em dados de pesquisa. 

Ele destacou: "Estamos atualmente em fase de estudo, mas é crucial que as pessoas compreendam que, qualquer que seja a decisão, ela será tomada de forma responsável. Nossa abordagem será guiada por critérios técnicos para garantir a sustentabilidade do sistema."

Em relação à capital, a tarifa se manteve inalterada desde 1º de janeiro de 2020, quando foi estabelecida em R$ 4,40, colocando pressão sobre os custos de operação dos meios de transporte na cidade de São Paulo. 

Isso levou a Prefeitura a alocar mais recursos subsidiários para garantir a operação contínua dos ônibus. Segundo informações do portal iG, a SPTrans afirma que a estimativa de investimento nas empresas de ônibus sob a gestão de Ricardo Nunes para este ano é de aproximadamente R$ 7,4 bilhões.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.