MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Tesouro Direto vai sortear até R$ 50 mil; Saiba como concorrer ao prêmio

O Governo Federal anunciou uma série de três sorteios do Tesouro Direto, que acontecerão até o final de dezembro. Serão sorteados prêmios de R$ 50 mil, R$ 15 mil e R$ 5 mil

Várias notas de reais
Várias notas de reais - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 24/09/2023, às 19h16

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Tesouro Nacional anunciou uma série de três sorteios, que acontecerão até o final de dezembro, destinados aos investidores do programa Tesouro Educa+. Os sorteios estão programados para ocorrer em três datas: 11 de outubro, 18 de novembro e 23 de dezembro, e oferecerão prêmios de até R$ 50 mil.

Os pais que se dedicam a investir na educação de seus filhos, bem como aqueles que planejam seu próprio futuro acadêmico, agora têm uma oportunidade única de serem recompensados por suas decisões financeiras responsáveis.

De acordo com o Tesouro Nacional, essa iniciativa tem como objetivo estimular o planejamento financeiro educacional familiar e proporcionar um incentivo adicional para investir na educação. Cada investidor poderá acumular até seis números da sorte, proporcionando uma chance ainda maior de ganhar.

Saiba como participar do sorteio

As inscrições para o primeiro sorteio, que foram abertas na quinta-feira, dia 21 de setembro, permanecerão disponíveis até o dia 6 de outubro e podem ser realizadas diretamente no site oficial da campanha. Cada investidor inscrito receberá um número da sorte exclusivo.

Confira os prêmios que serão sorteados:

  • Nos dias 11 de outubro e 18 de novembro, serão sorteados um prêmio de R$ 50 mil, três de R$ 15 mil e dez de R$ 5 mil;
  • Já no último sorteio do ano, previsto para o dia 23 de dezembro, haverá um prêmio de R$ 50 mil, quatro de R$ 15 mil e mais dez de R$ 5 mil.

Para incentivar ainda mais os investimentos mensais no Tesouro Educa+, os participantes da campanha receberão números da sorte adicionais com base na recorrência de seus investimentos em títulos ou frações de títulos do programa. 

O Tesouro Nacional destaca a importância de investir os prêmios recebidos para aumentar os futuros ganhos educacionais das crianças e jovens. Um prêmio de R$ 50 mil, por exemplo, quando investido no Tesouro Educa+, pode garantir uma renda mensal significativa, que pode chegar a mais de R$ 1 mil ou R$ 2 mil, dependendo da idade do beneficiário.

Saiba mais sobre o Tesouro Educa+

O Tesouro Educa+ foi lançado em 1º de agosto e é uma opção acessível para a formação de uma renda complementar destinada à educação. Os investidores podem começar com apenas R$ 30 por mês. Vale ressaltar que essa modalidade não se limita apenas aos pais; qualquer pessoa, independentemente da idade, pode adquirir os títulos para financiar cursos de médio prazo, como especializações, mestrados e doutorados.

Os valores investidos serão devolvidos ao longo de 60 prestações mensais, um período equivalente à maioria dos cursos superiores. Esses valores serão corrigidos com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e uma taxa de juros real, que estará acima da inflação.

Além disso, os investidores terão a liberdade de escolher entre 16 títulos disponíveis, com prazos de vencimento entre 2026 e 2041. Esses títulos oferecem uma proteção eficaz contra a inflação, pois são corrigidos pelo IPCA. É importante observar que, para quem deseja resgatar os títulos antes do prazo de 60 meses, haverá uma carência de 60 dias e os valores estarão sujeitos às flutuações do mercado, podendo resultar em perdas financeiras.

No entanto, os investidores que mantiverem os títulos até o vencimento estarão isentos da taxa de custódia da B3, desde que estejam dentro do limite de até quatro salários mínimos de renda mensal. Os investidores que optarem por resgatar os títulos antecipadamente, antes de completar sete anos de investimento, pagarão uma taxa sobre o valor de resgate de 0,5% ao ano. Entre 7 e 14 anos de investimento, a taxa será de 0,20% ao ano.

Acima de 14 anos de carregamento do título, a taxa será de 0,1% ao ano. O vencimento do título só ocorre após o pagamento das 60 parcelas mensais. O Tesouro Educa+ marca a segunda etapa do lançamento de papéis voltados para investimentos específicos dentro do Programa Tesouro Direto.

Em janeiro, o governo lançou o Tesouro Renda+, que possibilita o financiamento da aposentadoria complementar. O balanço atual dos investidores do Educa+ será divulgado em breve.

Sobre o Tesouro Direto

O Tesouro Direto foi criado em janeiro de 2002 com o objetivo de popularizar esse tipo de aplicação e permitir que pessoas físicas pudessem adquirir títulos públicos diretamente do Tesouro Nacional pela internet, sem a necessidade de intermediários financeiros.

A venda de títulos é uma das formas que o governo utiliza para captar recursos e cumprir suas obrigações financeiras, oferecendo aos investidores retornos baseados em diversos índices, como a Selic, índices de inflação, câmbio ou taxas pré-fixadas.

Para obter mais informações sobre o Tesouro Educa+ e outros tipos de títulos públicos, acesse o site oficial do Tesouro Direto ou entre em contato com uma corretora de valores de sua escolha.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.