MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Valor da cesta básica apresenta queda em oito estados; confira

Análise mensal revela os altos e baixos no valor da cesta básica. Rio de Janeiro mantém a cesta mais cara do país, segundo pesquisa. Saiba quais tiveram aumento e queda de preço nas capitais

Produtos em destaque: saiba quais tiveram aumento e queda de preço nas capitais
Produtos em destaque: saiba quais tiveram aumento e queda de preço nas capitais - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 15/06/2023, às 23h07

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

No mês de maio, o valor médio da cesta de consumo básica de alimentos teve variações em cinco das oito capitais analisadas mensalmente pela plataforma Cesta de Consumo HORUS & FGV IBRE. Enquanto algumas cidades registraram aumento no valor da cesta, outras apresentaram quedas significativas.

As maiores altas foram observadas em Salvador, com 0,5%, e Manaus, com 0,3%. Por outro lado, Fortaleza e Brasília lideraram as quedas, com variações de -2,1% e -1,4%, respectivamente. O Rio de Janeiro manteve-se como a cidade com a cesta mais cara, atingindo o valor de R$ 918,25, seguida por São Paulo (R$ 853,05) e Brasília (R$ 736,88). As capitais Belo Horizonte, Manaus e Curitiba registraram os menores valores.

Dentre os produtos analisados, apenas o óleo de soja apresentou queda de preço em todas as capitais. Por outro lado, ovos, massas alimentícias secas, leite UHT, fubá e farinhas de milho foram alguns dos itens que registraram altas em várias capitais.

+++ Banco anuncia cancelamento de todos os cartões: saiba o que fazer com seu saldo

Dados refletem as oscilações dos preços dos alimentos básicos e a realidade do custo de vida

A alta no preço dos ovos durante os últimos meses tem sido constante, mesmo com a redução nos preços do milho e soja, que são componentes importantes dos custos de produção dessa proteína. A diminuição na produção de aves poedeiras, devido aos custos de alimentação das galinhas e à produção reduzida durante o outono, pode explicar esse aumento. Já a oferta limitada de leite no campo, devido ao clima adverso e à saída de produtores da atividade, tem impactado no preço do produto e seus derivados.

Em relação à cesta ampliada, que inclui bebidas e produtos de higiene e limpeza, foram observadas reduções no valor médio em cinco das oito capitais analisadas. As maiores altas foram registradas no Rio de Janeiro (2,0%) e Salvador (2,8%), enquanto Belo Horizonte e Brasília apresentaram as maiores quedas.

A redução no valor da cesta básica em algumas capitais, principalmente devido à queda nos preços de produtos como óleo, margarina, arroz, café e pão, traz um alívio financeiro, especialmente para a parcela menos favorecida da população.

Esses dados refletem as oscilações dos preços dos alimentos básicos e a realidade do custo de vida nas diferentes capitais brasileiras, evidenciando a importância de acompanhar essas variações para um planejamento financeiro mais eficiente.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.