MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Viciado em café? Veja LIMITES de consumo diário para um vida saudável

Estudo alerta para os perigos do consumo excessivo de cafeína e sugere dosagem segura. Consumo de café pode aumentar um pouco a pressão arterial e o ritmo cardíaco

Viciado em café? Veja LIMITES de consumo diário para um vida saudável
Viciado em café? Veja LIMITES de consumo diário para um vida saudável - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 14/07/2023, às 17h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Pesquisadores reforçam a importância de estar atento aos perigos do consumo excessivo de cafeína, uma substância comumente usada como estimulante para reduzir o cansaço. Embora seja conhecido que o organismo se adapte à quantidade ingerida, exigindo doses cada vez maiores para obter o mesmo efeito, os efeitos negativos para a saúde são preocupantes.

Segundo estudos recentes, a quantidade segura diária para adultos sem sensibilidade à cafeína é de no máximo 400 mg por dia, o equivalente a cerca de 6 mg por quilo de peso corporal. Para ilustrar melhor essas quantidades, listamos algumas referências com base nessa recomendação: 4 xícaras de café fresco (225 ml); 10 latas de refrigerantes de cola;
4 a 5 latas de bebidas energéticas.

Já no caso das crianças, os efeitos no organismo são ainda mais agravados, portanto, o consumo não é recomendado. Para os adolescentes, a recomendação é limitar-se a 100 mg de cafeína por dia.

Infelizmente, um trágico caso recente evidencia as consequências graves do consumo excessivo. Um estudante americano de 18 anos foi encontrado morto em casa, e as autoridades identificaram um pó branco como sendo cafeína. A autópsia revelou que a quantidade de cafeína presente em seu sangue era superior a 70 microgramas por mililitro, enquanto uma pessoa que costuma beber café normalmente teria entre 3 a 5 microgramas.

+++ Substância usada em adoçantes pode ser cancerígena. Veja os limites de uso

Estudo alerta para os perigos do consumo excessivo de cafeína e uma dosagem segura

É importante ressaltar que mesmo entre os adultos, o uso excessivo de cafeína pode acarretar efeitos colaterais desagradáveis, além de não ser recomendado para indivíduos altamente sensíveis aos seus efeitos. O consumo exagerado, ou seja, mais de 500 a 600 mg por dia (equivalente a aproximadamente 6 xícaras de café de 225 ml), pode resultar em efeitos como insônia, nervosismo, inquietação, irritabilidade, dor de estômago, batimento cardíaco acelerado e tremores musculares.

Para destacar os perigos de uma overdose, os especialistas ressaltam que uma dose letal de cafeína corresponderia ao consumo de 10 gramas da substância, o que seria equivalente a quantidades extremas, como: 17 litros de café forte; 270 latas de refrigerante ou 100 latas de bebida energética.

Em casos de consumo excessivo de cafeína, os possíveis sintomas incluem dificuldade para respirar, confusão mental, convulsões, diarreia, tontura, alucinações, aumento da sede, arritmia cardíaca, espasmos musculares, taquicardia e vômitos.

Além disso, é importante lembrar que muitos suplementos alimentares para atletas contêm cafeína. Embora a maioria das pessoas não apresente problemas ao consumi-los nas doses recomendadas, é fácil esquecer de calcular a cafeína presente em outros alimentos ao longo do dia, o que pode levar a uma ultrapassagem da dosagem máxima recomendada. Alguns exemplos são o chocolate e o chá-preto.

Apesar de a cafeína ser relativamente segura para a maioria das pessoas, é essencial considerar que seu consumo pode aumentar um pouco a pressão arterial e o ritmo cardíaco. Embora poucas pessoas apresentem consequências incômodas ou preocupantes após o consumo dessa substância, é fundamental estar ciente dos possíveis mal-estares que ela pode causar. Portanto, é aconselhável buscar um equilíbrio no consumo e seguir as recomendações de dosagem segura.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.