14 mil vagas previstas para Prefeitura e Estado

Oportunidades nas áreas de educação, segurança, saúde e administrativa, com salários de R$ 510 a R$ 6.300. Destaque para os concursos da SPPrev (179 vagas), Polícia Militar (2.000 chances para soldado) e Polícia Civil (220 oportunidades).

Redação
Publicado em 30/12/2010, às 10h01

O final do ano traz a inevitável necessidade de estabelecer metas: seja emagrecer, dar novo rumo a vida afetiva, voltar a estudar, conquistar um bom emprego. Quanto a essas duas metas, o Jornal dos Concursos & Empregos decidiu ajudar os leitores paulistas e os que se interessam em viver no Estado a estabelecer seus concursos prioritários em 2011: há 14.156 oportunidades previstas para as seguintes áreas: administrativa, da saúde, educação e segurança pública – confira abaixo. A estabilidade proporcionada pelo emprego público certamente se refletirá em outros setores da vida de nossos concurseiros.

Governo do Estado

SPPrev – Em 6 de dezembro, o governo Alberto Goldman (PSDB) concedeu autorização para que a São Paulo Previdência (SPPrev), autarquia subsidiada à Secretaria da Fazenda (Sefaz/SP), promova concurso público para 179 postos de trabalho. As oportunidades estão distribuídas entre 167 vagas para candidatos de nível médio para a carreira de técnico em gestão previdenciária, com salário de R$ 1.400; e as demais sendo para analista em gestão previdenciária, cargo que demanda formação de nível superior e tem previsto salário inicial de R$ 3.800. As providências para a publicação do edital estão em compasso acelerado: a comissão organizadora já foi instituída e em breve deverá ser escolhida a empresa organizadora.

PM/SP – O concurso de duas mil oportunidades para soldado da PM 2ª classe masculino deverá ser publicado início do próximo ano, segundo informações do capitão Celso Antônio de Oliveira, da divisão de seleção e alistamento do órgão. A Fundação Vunesp, responsável pela organização de seleções anteriores da PM paulista, também deverá coordenar o próximo concurso. 

O posto de soldado de 2ª classe pode ser preenchido por candidatos entre 18 e 30 anos, com estatura mínima de 1,65m, bons antecedentes criminais, e habilitação para dirigir entre as categorias B e E. A remuneração inicial durante o curso de formação varia entre R$ 1.613,12 a R$ 1.798,72, conforme o local de exercício. Os aprovados serão efeitos como soldado PM 1ª classe, com salário base entre R$ 1.830,40 e R$ 2.015,40 – a corporação ainda oferece adicional de insalubridade no valor de R$ 372, porém o benefício só é concedido após a conclusão do curso de formação.

Polícia Civil/SP – Antes previsto para sair ainda em dezembro, o concurso de 220 vagas para agente de telecomunicações da Polícia Civil (PC) deverá sair no início do próximo ano. O motivo desse atraso é o contrato entre o governo do Estado com o Banco do Brasil para recolhimento da taxa de inscrições – em janeiro o banco deverá adequar seu sistema para geração dos boletos para pagamento da taxa, cujo valor está previsto em R$ 36,12.

O cargo de agente de telecomunicações tem como pré-requisito a formação escolar de nível médio completo. Os vencimentos iniciais atualmente, já inclusas as gratificações, são de R$ 2.642,38. Serão oferecidas oportunidades em todas as regiões do Estado, segundo o delegado e diretor geral da Academia de Polícia Civil (Acadepol), Adilson José Vieira Pinto.

A corporação tem carência de profissionais na maioria de suas carreiras, com pedidos de concurso aguardando aprovação do governo estadual. O caso mais premente, na visão do delegado Vieira Pinto, é o de escrivão. Também estão na fila pela aprovação do governo estadual, as carreiras de delegado, auxiliar de papiloscopista, agente de polícia, perito criminal e médico legista. Para essas carreiras, os salários têm valores entre R$ 1.780,09 (agente de polícia e auxiliar de papiloscopista) e de R$ 6.310,06 (delegado).

SEE-SP – A Secretaria de Estado da Educação está autorizada a realizar concurso para 1.203 vagas de oficial administrativo a candidatos de nível médio, na capital, litoral e interior do Estado. O salário inicial da carreira é de R$ 710. O concurso ainda não conta com empresa organizadora definida e, portanto, a secretaria prefere não declarar um prazo para publicação do edital.

Capital paulista

HSPM – O Hospital do Servidor Público Municipal (HSPM), localizado na zona sul da cidade, deverá abrir em breve concurso público com 81 oportunidades. A organização do concurso ficará a cargo do Instituto Cetro.

A maioria delas (70) será destinada à carreira de auxiliar técnico-administrativo, que poderá ser preenchida com escolaridade de nível médio completo e tem salário básico de R$ 833,53. Cinco vagas são para técnicos: duas para técnico de saúde e segurança do trabalho e três para técnico em informática – para esse grupo, a remuneração varia entre R$ 987,16 para técnico de informática e R$ 1.089,16 para técnico de segurança.

Há previsão também para três postos de professor de desenvolvimento infantil, que poderão ser preenchidos por docente com ensino médio com formação específica ou licenciatura plena em pedagogia; o valor da remuneração inicial hoje está em R$ 1.278,10. Ainda haverá duas vagas para programador de sistemas e uma para ortoptista, para essas carreiras poderão concorrer tanto concurseiros com curso superior ou tecnólogo completo na área. A remuneração prevista para ambas as careiras é de R$ 2.156,31. É importante ressaltar que o HSPM oferece aos aprovados benefícios como vale-transporte, vale-alimentação e convênio de saúde.

A instituição também deverá abrir concurso no próximo ano para a carreira de nutricionista (nível superior), com sete vagas e salário inicial de R$ 2.054,31. Porém, ainda não há perspectiva para publicação do edital.

GM – A Guarda Civil Metropolitana de São Paulo deve liberar no segundo semestre de 2011 o edital para 1.742 vagas de guarda civil metropolitano. Serão oferecidas 1.220 postos para homens e 522 para mulheres. Os concorrentes deverão ser maiores de 21 anos o final da fase de inscrições; estar em dia com seus direitos civis e políticos; ter nível médio completo; altura mínima de 1,68m, se homem, e de 1,60m, se mulher; e não ter registro de antecedentes criminais.

O salário proposto é de R$ 962,47, composto entre salário base mais gratificação de regime especial de policial. A Guarda Civil também oferece vale-alimentação, auxílio-transporte e auxílio-refeição e, para casos específicos, gratificação de difícil acesso.

SME – A Secretaria Municipal de Educação tem autorização para realizar concurso para 393 oportunidades de docente. No início deste mês, o prefeito Gilberto Kassab aprovou a realização de concurso para 39 vagas de especialista em informações técnicas, culturais e desportivas de nível 1 para os CÉUS (Centros Educacionais Unificados), carreira que pode ser disputada por profissionais com superior em educação física ou bacharelado em esportes – a remuneração inicial será de R$ 1.838,11.

As demais oportunidades são para docentes para as disciplinas de língua portuguesa, matemática, ciências, biologia, geografia, inglês, química, física, educação artística e educação física. A expectativa é que o concurso seja aberto em meados do ano, pois o concurso anterior tem sua validade expirada ao final de 2010.

É importante lembrar que tramita na Câmara Municipal de Vereadores o projeto de lei número 424/2010 que cria 8.331 postos de professor de ensino fundamental II para a rede municipal de ensino. O projeto foi aprovado pela comissão de administração pública e agora deverá ser analisado pelas comissões de Educação, Cultura e Esportes; e Finanças e Orçamento. Se aprovado por ambas, ele segue para a fila de pauta da Câmara para primeira votação, se aprovado, deverá novamente receber o aval dos legisladores em segundo pleito. Para entrar em vigor, o projeto deverá ainda receber a sanção do prefeito Gilberto Kassab (DEM).

SMF – A Secretaria Municipal de Finanças (SMF/SP) deu início aos estudos para realizar novo concurso para auditor-fiscal tributário, porém ainda há necessidade de que o prefeito Gilberto Kassab (DEM) autorize sua realização. Os candidatos deverão ter nível superior completo. A administração municipal ainda não divulgou o salário inicial para a carreira.

Serviço Funerário – O Serviço Funerário da cidade de São Paulo deve realizar em 2011 concurso público para agente de apoio, cargo que tem vencimentos iniciais de R$ 510, ou seja, correspondente a um salário mínimo, mais benefícios. Desde junho último o órgão está autorizado a fazer estudos nesse sentido. Vale destacar que antes de sua aprovação pelo prefeito, o processo seletivo aguarda autorização das secretarias de Modernização, Gestão e de Desburocratização; de Finanças e do Planejamento.

Aline Viana

Veja também:

Especial Megaprevisões 2011/ Órgãos federais poderão abrir mais de 18 mil vagas em 2011

TSE (DF)/ Tribunal abrirá concurso para cadastro em Brasília

Comentários

Mais Lidas