Tudo Sobre

Concurso Banco Central

Bacen reavaliará prioridades antes de lançar edital

Número de vagas autorizado, inferior ao solicitado, força órgão a eleger novos critérios para distribuição de vagas pelo país



Reinaldo Matheus Glioche
Publicado em 17/04/2013, às 10h14

O Banco Central (Bacen), que tem até setembro para divulgar o edital de abertura do concurso para 515 vagas em seus quadros, admitiu que o fato do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) ter liberado um contingente de vagas bem inferior ao solicitado (cerca de 2.000 oportunidades) deve influenciar na distribuição das vagas nas cidades em que o Bacen está baseado. Isso porque o órgão, que já reconheceu estar com 1.850 vagas ociosas e um grande número de aposentadorias iminentes, contava com a liberação de um número maior de vagas para suprir as necessidades mais prementes em todos os Estados em que está presente. No entanto, em face das circunstâncias de momento, a direção do órgão irá rever critérios e não garante que haverá vagas para todos os Estados.

O Bacen, que tem sede no Distrito Federal, tem subsidiárias nas capitais do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Ceará e Pará. Neste momento, só é certo que haverá oportunidades, e possivelmente a maior concentração delas, para Brasília.

Paciência

Essa nova demanda deve incidir em uma demora maior do que inicialmente prevista para a publicação do edital de abertura. E aí surge outra possibilidade aventada pelo Bacen: de divulgar dois editais distintos. Um para o cargo de procurador e outro para as vagas de analista e técnico. Não seria a primeira vez que o órgão lançaria mão desse expediente. Em 2009, o Cespe/UnB organizou a seleção para procurador enquanto que a Fundação Cesgranrio foi a responsável pela seleção para analista e técnico.

Um forte indicativo dessa predisposição do Bacen foi a publicação no Diário Oficial da União do regulamento do concurso para procurador; em tese um cargo em que há menos carência. A direção do Bacen, no entanto, trata o assunto como possibilidade e não como fato definido.

Mais detalhes

Serão 400 oportunidades para analista, cargo que admite formação superior em qualquer área e apresenta remuneração de R$ 12.960,77; outras 100 para técnico, função que exige nível médio completo e ostenta vencimentos de R$ 4.917,28; e 15 para procurador, que possui o maior salário (R$ 14.970) e demanda graduação em direito.

O órgão

O Bacen é o órgão responsável por aplicar as orientações do Conselho Monetário Nacional e por garantir o poder de compra da moeda nacional. Entre as suas atribuições vale destacar o poder de emitir moeda, receber recolhimentos compulsórios e voluntários das instituições financeiras e bancárias, realizar o controle de crédito, controlar o fluxo de capitais estrangeiros, entre outras.

+ Resumo do Concurso Banco Central

Bacen - Banco Central
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Bancária
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

17/04/2014 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas