Tudo Sobre

Empregos PGFN

Procuradoria aguarda autorização para concurso

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), vinculada ao Ministério da Fazenda, deverá abrir concurso em breve.



Redação
Publicado em 30/07/2010, às 14h55

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN), vinculada ao Ministério da Fazenda, deverá abrir concurso em breve. Recentemente, o presidente Lula sancionou a lei nº 12.295/2010, que dispõe sobre o aumento de contratações no Executivo Federal para este ano. O documento prevê a abertura de seleção com 300 vagas de nível superior para a PGFN. A autorização para o concurso poderá ocorrer neste semestre.

Recentemente, o departamento de gestão corporativa do órgão afirmou que a Procuradoria realizará concurso ainda neste ano, para a área de apoio. A PGFN está analisando a necessidade de servidores, entretanto, há deficit para diversos cargos de níveis médio e superior.

Oportunidades - Segundo informações recentes do órgão, a maioria das vagas será para candidatos que possuam o nível superior em qualquer área. Mas, há carência de pessoal em áreas específicas como contabilidade, economia, comunicação social, psicologia, estatística, biblioteconomia, arquivista, tecnologia da informação e procurador. Também há necessidade para algumas funções de nível médio. Por essa razão, há a expectativa que o órgão solicite em breve ao Planejamento novas oportunidades. A PGFN não informou a distribuição e a remuneração dos cargos a serem criados.

Relatório 2009 – O relatório de 2009 da PGFN expõe que foram aprovadas 2.400 vagas para o cargo de procurador da fazenda. Porém, até dezembro de 2009, encontravam-seprovidos somente 1.857 cargos. Sendo assim, podem surgir 543 vagas para a função. De acordo com o documento, o provimento dos cargos é imprescindível para a adequada realização da missão do órgão. O texto do documento explicita, ainda, que a carência da PGFN deve-se à ocorrência de exonerações, aposentadorias e falecimentos.

Última seleção - A PGFN abriu seleção com 250 vagas ao cargo de procurador da fazenda nacional em 2007. Havia oportunidades em todo o país. Os procuradores precisavam ser graduados em direito e ter inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração inicial correspondia a R$ 10.497,56. A Esaf ficou responsável pela seleção e as inscrições custaram R$ 90. Os candidatos passaram por provas objetiva e discursiva.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

Santos/SP: Prefeitura lançará edital para 963 ofertas

+ Resumo Empregos PGFN

PGFN
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

30/07/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas