Tudo Sobre

Empregos Leis

Órgãos abrirão seleções em breve

Recentemente, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sancionou duas leis que criam cargos para a Defensoria Pública Geral do Estado e para o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/RJ).



Redação
Publicado em 26/07/2010, às 10h46

Recentemente, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, sancionou duas leis que criam cargos para a Defensoria Pública Geral do Estado e para o Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/RJ). Ao todo serão criadas 981 vagas de níveis médio e superior para diversas carreiras. Confira!

Defensoria Pública - A lei nº 5.658/10 estabelece a criação de 800 novos cargos para o quadro de apoio administrativo da Defensoria Pública Geral do Estado do Rio de Janeiro. O órgão deverá divulgar a organizadora em breve e os membros da comissão já foram escolhidos. Os salários variarão de R$ 2.300 a R$ 3.200. Os aprovados atuarão na própria defensoria e a carga horária será de 40h semanais.

Estão previstas vagas para os seguintes cargos: 400 chances para técnico jurídico (graduados em direito), 350 ofertas para técnico de defensoria pública (nível médio) e 50 de técnico superior para graduados nas áreas de informática, engenharia, contabilidade, assistência social, psicologia, biologia, biblioteconomia, comunicação social e estatística.

Procon - O Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor (Procon/RJ) foi transformado em autarquia pela lei nº 5.738/10. Além disso, o documento prevê, também, a criação de 181 ofertas efetivas para o órgão. De acordo com a lei, o Procon terá o prazo de um ano para realizar concurso e substituir servidores que foram cedidos de outras instituições.

Haverá oportunidades de nível médio para os seguintes cargos: agente administrativo (25), agente de proteção e defesa do consumidor (50), técnico em contabilidade (3), técnico em informática (3). Já para nível superior, as ofertas serão para analista de proteção e defesa do consumidor (80), executivo público (10) e advogado (10). Os vencimentos deverão variar de R$ 1.470 a R$ 8.027,17. Os servidores poderão receber gratificações e outros benefícios como vale-alimentação, auxílio-transporte e plano de saúde.

Samantha Cerquetani/SP

Veja também:

Projetos de lei: documentos aguardam aprovação do Senado

 Governo Federal: sancionada lei que amplia cargos no Executivo

+ Resumo Empregos Leis

Leis
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: RJ

+ Agenda

26/07/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas