Tudo Sobre

Concurso Governo

Editais com 750 vagas sairão em breve

As oportunidades são para as Secretaria da Fazenda e da Economia e Planejamento.



Redação
Publicado em 10/10/2008, às 14h02

As Secretarias da Fazenda e da Economia e Planejamento do Estado de São Paulo divulgarão, em breve, os editais para 750 vagas de Analista em Planejamento, Orçamento e Finanças Públicas (600 ofertas, sendo 300 para cada secretaria) e Especialista em Políticas Públicas I (150).

Na última semana, as Secretarias firmaram um termo de cooperação para a realização do concurso ao cargo de Analista, o que significa que elas farão o concurso juntas. Também foi montada a comissão de concurso ao cargo de Especialista, no entanto, não há, ainda definição de quantas vagas serão destinadas a cada órgão.

Os concursos foram autorizados no primeiro semestre pelo governador José Serra e os editais estão em fase de elaboração. Esses são os primeiros concursos para as funções nas Secretarias, já que os cargos foram criados em janeiro deste ano por uma lei complementar.

Para concorrer às vagas é necessário que os candidatos tenham nível superior completo. A remuneração inicial oferecida é de R$ 3,8 mil e pode chegar a R$ 7.643,16 quando o servidor atinge a classe VI.

De acordo com a lei complementar, dentre as atividades que os futuros Analistas desempenharão estão:

- formular o planejamento estratégico estadual, os planos setoriais e regionais de desenvolvimento econômico e social, o plano plurianual, as diretrizes orçamentárias e os orçamentos anuais;


- desenvolver, acompanhar e avaliar a programação financeira do Estado, os direitos e haveres, garantias e obrigações de responsabilidade do tesouro estadual e prestar orientação técnico-normativa referente à execução orçamentária e financeira;


- supervisionar, coordenar, dirigir e executar trabalhos especializados sobre planejamento estratégico, gestão orçamentária, financeira e patrimonial, análise contábil, auditoria contábil e de programas, despesas de pessoal, política econômica, relações empresariais públicas e política creditícia e financeira;

Já os Especialistas serão responsáveis por:

- planejar, implementar e avaliar as políticas públicas;

- formular e promover a articulação de programas e parcerias estratégicas;


- desenvolver, negociar e avaliar os contratos de gestão;


- desenvolver, coordenar e avaliar a área de gestão do Estado.

A lei ainda prevê que, antes de iniciar suas atribuições, os candidatos aprovados passem por um curso específico de formação que terá duração máxima de seis meses. Durante esse período, o servidor receberá uma bolsa de estudos referente a 75% do valor do salário inicial.

Juliana Pronunciati/SP

+ Resumo do Concurso Governo

Governo
Vagas: 750
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda do Concurso

10/10/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas