Tudo Sobre

Concurso Fund. Oswaldo Cruz

Instituição oferecerá 850 chances em breve

FGV organizará a seleção. Edital está previsto para ser publicado em breve e período de inscrições deve ficar aberto até julho.



Redação
Publicado em 24/05/2010, às 11h04

O próximo processo seletivo da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituição vinculada ao Ministério da Saúde, será lançado em breve. Recentemente, a coordenadoria de comunicação do órgão confirmou que a Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi a empresa selecionada para organizar o concurso. Inicialmente, a seleção disponibilizaria apenas 700 oportunidades de níveis médio, técnico e superior. Mas, após negociação junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), a Fiocruz confirmou que agora serão oferecidas 850 vagas.

De acordo com informações da coordenadoria, os editais já foram finalizados e seguiram para nova análise e aprovação do Planejamento. A expectativa, segundo a Fiocruz, é que o período de inscrições permaneça aberto até o mês de julho e as avaliações sejam aplicadas em setembro.

Novo quadro de vagas – Em fevereiro, a portaria assinada pelo ministro do Planejamento, que autorizou a seleção, distribuía as 700 chances entre os cargos de pesquisador em saúde pública (5 vagas), tecnologista em saúde pública (239), analista de gestão em saúde (244), técnico em saúde pública (149) e assistente técnico de gestão (63).

Com a mudança, foram acrescentadas chances para o cargo de especialista e as carreiras de pesquisador, tecnologista e analista também ganharam mais oportunidades. Segundo a Fiocruz, a nova tabela de vagas será distribuída da seguinte forma: pesquisador (96), tecnologista (266), analista (257), especialista (19), técnico (149) e assistente (63).

Quem possui ensino superior completo poderá disputar as vagas de tecnologista, analista, pesquisador (mestrado) e especialista (doutorado). Já as chances para técnico pedirão ensino técnico em área específica, enquanto as vagas de assistente exigirão apenas a conclusão do ensino médio.

Como informou a coordenadoria, haverá chances para diversas áreas de atuação, de administração à zootecnia. Os interessados poderão concorrer às oportunidades para a sede, no Rio de Janeiro, e para outras unidades da instituição espalhadas pelo país – já em funcionamento ou previstas para serem inauguradas em breve.

De acordo com a tabela de remuneração dos servidores públicos federais de 2010, os vencimentos básicos iniciais devem corresponder a R$ 5.558,82 (especialista), R$ 3.475,87 (pesquisador), R$ 3.048,03 (analista e tecnologista) e R$ 1.678,28 (técnico e assistente). Vale ressaltar que os futuros servidores terão direito a gratificações e outros benefícios.

Último concurso – Em 2006, a Fiocruz promoveu seleção para preencher mil oportunidades de níveis médio e superior. As vagas estavam distribuídas entre os cargos de técnico (180), analista (213), tecnologista (457) e assistente de pesquisa (150).

Havia chances para diversas áreas de atuação, como arquitetura, biblioteconomia, bioquímica, medicina, comunicação, química de produtos, segurança do trabalho, informática, entre outras.

As remunerações oferecidas pela fundação variavam de R$ 1.266,98 (técnico) a R$ 3.753,38 (assistente de pesquisa com doutorado). Os candidatos foram submetidos a exame objetivo. Para alguns cargos, houve ainda outras etapas: prova prática, avaliação de currículo e títulos e defesa de memorial.

Talita Fusco/SP

Veja também:

Saúde/SP: seleção abrirá 532 vagas de motorista no Samu

Procon: alerj aprova PL que prevê concurso

+ Resumo do Concurso Fund. Oswaldo Cruz

Fund. Oswaldo Cruz
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

24/05/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas