Tudo Sobre

Empregos Fundação Casa

Decreto define novas vagas no órgão

Haverá oportunidades para agente, técnico e analista. As vagas deverão ser preenchidas por meio de concurso.



Redação
Publicado em 13/10/2009, às 11h27

Na última semana, foi publicado o decreto nº. 54.873/2009 que fixa o quadro de funcionários da Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente – Fundação Casa. Ficou definido que serão 13.712 cargos permanentes no órgão. Entretanto, atualmente, a Fundação conta com 10 mil servidores. Sendo assim, serão novos 3.712 cargos. Uma parte dessas vagas já está sendo preenchida por candidatos da seleção de 2006.


Os cargos da Fundação serão distribuídos da seguinte forma: agente administrativo (543), agente de apoio administrativo (486), agente de apoio operacional (932), agente de apoio socioeducativo (6.865), auxiliar de enfermagem (496), auxiliar de enfermagem do trabalho (3), agente educacional (886), agente operacional (528), agente técnico (134), analista administrativo (260), analista técnico (1.929), enfermeiro do trabalho (4), engenheiro de segurança do trabalho (3), especialista administrativo (152), especialista em desenvolvimento e gestão (64), especialista técnico (226), médico do trabalho (15), técnico em desenvolvimento organizacional (56), técnico em enfermagem do trabalho (25), técnico em segurança do trabalho (19) e técnico operacional (86).  Além disso, foram criadas mais 2.269 vagaspara cargos de confiança.

O órgão já está organizando a comissão do concurso para que a seleção ocorra o quanto antes. De acordo com a assessoria de imprensa da Fundação, o edital deverá ser publicado ainda neste ano.


Oportunidades - Em 2006 foi publicada uma lei estabelecendo que fossem criados 10.680 cargos para a antiga Fundação Estadual do Bem - Estar do Menor – Febem. O novo decreto acrescenta 3.032 novas vagas. Na ocasião, ocorreu um concurso com 1.531 ofertas para alguns cargos que estavam autorizados. A Fundação Vunesp ficou responsável pela seleção e as inscrições variavam de R$ 25 a R$ 65, conforme a escolaridade do cargo. Os vencimentos oscilavam entre R$ 544 (nível fundamental) e R$ 2.329,44 (nível superior). Os candidatos passaram por provas objetivas, de conhecimentos básicos e específicos.

Atribuições – De acordo com o edital anterior, os agentes de apoio (nível fundamental) podem atuar como motoristas, encanadores, marceneiros, serralheiros ou trabalhar na limpeza ou cozinha. Já os agentes administrativos (nível médio) executam serviços gerais de expediente, envolvendo serviços de digitação em microcomputador, arquivos, registros e controles de documentos em geral. Os técnicos operacionais (nível médio) podem exercer funções específicas de eletricista, segurança, enfermagem e instalador. Já os analistas (nível superior) podem ser graduados em direito, nutrição, assistência social, enfermagem ou psicologia.

Fundação Casa – A Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente (Fundação Casa) é uma autarquia do Governo do Estado de São Paulo, vinculada à Secretaria de Estado da Justiça e da Defesa da Cidadania. Sua função é executar as medidas socioeducativas aplicadas pelo Poder Judiciário aos adolescentes autores de atos infracionais com idade de 12 a 21 anos incompletos, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A Fundação Casa foi criada em substituição à antiga Fundação Estadual do Bem Estar do Menor -Febem. (Fonte: www. casa.sp.gov.br)

Samantha Cerquetani/SP


Veja também

SMS/SP: autorizado concurso para 326 oportunidades

Projetos de lei: PLs criam mais de 10 mil vagas para concursos

+ Resumo Empregos Fundação Casa

Fundação Casa
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Técnico, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

13/10/2010 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas