Tudo Sobre

Empregos PGDF

Seleção na procuradoria abrirá 69 ofertas

Serão 23 vagas para analista (nível superior) e 46 para assistente (nível médio). Órgão também ganhará 57 cargos de procurador.



Redação
Publicado em 11/11/2010, às 11h48

A Procuradoria-Geral do Distrito Federal (PGDF) contará, em breve, com novos profissionais. Isto porque a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Seplag), responsável pela realização dos concursos dos órgãos do Governo do Distrito Federal, já escolheu a organizadora do processo seletivo da procuradoria. No diário oficial desta quinta-feira, 11 de novembro, foi divulgado o extrato de dispensa de licitação para que a Seplag contrate o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) como o organizador da seleção.

O processo seletivo disponibilizará 69 ofertas para profissionais de níveis médio e superior. Serão oferecidas 23 chances para analista de apoio às atividades jurídicas (nível superior) e 46 para assistente de apoio às atividades jurídicas (nível médio). Segundo a Seplag, ainda não foram definidas para quais áreas de atuação haverá vagas de analista. Os salários corresponderão a R$ 6.198,22 para analista e a R$ 4.013,93 para assistente.

A expectativa é que o concurso tenha seu edital publicado até o final do ano, mas, de acordo com a secretaria, não há como precisar quando o documento será lançado, já que a abertura da seleção depende da evolução dos trabalhos da comissão organizadora.

Procurador – Boa notícia também para os interessados em ingressar no órgão como procurador. Nesta quarta-feira, 10 de novembro, a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou, em segundo turno, o projeto de lei complementar nº  164/2010, que cria 57 cargos de procurador de categoria inicial  (nível superior completo em direito). O governador do Distrito Federal, Rogério Rosso, deverá sancionar a lei nos próximos dias.

Todas as oportunidades deverão ser preenchidas através de concurso, o qual, segundo nota veiculada no portal de notícias da câmara, será organizado pela próximo governo, do governador eleito Agnelo Queiroz, que tomará posse no dia 1º de janeiro de 2011.  

Como consta no texto do projeto, a implementação dos cargos é necessária por conta do aumento da população do DF e a consequente elevação no número de processos analisados pelo órgão. O texto ainda destaca que a Procuradoria do DF é a única a atuar, simultaneamente, como procuradoria do Estado e do município.

Seleção anterior – Em dezembro de 2006, a Procuradoria do Distrito Federal publicou o edital do concurso que visava preencher 22 vagas de procurador. Para participar, era preciso ser formado em direito e ter inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Organizado pela Esaf, os candidatos enfrentaram provas objetiva e discursiva, exame oral e avaliação de títulos. Todas as provas cobraram conhecimento em direito constitucional; tributário e financeiro; processual tributário; civil; processual civil; do trabalho e processual do trabalho; administrativo; comercial; penale processual penal.

Talita Fusco/SP 

Veja também:

TRT/MT: tribunal já planeja seleção para 2011

SME/SP: PL que cria vagas de professor avança na Câmara

+ Resumo Empregos PGDF

PGDF
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda

11/11/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas