Apenas dê o primeiro passo

A caminhada rumo à aprovação em um concurso está assentada em dois pilares: motivação e estudo

Daniel Sena
Publicado em 19/02/2016, às 15h55

Na última semana, conversava com uma amiga concurseira que já passou em um concurso e que trabalha hoje em um tribunal onde muitas pessoas desejam estar. Durante nossa conversa, ela me confidenciou uma coisa: não quer mais trabalhar lá. Quer mais: passar em um cargo melhor, que pague mais, que tenha uma carreira mais promissora.  Só que tem um problema, ela não consegue voltar a estudar.
Esta é a realidade de muitas pessoas que já passaram em um concurso mas não estão felizes onde trabalham. Eles já passaram, sabem como passar, sabem o que precisam fazer mas não conseguem. Essa minha amiga não foi a primeira a me procurar para falar disso, mas ela me fez perceber que essa fatia de “concurseiros concursados” precisa de uma palavra de orientação. Então essa é uma mensagem para quem já sabe o que fazer mas não consegue fazer.
Costumo dizer que a caminhada rumo à aprovação em um concurso está assentada em dois pilares: motivação e estudo. O cara que deseja passar e só pensa em estudar chega uma hora que desiste, pois não cuidou da motivação. Já o cara supermotivado, mas que não estuda, jamais passará. Isto significa que, ou você estuda e está motivado, ou não conseguirá passar no concurso que deseja. É necessário cuidar das duas áreas. O cara tem que estudar para caramba e, ao mesmo tempo, precisará alimentar sua motivação constantemente!
Quem já passou em um concurso e assumiu o cargo acaba vivendo o momento da realização. Inicialmente, o que ele deseja é trabalhar, ganhar o dinheiro, curtir a vida, mostrar para todos que conquistou o objetivo que queria. Só que com o tempo, a rotina começa a apagar a emoção do início e aquele que foi um dia o motivo de muita felicidade e emoção perde lugar para o cansaço e insatisfação com o cargo. Se não se sente mais feliz no lugar onde está, então chegou a hora de mudar! Ou muda ou aceita o lugar que está e vive feliz. Ficar frustrado é que não dá. Se você está feliz no cargo que ocupa, então essa postagem não lhe servirá. Pode ir curtir sua vida maravilhosa. O recado aqui é para quem está se sentindo frustrado e deseja voltar aos estudos.
A primeira coisa que você precisa é reconhecer que deseja mudar. É preciso decidir isso antes de começar a caminhar em direção ao novo projeto. Uma vez decidido que vai estudar para outro concurso, você precisará de outro ingrediente, um pouco mais difícil para quem já passou uma vez: humildade.
Ter humildade aqui significa aceitar que o fato de ter passado uma vez não é garantia de que passará outra vez. Você não se tornou especial porque já passou. Você não terá um camarote nesta próxima oportunidade. Você precisará sambar lá na avenida, no meio de todo mundo, ou seja, você terá que percorrer o caminho novamente, do jeito que fez da outra vez. Se você precisava de cursinho para estudar, então faça cursinho novamente. Se você dormia menos, terá que voltar a dormir menos. Se você deixou de ir para a balada, terá que fazer tudo de novo. A humildade exige de você a mesma postura que teve quando passou.
Uma vez decidido e com o coração humilde para voltar ao caminho de concurseiro, chegou a hora de voltar aos estudos. Aqui entra outra tarefa bem difícil. Quando já se tem um cargo, ganha-se dinheiro. Quando já experimentou a sensação de ter sido aprovado, a motivação para estudar novamente fica bem fraca. Aqui eu te darei duas dicas preciosas que te ajudarão a voltar ao ritmo de estudo que tinha. 
A primeira dica é motivacional. Eu sei que você já é concursado e ganha seu dinheiro e trabalha em um lugar que todos desejam, mas a pergunta que você deve se fazer é: você está feliz aí? Você se sente realizado neste cargo? A melhor motivação que existe é olhar para você mesmo e perceber o quanto você se sente feliz com a situação atual. Uma vez entendida que sua situação atual não te preenche, não te satisfaz, que é fonte de frustração e de tristeza, utilize essa mesma situação para mudar. Lembre-se dela o tempo todo! Acorde e olhe para sua vida e perceba que só uma mudança te trará a felicidade que tanto busca. A sua situação atual é sua melhor motivação.
Motivado, chegou a hora de voltar aos estudos. Aqui temos outro desafio. Geralmente, quando pensamos em voltar aos estudos depois de um tempo, desejamos voltar no mesmo ritmo que tínhamos quando fomos aprovados. Obviamente que você não conseguirá voltar no mesmo ritmo pois seu corpo e sua mente não estão mais habituados ao ritmo de antes e isso acaba gerando uma imensa frustração. Sugiro que você volte a estudar aos poucos. Em vez de montar um plano de estudos de 12 horas por dia, monte um com uma hora por dia. Comece aos poucos até o seu corpo ir pegando o ritmo novamente. Aos poucos vá aumentando e adequando a sua nova realidade. À medida que perceber a necessidade de aumentar o ritmo, aumente. Não adianta querer voltar de uma vez. Você não conseguirá. É como um maratonista que ficou anos sem correr e quer voltar a correr quarenta e dois quilômetros no primeiro dia de treino. Ele não conseguirá, e essa sensação de impotência fará com que desista de recomeçar.
Se você já estudou para concurso um dia, e está pensando em voltar a estudar, acredito que seguindo essas dicas o seu retorno será um sucesso e como consequência natural, você encontrará em breve sua aprovação. No fundo, no fundo, o que você precisa mesmo é dar o primeiro passo, é decidir se vale a pena voltar aos estudos. Depois disso, é só fazer o que você já sabe fazer. Quem já conhece o caminho do sucesso, só precisa reencontrá-lo, e percorrê-lo novamente, até chegar onde se deseja. Até chegar no lugar que te preencha e que te faça sentir-se feliz mais uma vez. Então, agora é com você. Apenas dê o primeiro passo, e seja feliz!
Daniel Sena, coordenador do Focus Concursos, professor de direito constitucional e especialista em concursos públicos. Facebook: /ProfDanielSena. Twitter: @ProfDanielSena. YouTube: ProfDanielSena.

Comentários

Mais Lidas