266 vagas

Concurso Prefeitura de Campinas SP: saiu resultado da prova objetiva

Com salários de até R$ 9,2 mil, concurso Prefeitura de Campinas preencherá 266 postos em cargos de todas as escolaridades. Processo seletivo tem mais de 103 mil candidatos

Samuel Peressin | samuel@jcconcursos.com.br
Publicado em 04/09/2019, às 15h24 - Atualizado em 14/10/2019, às 09h45

Concurso Prefeitura de Campinas SP - sede do governo municipal
Google Street View

A Fundação Vunesp divulgou o resultado da prova objetiva para parte dos cargos em disputa no concurso Prefeitura de Campinas, no interior paulista. Referente aos editais das áreas da educação, exatas e administrativa, a classificação pode ser consultada aqui.

A avaliação objetiva foi aplicada em 8 e 15 de setembro. Ao todo, 103,5 mil candidatos disputam 266 vagas distribuídas entre cargos de todas as escolaridades, com salários que chegam a R$ 9.215,08. 

Concurso Prefeitura de Campinas: ofertas do edital

Candidatos com nível fundamental têm como opção a carreira de auxiliar em saúde bucal (5 postos).

Há oportunidades com exigência de ensino médio para instrutor surdo (2), agente de apoio à saúde - farmácia (5), guarda municipal - feminino (10), guarda municipal - masculino (50), agente fiscal tributário (2), agente administrativo (20) e agente de fiscalização (2).

Além de segundo grau, a seleção requer formação técnica para os concorrentes a desenhista (1), técnico em agrimensura (2), técnico em edificações (2), técnico em segurança do trabalho (2) e técnico em análises clínicas (2).

São ofertadas chances de nível superior para auditor fiscal tributário municipal (2), analista de tecnologia da informação (2), arquiteto (2), engenheiro ambiental (1), engenheiro civil (5), engenheiro elétrico (2), engenheiro de saúde e segurança do trabalho (1), analista de gestão de pessoas (1), auditor de controle interno (1), contador (2), economista (1), especialista em informação - biblioteconomia (2), coordenador pedagógico (2), supervisor educacional (2), professor de educação infantil (20), professor de anos inicias (10), professor de geografia (5), professor de matemática (5), professor de educação especial (5), dentista (2), enfermeiro (5), farmacêutico (2), fisioterapeuta (2), nutricionista (2), psicólogo (5) e médico nas seguintes áreas: geral (20), ginecologia e obstetrícia (15), medicina de família e comunidade (15), medicina do trabalho (1), pediatria (15), psiquiatria (5) e veterinária (1).

Inscrições

Os interessados em participar do concurso Prefeitura de Campinas puderam se inscrever entre 3 e 31 de julho, mediante a realização de cadastro pelo site https://www.vunesp.com.br. As taxas de participação custaram:

  • R$ 38,50 (nível fundamental);
  • R$ 52,50 (médio/técnico);
  • R$ 78,50 (superior).

No total, a seleção registrou 103.552 inscrições, de acordo com números divulgados pelo município. O cargo com mais candidatos é o de agente administrativo: 22.580. Na sequência, aparecem as funções de professor de educação básica I (12.801) e guarda municipal masculino (7.919). O balanço para todas as carreiras pode ser conferido aqui.

Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a Fundação Vunesp pelo telefone (11) 3874-6300. A central de atendimento funciona em dias úteis, das 8h às 18h.

Concurso Prefeitura Campinas: salários

As remunerações iniciais variam de R$ 3.138,65 a R$ 9.215,08, já considerando o auxílio alimentação mensal de R$ 982,56. Além disso, o município concede:

  • vale-transporte (benefício opcional, com desconto de 3% dos vencimentos);
  • prêmio de produtividade (para agente fiscal tributário, auditor fiscal tributário municipal, agente de fiscalização e médico nas áreas de clínica geral, ginecologia e obstetrícia, família e comunidade, pediatria e psiquiatria);
  • adicional de risco de vida (guarda municipal);
  • adicional de dedicação exclusiva (arquiteto, engenheiro e técnico em edificações).

Como serão as provas

O concurso Prefeitura de Campinas foi iniciado com provas objetiva (todas as vagas) e discursiva (professor, coordenador pedagógico, supervisor educacional, arquiteto, engenheiro - todas as especialidades, técnico em segurança do trabalho, agente administrativo, agente de fiscalização, analista de gestão de pessoas, auditor de controle interno, contador, economista, especialista em informação - biblioteconomia). Houve aplicação em duas datas, de acordo com a seguinte distribuição:

  • 8 de setembro: agente fiscal tributário, técnico em agrimensura, técnico em edificações, técnico em saúde e segurança do trabalho, analista de tecnologia da informação, arquiteto, desenhista, engenheiro, agente administrativo, agente de fiscalização, analista de gestão de pessoas, contador, economista, especialista em informação - biblioteconomia, professor, coordenador pedagógico, supervisor educacional e instrutor surdo.
  • 15 de setembro: médicos, agente de apoio à saúde, auxiliar em saúde bucal, dentista, fisioterapeuta, enfermeiro, farmacêutico, médico veterinário, nutricionista, psicólogo, técnico em análises clínicas, guarda municipal, auditor fiscal tributário municipal e auditor de controle interno.

As demais etapas incluem:

  • avaliação prática (instrutor surdo e desenhista), em 9 e 10 de novembro.
  • análise de títulos (professor, coordenador pedagógico, supervisor educacional, psicólogo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro elétrico, agente administrativo, analista de gestão de pessoas, auditor de controle interno e especialista em informação - biblioteconomia), com entrega dos documentos em 22 de setembro;
  • exames antropométrico e médico, teste de aptidão física e avaliação psicológica, entre novembro e fevereiro de 2020, além de pesquisa social e curso de formação (guarda municipal), em datas a serem definidas.

O processo seletivo terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, por igual período, a critério do governo municipal.

+ Veja também: cabines de estudo em Campinas favorecem concentração total

Retificação 

Em 5 de julho, a Fundação Vunesp retificou os nove editais do concurso Prefeitura de Campinas. As alterações envolvem os critérios de desempate na classificação final, o conteúdo programático e os requisitos de escolaridade para alguns cargos (as retificações na íntegra podem ser conferidas na página do processo seletivo). 

Prova anterior

Para auxiliar nos estudos, o JC Concursos liberou as provas anteriores por cargo, além dos gabaritos para consulta das questões aplicadas. É importante avaliar se a organizadora é a mesma para o novo concurso Prefeitura de Campinas (SP), direcionando a preparação para o estilo da banca.

Campinas SP é a segunda maior cidade do Estado, atrás apenas de Guarulhos
Concurso Prefeitura Campinas (SP) inscreve para diversas áreas


+++ O JC Concursos disponibiliza mais detalhes sobre os editais, como atribuições, conteúdo programático e cronograma, na página do concurso Prefeitura de Campinas

Dicas de estudo para o concurso Prefeitura de Campinas

Sobre Prefeitura de Campinas

Campinas é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo, Região Sudeste do país. Em 2018, sua população foi estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística em 1.194.094, o terceiro município mais populoso de São Paulo (ficando atrás de Guarulhos e da capital) e o décimo quarto de todo o país.

Décima cidade mais rica do Brasil, hoje é responsável por pelo menos 15% de toda a produção científica nacional, sendo o terceiro maior polo de pesquisa e desenvolvimento brasileiro. Campinas, fundada em 1974, é considerada uma das principais do país.

A Região Metropolitana de Campinas, formada por vinte municípios paulistas, possui uma população de mais de três milhões de habitantes, formando a décima maior área metropolitana do Brasil e, junto com a Grande São Paulo e a Baixada Santista, integra o chamado Complexo Metropolitano Expandido, a primeira macrometrópole do hemisfério sul, que ultrapassa trinta milhões de habitantes, aproximadamente 75% da população total do estado de São Paulo.

Sobre Vunesp

Criada em 1979, a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp) possui personalidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos. A banca tem como principais atividades: planejar, organizar, executar e supervisionar o  vestibular da Unesp; realizar vestibulares e concursos diversos para outras instituições e promover as atividades de pesquisa e extensão de serviços à comunidade, na área educacional.

concursosconcursos abertosconcursos sp (são paulo)provas anteriores

Comentários

Mais Lidas