MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Concurso CGE SP: emenda ao PL que cria a carreira visa agilizar seleção; entenda

Primeiro concurso CGE SP (Controladoria-Geral do Estado de São Paulo) pode ser realizado até o início do próximo ano

Concurso CGE SP: emenda ao PL que cria a carreira visa agilizar seleção; entenda
Concurso CGE SP: controlador geral Wagner Rosário: reprodução
Fernando Cezar Alves

Fernando Cezar Alves

fernando@jcconcursos.com.br

Publicado em 22/11/2023, às 08h41

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Cresce a expectativa pela realização do primeiro concurso CGE SP (Controladoria Geral do Estado de São Paulo) para o cargo de auditor estadual de controle. No último dia 14 foi apresentado, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), o projeto de lei complementar 148/2023, do governador Tarcísio de Freitas, que cria a carreira. Além disso, o deputado Paulo Fiorilo (PT) apresentou uma emenda ao projeto, indicando um prazo de um ano para a realização do certame. No entanto, a CGE SP já havia sinalizado a intenção de iniciar o concurso ainda no começo de 2024. 

O projeto de lei cria 350 vagas de auditor na CGE SP. Porém, a expectativa é de que nem todas sejam oferecidas no primeiro edital, que deve contar com aproximadamente 200 vagas.

O PL tramita na Alesp em regime de urgência e, no momento, está ainda em fase de recebimento de emendas, antes de começar a tramitar pelas diversas comissões temáticas. Somente após estes procedimentos poderá ser votado, em definitivo, no plenário da casa.

Para concorrer ao cargo de auditor da CGE SP será necessário possuir formação de nível superior em qualquer área de formação ou em áreas específicas, com remuneração inicial de R$ 17.850, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Em 15 de março, o controlador-geral do órgão, Wagner Rosário, disse que a CGE SP deve ser organizada nos moldes da Controladoria-Geral da União (CGU). Vale lembrar que ele foi ministro-chefe da CGU entre 2017 e 2022, durante os governos de Michel Temer e Jair Bolsonaro.

Atualmente, a Controladoria conta com servidores cedidos de outros órgãos para desempenhar suas funções.

Concurso CGE SP: veja atribuições do cargo

São atribuições dos Auditores Estaduais de Controle, o planejamento, a supervisão, a coordenação, a orientação e a execução:

  • I - de atividades de auditoria interna governamental, correição, ouvidoria, promoção de integridade, transparência, prevenção e combate à corrupção na Administração Pública;
  • II - no âmbito do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo, das atividades de avaliação do cumprimento das metas previstas no plano plurianual, da execução dos programas de governo e do orçamento do Estado, da análise da qualidade do gasto público e da avaliação da gestão dos administradores públicos; - no âmbito do órgão central do Sistema de Corregedoria do Poder Executivo:
    a) das atividades relacionadas à prevenção e à apuração de irregularidades na Administração Pública;
    b) da realização de atividades inerentes à garantia da regularidade das sindicâncias e dos processos administrativos disciplinares instaurados no âmbito da Administração Pública
  • IV - da realização de estudos e trabalhos técnicos que:
    a) promovam o incremento da transparência pública, a participação da sociedade civil e o fortalecimento do controle social;
    b) contribuam para a promoção da ética e para o fortalecimento da integridade das instituições;
  • V - de outras atividades necessárias ao cumprimento da missão institucional e ao funcionamento da Controladoria Geral do Estado.
    Parágrafo único - As atribuições dos Auditores Estaduais de Controle têm natureza de atividade privativa de Estado.

Veja evolução salarial do cargo

A carreira contará com quatro níveis e quatro categorias, da seguinte forma:

  • I1 - R$ 17.850
  • I2 - R$ 18.385,50
  • I3 - R$ 18.937,07
  • I4 - R$ 19.505,18
  • II1 - R$ 20.090,33
  • II2 - R$ 20.693,04
  • II3 - R$ 21.313,83
  • II4 - R$ 21.953,25
  • III1 - R$ 22.611,85
  • III2 - R$ 23.290,20
  • III3 - R$ 23.988,91
  • III4 - R$ 24.708,57
  • IV1 - R$ 25.449,83
  • IV2 - R$ 26.213,33
  • IV3 - R$ 26.999,73
  • IV4 - R$ 26.809,72

Saiba mais sobre o órgão

A Controladoria-Geral do Estado de São Paulo foi criada pela Lei Complementar nº 1361, de 21 de outubro de 2021. Tem por finalidade a adoção de providências necessárias à defesa do patrimônio público, ao controle interno, à auditoria pública, à correição, à prevenção e ao combate à corrupção, às atividades de ouvidoria, à promoção da ética no serviço público e ao incremento da transparência da gestão no âmbito da Administração Pública direta e indireta do Estado.

Entre as atribuições da Controladoria Geral do Estado estão:

  • o assessoramento direto e imediato, na sua área de atuação, ao Governador do Estado no desempenho de suas atribuições;
  • a celebração dos acordos de leniência de que trata a Lei Federal nº 12.846, de 1º de agosto de 2013, no âmbito da Administração Pública direta e indireta;
  • a função de órgão central do Sistema Estadual de Controladoria e do Sistema Estadual de Defesa do Usuário de Serviços Públicos – SEDUSP, de que trata a Lei nº 10.294, de 20 de abril de 1999, e a promoção da criação e do fortalecimento das estruturas de controle interno dos órgãos e entidades da Administração Pública direta e indireta;
  • a realização de correições, auditorias e fiscalizações nos órgãos e entidades da Administração Pública direta e indireta;
  • a fiscalização dos atos dos agentes públicos e o zelo pelo cumprimento das regras pertinentes ao seu exercício funcional;
  • a inspeção, para fins de correição, das contas de qualquer pessoa física ou jurídica, de direito público ou de direito privado, que utilize, arrecade, guarde, gerencie ou
    administre dinheiro, bens e valores públicos, ou pelos quais os órgãos e entidades da Administração Pública direta e indireta respondam, ou que, em nome destes, assuma obrigações de natureza pecuniária;
  • a proteção e a defesa do usuário do serviço público do Estado de São Paulo, nos termos da Lei nº 10.294, de 20 de abril de 1999;
  • a promoção da transparência pública e da aplicação das normas de acesso à informação previstas na Lei federal nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, e no Decreto nº 58.052, de 16 de maio de 2012; entre outras


Siga o JC Concursos no Google News

+ Resumo do Concurso CGE SP

CGE SP - Controladoria-Geral do Estado de São Paulo
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Estados com Vagas: SP

concursosconcursos 2024concursos sp (são paulo)provas anteriores

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.