Tudo Sobre

Concurso DETRAN DF

Concurso Detran DF: diretor geral busca agilizar nova seleção

O novo concurso Detran DF (Departamento de Trânsito do Distrito Federal) deve contar com 72 oportunidades para técnicos e assistentes



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 16/03/2021, às 14h02 - Atualizado às 14h28

Concurso Detran DF: sede do Detran DF
Google Maps

O novo  concurso Detran DF (Departamento de Trânsito do Distrito Federal), oficialmente autorizado no último dia 8, já começa a ter seus primeiros procedimentos realizados. Conforme publicação em suas redes sociais, o diretor geral da autarquia, Zélio Maia, já encaminhou um ofício ao secretario da Economia, André Clemente, solicitando instruções para o início do certame. "Espero, em breve, trazer mais notícias", publicou. Novas informações devem ser anunciadas 

A expectativa é de que sejam oferecidas 72 vagas, sendo 49 para o cargo de técnico de trânsito e 23 para assistente de trânsito, com opções para quem possui níveis médio e superior. As remunerações iniciais são de R$ 5 mil para técnico e R$ 9 mil para assistentes.  

Concurso Detran DF - Saiba como foi a última seleção

O último concurso Detran DF ocorreu em 2010, quando foram oferecidas dez vagas para o cargo de assistente de trânsito. Para concorrer, foi necessário possuir nível superior, com remuneração inicial, na época, de R$ 4.225,94. A banca foi o Instituto Quadrix

A seleção contou com provas objetivas, discursivas e análise de títulos e de experiência profissional. A parte objetiva contou com 80 questões, sendo 50 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos gerais foram abordados temas de língua portuguesa, redação oficial, informática, direito constitucional, direito administrativo e lei orgânica do Distrito Federal. Em conhecimentos específicos, regimento interno do Detran/DF e legislação de trânsito.

Antes disso, em 2008, o concurso Detran DF ofereceu 125 vagas, sendo 100 para a carreira de auxiliar, atual técnico, e 25 para analista. Para auxiliar foi exigido apenas ensino médio, enquanto para analistas, as oportunidades foi para nível superior nas áreas de analista de sistemas, assistente social, comunicação social, direito e legislação, engenheiro civil, engenheiro eletricista, estatístico, médico do trabalho, médico neurologista, médico oftalmologista, médico ortopedista, médico psiquiatra, pedagogo e psicólogo. A banca foi o Cespe/UnB.

Para auxiliar, a prova contou com 50 itens de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos. Para analista na área de direito e legislação, 50 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva e títulos. Para os demais analistas, 50 de conhecimentos básicos, 20 de conhecimentos complementares e 50 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva e títulos.
Para auxiliar, a parte de conhecimentos gerais contou com temas de língua portuguesa,  redação oficial e raciocínio lógico.

Para nível superior, em conhecimentos gerais foram cobrados temas de língua portuguesa e redação oficial. 

Para analista na  especialidade direito e legislação, como conhecimentos complementares foram cobrados temas de direito constitucional, direito administrativo, lei orgânica do Distrito Federal e regulamento interno do Detran/DF 

 

concursosconcursos df (distrito federal)concursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas