Tudo Sobre

Concurso IBGE Temporários 2021

Concurso IBGE: Após decisão do STF, governo prepara Censo para 2022

Governo justifica adiamento do Censo Demográfico para 2022 devido a falta de recursos necessários para realizar os estudos, além da pandemia. Concurso IBGE deve ser feito apenas em 2022



Victor Meira | victor@jcconcursos.com.br
Publicado em 21/05/2021, às 15h26

Recenseador IBGE
uploads/noticia/concurso-ibge-10.jpg

O concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) será adiado mais uma vez para 2022. Após o STF (Supremo Tribunal Federal) determinar, na última sexta-feira (14), que o governo federal deve realizar o Censo Demográfico no ano que vem, o Ministério da Economia confirmou que já se prepara para realizar o estudo. A informação foi divulgada pelo secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Bruno Funchal.

Em abril, as provas do concurso do IBGE, que ocorreriam em 18 e 25, foram temporariamente suspensas. No total, a seleção oferece 204.307 vagas.

A decisão foi tomada em função do corte orçamentário que reduziu de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões a verba destinada à realização do Censo Demográfico.

Em nota, o instituto informou que avaliará novo planejamento para aplicação das provas, "a depender de um posicionamento do Ministério da Economia acerca do orçamento do Censo Demográfico".

Posteriormente, o governo federal entregou o Orçamento 2021 para a Câmara dos Deputados sem incluir os recursos necessários para realizar o Censo Demográfico. O Ministério da Economia declarou que devido aos gastos utilizados pela pandemia, não teria dinheiro necessário para promover o Censo em 2021. Em 2020, ano original em que o Censo seria realizado, não foi possível efetuar o estudo devido ao início da pandemia de coronavírus. 

STF determina Censo Demográfico ainda em 2021

O ministro Marco Aurélio do STF (Supremo Tribunal Federal) determinou que o governo federal deve realizar o Censo Demográfico ainda em 2021. O magistrado atendeu ao pedido do governo do estado do Maranhão.

Marco Aurélio explica que a União e o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), “ao deixarem de realizar o estudo no corrente ano, em razão de cortes de verbas, descumpririam o dever específico de organizar e manter os serviços essenciais de estatística e geografia de alcance nacional”.

Paulo Guedes: "O censo é uma questão política"

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o seu Ministério não tem nada haver com o adiamento do Censo Demográfico para 2022. Ele ainda apontou que a mudança de data no Censo “é uma questão política” e não orçamentária. A declaração foi feita na Audiência Pública na Câmara dos Deputados. Com isso, o concurso IBGE com mais de 204 mil vagas deve ser realmente adiada para 2022.

Guedes justifica que o adiamento do Censo Demográfico 2021 foi realizado devido a um consenso entre o governo federal e o legislativo. “No Congresso, acharam que o Censo não era a coisa mais importante do momento, e ao mesmo tempo tem a necessidade do distanciamento social [provocada pela pandemia de Coronavírus]” explica.

O ministro complementa o argumento de que o Censo poderia provocar uma nova onda de contaminações de covid-19, uma vez que os pesquisadores visitariam o domicílio das pessoas e se tornariam vetores de transmissão. “Faz o Censo e coloca em risco os pesquisadores e as famílias, que estão abrindo as portas das suas casas ou faz o distanciamento social e adia o Censo para o ano que vem”, afirma Guedes. 

Concurso IBGE: ofertas dos editais

Com inscrições recebidas entre fevereiro e março, o processo seletivo oferece 204.307 vagas. Estão em disputa 181.898 postos para recenseador, 16.959 para agente censitário supervisor e 5.450 para agente censitário municipal.

Recentemente, o instituto anunciou a suspensão temporária das provas, cuja aplicação estava agendada para 18 e 25 de abril. A decisão foi tomada em função do corte orçamentário que reduziu a verba destinada à realização do Censo.

O certame é organizado pelo Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). Em caso de dúvidas, os candidatos podem obter mais informações com a banca por dois canais de comunicação:

  • telefone: 0800 536 4885;
  • e-mail: ibge@cebraspe.org.br.

+ Resumo do Concurso IBGE Temporários 2021

IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
Vagas: 6500
Taxa de inscrição: De R$ 21,00 Até R$ 40,00
Cargos: Agente de operações, Supervisor
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário: De R$ 1145,00 Até R$ 5100,00

+ Agenda do Concurso

11/03/2021 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
26/03/2021 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
31/03/2021 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
02/05/2021 Prova Adicionar no Google Agenda
09/05/2021 Prova Adicionar no Google Agenda
concursosconcursos publicosconcursos federaisconcursos 2022

Comentários

Mais Lidas