Tudo Sobre

Concurso IBGE Temporários 2021

Concurso IBGE: editais para 6.500 vagas previstos para sair até março

Novo concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) será para contratos temporários para cargos de níveis médio e superior.



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 05/02/2021, às 09h46 - Atualizado às 14h46

Concurso IBGE - recenseador
Divulgação

Já com bancas definidas, o novo  concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), autorizado em 11 de setembro, para o preenchimento de 6.500 vagas temporárias, deve ter seus editais publicados até março, de acordo com as últimas informações do órgão. De acordo com a autorização do certame, o edital deve ser publicado até seis meses após a autorização, ou seja, até 11 de março. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Do total de postos, 6.475 são para cargos com exigência de ensino médio e 25 para quem possui formação de nível superior.   As remunerações iniciais ainda deverão ser confirmadas pelo órgão.

Para ensino médio, as oportunidades serão para os cargos de agente de pesquisa e mapeamento (5.623 vagas), agente de pesquisa por telefone (300) e supervisor de coleta e qualidade (522).  Para nível superior são de 25 oportunidades na carreira de supervisor de pesquisa.

O concurso contará com duas bancas organizadoras:  Cebraspe e Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).  O concurso contará com dois focos, sendo um nacional e outro regionalizado, somente para o Rio de Janeiro. O IBFC será responsável pelas 25 oportunidades de supervisor de pesquisa, no concurso regionalizado. Ainda no concurso regionalizado serão mais 300  oportunidades de agente de pesquisa por telefone, este organizado pelo Cebraspe.

As vagas do concurso nacional serão todas destinadas ao Cebraspe, incluindo sendo 5.623 para agente de pesquisa e mapeamento e 552 para supervisor de coleta e qualidade

Concurso IBGE: vagas para o Censo Demográfico

Além do concurso IBGE para 6.500 vagas, no último dia 29 de janeiro foi publicada a autorização de outro processo seletivo para temporários, para operacionalizar o Censo Demográfico 2021. A autorização é para 207.332 vagas, distribuídas por diversos cargos, com opções para quem possui  nível fundamentalnível médio e superior, com iniciais de até R$ 4.000. A publicação do edital, de acordo com a autorização, deve ocorrer, no máximo, dentro de um prazo de seis meses, ou seja, até julho. 

Do total de vagas, 180.100 são para o cargo de recenseador.  Para concorer é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração variável por produção, com média de R$ 1.278,94, para jornada de 25 horas semanais.

Para agente censitário supervisor, com 18.420 postos, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 1.700 e jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A terceira maior oferta é para agente censitário municipal, com 5.500 postos. Para estes, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 2.100 e 40 horas de trabalho semanais

Além disso, a autorização também contempla mais três cargos: agente censitário de pesquisas por telefone, com 180 vagas; codificador censitário, com 120; e supervisor censitário de pesquisa e codificação, com 12. Para as carreiras de agente censitário de pesquisas por telefone e codificador será exigido ensino médio, enquanto supervisor será destinado a quem possui formação de nível superior. Para estas opções, a remuneração ainda será anunciada. 

O prazo de validade dos contratos será de um ano, podendo ser prorrogado, de acordo com as necessidades

 

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas