Tudo Sobre

Concurso IBGE Temporários 2021

Concurso IBGE: novo edital anunciado para 6.500 vagas

Novo concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) será para contratos temporários para cargos de níveis médio e superior



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 10/09/2020, às 15h06

Concurso IBGE - recenseador
Divulgação

Além da  seleção já em pauta e com reserva orçamentária no próximo ano, para o preenchimento de 208.695 vagas, um novo concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) acaba de ser confirmado. De acordo com informações divulgadas pelo órgão, deve ser anunciada, nos próximos dias, a autorização para o preenchimento de mais 6.500 postos, para preenchimento em caráter temporário. Do total de oportunidades, 6.475 serão para cargos com exigência de ensino médio e 25 para quem possui formação de nível superior. A expectativa é de que o edital seja publicado ainda neste semestre, com início das atividades no início de 2021. As remunerações iniciais ainda deverão ser confirmadas

As carreiras que contarão com oportunidades não são as mesmas da seleção de 208.695 vagas previstas no orçamento. Enquanto aquelas se destinam para a realização do censo demográfico 2021, as novas opções serão para atuar na mensuração de dados de pesquisas já realizadas pelo órgão.

Quem possui ensino médio poderá concorrer aos cargos de agente de pesquisa e mapeamento (5.623 vagas), agente de pesquisa por telefone (300) e supervisor de coleta e qualidade (522). 

Para quem possui formação de nível superior, a seleção contará com 25 oportunidades na carreira de supervisor de pesquisa.

A duração dos contratos deverá ser de um ano, com possibilidade de prorrogação.

Concurso IBGE: vagas para o censo demográfico

Já o concurso IBGE para preenchimento de vagas para o censo 2021,  das 208.695 vagas, 180.557 serão para o cargo de recenseador, 5.462 para agente censitário municipal e 22.676 para agente censitário supervisor

Para concorrer às 180.557 vagas de recenseador é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração variável por produção, com média de R$ 1.278,94, para jornada de 25 horas semanais.

No caso de agente censitário supervisor, com 22.676 vagas, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 1.700 e jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Por fim, para as 5.462 vagas de agente censitário municipal, a exigência é de ensino médio, com inicial de R$ 2.100 e 40 horas de trabalho semanais

A previsão de duração dos contratos é de até três meses para recenseadores e até cinco para os demais cargos, renováveis mensalmente, de acordo com as necessidades, com possibilidade de duração menor de 30 dias no último mês. 

concursosconcursos federaisconcursos 2020provas anteriores

Comentários

Mais Lidas