MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES
Notícia em primeiro lugar

Concurso Iprem SP: Urgente! Prefeito Ricardo Nunes sanciona lei que cria carreira

Primeiro concurso Iprem SP (Instituto de Previdência Municipal de São Paulo) para analista será para formados de nível superior, com R$ 9,5 mil

Concurso Iprem SP: Urgente! Prefeito Ricardo Nunes sanciona lei que cria carreira
Concurso IpremSP: sede da Prefeitura SP: Google Maps
Fernando Cezar Alves

Fernando Cezar Alves

fernando@jcconcursos.com.br

Publicado em 29/09/2023, às 12h16

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Agora é oficial. O prefeito Ricardo Nunes sancionou, por meio de publicação no diário oficial do município de São Paulo desta sexta-feira, 29 de setembro, a lei 17.997, que cria a carreira de analista de previdência, para a realização do primeiro concurso Iprem SP (Instituto de Previdência Municipal de São Paulo) na área. A nova lei corresponde ao projeto de lei 447/23, do próprio prefeito, aprovada em 16 de agosto, com aprovação, na sessão extraordinária da Câmara Municipal de São Paulo.  Com isso, a seleção já pode ser autorizada pelo prefeito.

A nova lei cria 70 vagas para a carreira, para preenchimento por meio de primeiro concurso público no Iprem. Para concorrer ao cargo é necessário possuir formação de nível superior. A remuneração dos servidores será feita por meio de subsídios, com remuneração inicial de R$ 9.540 mil, para jornada de trabalho de 40 horas semanais, podendo chegar a R$ 18.021,49  no final da carreira.

Para concorrer será necessário possuir formação nas seguintes áreas:

  • Administração,
  • Ciências Jurídicas,
  • Estatística,
  • Ciências Atuariais,
  • Ciências Contábeis
  • Economia

A carreira contará com quatro níveis (I, II, III e IV), com cinco categorias nos dois primeiros, quatro no terceiro e três no quarto.

Desta forma, a evolução salarial é a seguinte:

Nível I

  • 1- R$ 9.540
  • 2 - R$ 10.018
  • 3 - R$ 10.318,53
  • 4 - R$ 10.628,10
  • 5 - R$ 10.946,94 

Nível II

  • 1 - R$ 11.603,74
  • 2 - R$ 11.951,86
  • 3 - R$ 12.370,17
  • 4 - R$ 12.803,13
  • 5 - R$ 13.251,25

Nível III

  • 1 - R$ 14.046,32
  • 2 - R$ 14.537,94
  • 3 - R$ 15.046,77
  • 4 - R$ 15.573,41

Nível IV

  • 1 - R$ 16.661,88
  • 2 - R$ 17.328.36
  • 3 - R$ 18.021,49

De acordo com a lei que cria o cargo, além das provas objetivas, a seleção poderá contar com um curso de formação profissional

Concurso Iprem SP: veja atribuições do cargo

  • I - Instruir, analisar, revisar, cadastrar, acompanhar e manifestar-se tecnicamente nos processos de concessão, pagamento, manutenção, revisão e extinção de benefícios previdenciários;
  • II - Realizar o cálculo e implementar o benefício em folha de pagamento, bem como relatar eventuais distorções que possam ocorrer no cálculo ou em virtude de alteração legislativa, propiciando a manutenção regular do benefício;
  • III - Planejar, implantar, avaliar, atender, orientar e capacitar sobre as ações voltadas ao atendimento, orientação e informação aos segurados ativos, aposentados e pensionistas do Regime Próprio de Previdência Social – RPPS zelando pela manutenção e atualização do banco de dados e do cadastro previdenciários;
  • IV - Propor, implantar, executar e avaliar políticas públicas, projetos, planos, pesquisas e ações voltadas ao aprimoramento da gestão previdenciária municipal e da sustentabilidade financeira e atuarial do Regime Próprio de Previdência Social – RPPS, emitindo notas e pareceres técnicos e propondo o aperfeiçoamento de
    normas complementares;
  • V – Realizar o gerenciamento dos ativos e passivos previdenciários, de forma a manter uma compatibilidade entre ambos, analisando riscos e formulando planos de mitigação, incluindo a elaboração, acompanhamento e revisão da política anual de investimentos, com a elaboração de relatórios e demonstrativos da alocação,
    gestão dos riscos e desempenho da carteira, sempre considerando a análise econômica do mercado e seus indicadores, em seus aspectos conjunturais e de
    estrutura;
  • VI – Gerar relatórios gerenciais e operacionais, mantendo sempre atualizado o cadastro de imóveis do Fundo Previdenciário, realizando inventário e reavaliação
    anual;
  • VII - Proceder aos cálculos necessários ao planejamento da previdência dos servidores municipais; com o cálculo de reservas que o órgão deve manter para garantir o pagamento dos benefícios atuais ou compromissos futuros, com análise de riscos, de forma a subsidiar a área técnica de administração dos fundos de
    Previdência;
  • VIII - Realizar ou acompanhar os estudos técnicos e estatísticos para estimar a incidência de doenças, mortes e acidentes de trabalho, bem como calcular a
    probabilidade de eventos;
  • IX - Desenvolver, implantar, executar e avaliar sistemas, processos e métodos de gestão nas áreas de concessão, manutenção e auditoria de benefícios previdenciário e desenvolver, acompanhar, executar e avaliar a execução do orçamento, bem como a elaboração de sua programação financeira, exercício do controle de suas contas bancárias, administração de seus haveres financeiros e mobiliários, gestão patrimonial, considerando o regime de financiamento pelos fundos previdenciários segregada da unidade gestora, conforme exigido e autorizado pela legislação;
  • X - Formular, implantar, executar e avaliar as atividades especializadas de alta complexidade de planejamento, orçamento, finanças, controles internos, contabilidade, auditoria, gestão e, sob supervisão, as tarefas de natureza acessória e complementar, bem como de acompanhamento e operacionalização dos expedientesrelacionados com o atendimento a determinações judiciais e requisições de Órgãos e Entidades de fiscalização e controle;
  • XI - Atuar de forma integrada com Órgãos e Entidades dos Poderes do Município e demais esferas de governo, em assuntos relacionados ao Regime Próprio de Previdência Social - RPPS, bem como na promoção da transparência e gestão fiscal responsável;
  • XII – Fornecer apoio técnico-jurídico e administrativo às diversas áreas de atuação da autarquia, nos limites definidos pelos órgãos da Procuradoria Geral do Município, por meio da análise e informações de natureza jurídica em processos administrativos referente a acordos, convênios, contratos e suas minutas, licitações, a aplicabilidade da legislação que rege a Administração Pública e a gestão previdenciária, a subsídio à defesa e a prestação de informações aos Tribunal de Contas e Ministério Público;
  • XIII - Verificar o cumprimento de normas constitucionais, leis, decretos, regulamentos, resoluções e outras atos normativos aplicáveis ao campo de atuação da Autarquia;
  • XIV- Realizar a capacitação e o aperfeiçoamento dos servidores que atuam na área previdenciária do IPREM, da Administração Direta e Indireta, do Tribunal de Contas
    do Município de São Paulo – TCMSP e da Câmara Municipal de São Paulo – CMSP;
  • XV - Desenvolver outras atividades afins que lhe forem designadas pelos seus superiores e que estejam de acordo com a sua habilitação profissional.

Outros cargos em pauta

Além do primeiro concurso para analista de previdência, com previsão de 70 vagas, o Iprem SP também conta com outra seleção em pauta, para o preenchimento de mais 58 vagas, para cargos com exigências de ensino médio e nível superior, com iniciais de até R$ 6.106,33.

Das 58 vagas previstas, 25 são para o cargo de assistente administrativo de gestão (AAG), com exigência de ensino médio, e 33 para o cargo de analista de planejamento e desenvolvimento organizacionial (APDO), com necessidade de nível superior. No caso de assistente, a remuneração inicial é de R$ 2.517,50, passando para R$ 2.650 em 2024 e chegando a R$ 5.570,20 no final da carreira. Para apdo, a remuneração, no último concurso, realizado em 2015, foi de R$ 6.106,33.

saiba mais sobre o cargo de AAG

O cargo de assistente administrativo de gestão foi criado pela lei 17.721, de 2021, que reestrutura as carreiras de ensino fundamental e médio da prefeitura de São Paulo.

Com a reestruturação, a carreira conta com três níveis:

  • I - Nível I: 10 (dez) Categorias;
  • II - Nível II: 6 (seis) Categorias;
  • III - Nível III: 2 (duas) Categorias

Saiba como foi o último concurso APDO

No concurso Iprem SP, o último certame para analista de planejamento e desenvolvimento organizacional da prefeitura ocorreu em 2015, quando foram oferecidas 178 vagas, sendo 95 para analista de informações, cultura e desporto - biblioteconomia, 73 para apdo na área de ciências contábeis e 10 para apdo na área de ciências econômicas. A banca organizadora, na ocasião, foi a Fundação Vunesp.

Para os dois cargos de APDO, a prova objetiva contou com 80 questões. No caso de contabilidade, a distribuição foi a seguinte:

  • conhecimentos gerais - 40
  • conhecimentos específicos - 40

As questões de conhecimentos gerais foram distribuídas da seguinte forma:

  • língua portuguesa - 15
  • raciocínio lógico - 5
  • administração pública - 20

Para a área de ciências econômicas;

  • conhecimentos gerais - 40
  • conhecimentos específicos - 40

Na área de conhecimentos gerais, a distribuição foi a seguinte:

  • língua portuguesa - 10
  • raciocínio lógico - 10
  • administração pública - 12
  • realidades municipais - 8

Siga o JC Concursos no Google News

+ Resumo do Concurso Iprem SP 2023

Iprem SP - Instituto de Previdência Municipal de São Paulo
Vagas: 30
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Analista de Planejamento
Áreas de Atuação: Administrativa
Escolaridade: Ensino Superior
Faixa de salário: Até R$ 9540,00
Estados com Vagas: SP
Cidades: São Paulo - SP

concursosconcursos 2024concursos sp (são paulo)provas anteriores

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.