MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil
Tudo Sobre

Concurso PF 2022 administrativos

Concurso PF: corporação pretende criar 2.967 vagas para cargos administrativos

Novo concurso PF (Polícia Federal) para a área administrativa pode ser realizado caso seja aprovada a criação de novas vagas



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 05/05/2022, às 13h00 - Atualizado às 13h44

None
Concurso PF: servidores da PF: Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

Um novo concurso PF (Polícia Federal) para a área administrativa vem sendo aguardado desde 2021, quando encaminhado, para o Ministério da Economia, um pedido para o preenchimento de 557 vagas. No entanto, embora a seleção ainda não tenha sido efetivamente aprovada, a oferta de vagas para um próximo certame na área pode contar com um reforço substancial. Acontece que o órgão pretende viabilizar a elaboração de um projeto de lei para a reestruturação do seu quadro, com a criação de nada menos do que 2.967 vagas na área.

A proposta ainda se encontra em fase bastante inicial e foi apresentada, em 29 de abril, pelo chefe da divisão de administração de recursos humanos, Felipe Tavares Seixas, para a coordenadora geral de recursos humanos, Juliana Pacheco.

A medida visa fortalecer o combate ao crime organizado, bem como ações das polícias marítima, aeroportuária e de fronteiras, além de atender a um questionamento do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre a utilização de pessoal terceirizado no controle de imigrações.

Somente para o controle migratório, o relatório do gestor de recursos humanos prevê a necessidade de contratação de nada menos do que 2.502 novos agentes administrativos.

Porém, tudo isso ainda depende de avaliações internas e posterior envio de projeto de lei para o Congresso Nacional

Concurso PF: saiba como foi o último pedido para seleção de pessoal administrativo

O último pedido de concurso PF para a área administrativa, enviado em 2021, foi para o preenchimento de 557 vagas, sendo sendo 404 para quem possui ensino médio e 153 para nível superior, com iniciais de até R$ 7.841,95.

Todas as 404 de ensino médio foram para o cargo de agente administrativo. O cargo conta com remuneração inicial de R$ 4.746,16, incluindo 2.279,16 de salário básico e R$ 2.467 de gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico administrativo.

No caso de nível superior, as opções foram as seguintes:

  • administrador (23),
  • arquivista (8),
  • assistente social (10),
  • bibliotecário (1),
  • contador (9),
  • economista (3),
  • enfermeira (3),
  • engenheiro (1),
  • estatístico (4),
  • farmacêutico (1),
  • médico (68),
  • nutricionista (1),
  • odontólogo (11),
  • psicólogo (5),
  • técnico em assuntos educacionais (13) e
  • técnico em comunicação social (3).

Para os médicos, o inicial é de R$ 7.841,95, incluindo o salário básico de R$ 4.804,95 e a gratificação, no valor de R$ 3.037.

Para os demais cargos, a remuneração é de R$ 5.776,47, incluindo salário básico de R$ 2.402,74 e gratificação de atividade de apoio técnico administrativo de R$ 3.374.

Atribuições dos cargos do concurso PF

Saiba o que faz cada aprovado no concurso PF, as competências de rotina e se você está apta(o) a exercer a função:

Agente administrativo
As atribuições são compostas de atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.

Administrador
realização de atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análise e projetos sobre administração pública, de pessoal, material, orçamento, organização e métodos.

Arquivista
realização de planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; elaboração de pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessoramento aos trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa e desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes.

Assistente social
Realização de atividades de execução qualificada, sob supervisão superior, de trabalhos relacionados com o desenvolvimento, diagnóstico e tratamento dos servidores do órgão em seus aspectos sociais.

Contador
Realização de atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade relativas à Administração Pública, financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendo análise, registro e perícia contábeis, de balancetes, balanços e demonstrações contábeis.

Psicólogo
Realização de atividades relacionadas às áreas de psicologia organizacional e clínica; realizar atividades de desenvolvimento e acompanhamento profissional voltadas para a gestão técnico administrativa e o apoio logístico da área de segurança pública; realizar diagnóstico, intervenção psicoterápica e acompanhamento, individual ou em grupo, para prevenir ou amenizar sofrimento ou conflito psíquico; desenvolver ações para a prevenção de doenças ocupacionais e promoção da saúde; atuar nos processos de seleção, treinamento, análise ocupacional, avaliação de desempenho e desenvolvimento profissional; realizar avaliações psicológicas visando a seleção de pessoal; supervisionar o credenciamento de psicólogos e clínicas autorizadas a emitir o porte de arma; promover estudos e pesquisas na área de psicologia; elaborar documentos técnicos e científicos da área da psicologia; redigir, digitar e conferir diversos expedientes e executar outras atividades de mesma natureza e grau de 4 complexidade relativas à atuação do psicólogo.

Concurso PF: saiba como foi o último concurso para a área administrativa

O último concurso PF para a área administrativa ocorreu em 2013, quando foram oferecidas 566 vagas, sendo 534 para agente administrativo, com opções em todos os estados. Para nível superior, as oportunidades foram para o Distrito Federal. A banca organizadora foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe e a prova objetiva contou com 120 itens para todos os cargos, sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva para os cargos de nível superior.

Para agente administrativo, a parte de conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito administrativo e noções de direito constitucional.

Para os cargos de nível superior, a parte de conhecimentos básicos versou sobre língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, noções de direito administrativo e noções de direito constituicional

  

 

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesconcursosconcursos federaisconcursos 2023provas anteriores
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.