Tudo Sobre

Concurso PF 2021 administrativos

Concurso PF: novo pedido encaminhado para a oferta de 557 vagas administrativas

Novo concurso PF (Polícia Federal) conta com pedido tramitado no Ministério da Economia, para preenchimento de vagas na área administrativa



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 11/05/2021, às 13h25 - Atualizado às 14h39

Concurso PF: servidores da Polícia Federal
Concurso PF: servidores da Polícia Federal - Divulgação

Além da seleção em andamento, um novo concurso PF (Polícia Federal) segue em pauta para o preenchimento de vagas a área administrativa. Quando do envio da última solicitação, que resultou no aval para a atual seleção de 1.500 vagas, a corporação também havia pleiteado a oferta de postos em outros cargos. Como não foram contemplados, uma nova solicitação já foi enviada e tramita no Ministério da Economia, para o preenchimento de 557 vagas, sendo 404 para quem possui ensino médio  e nível superior, com iniciais de até R$ 7.841,95. O quantitativo é maior que a solicitação anterior, que era de 508 postos.  Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Do total de postos, 404 são somente para o cargo de agente administrativo, que pede apenas ensino médio para concorrer. O pedido original para a carreira era de 349 postos. O cargo conta com remuneração inicial de R$ 4.746,16, incluindo 2.279,16 de salário básico e R$ 2.467 de gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico administrativo.    

Além disso, o pedido também prevê o preenchimento de 153 vagas para cargos de nível superior, seis a menos que a solicitação anterior, que era de 159. Neste caso, as opções do pedido anterior foram distribuídas da seguinte forma: administrador (21),  arquivista (8), assistente social (10), bibliotecário (1), contador (9),  economista (3), enfermeira (3), engenheiro (1), estatístico (4), farmacêutico (1), médico (65), nutricionista (1), odontólogo (11), psicólogo (5), técnico em assuntos educacionais (13) e técnico em comunicação social (3). A nova distribuição ainda não foi divulgada 

Para os demais cargos, que pedem nível superior, a remuneração, exceto para os médicos,  é de R$ 5.776,47, incluindo salário básico de R$ 2.402,74 e gratificação de atividade de apoio técnico administrativo de R$ 3.374.

Para os médicos, o inicial é de R$ 7.841,95, incluindo o salário básico de R$ 4.804,95 e a gratificação, no valor de R$ 3.037.

Atribuições aos cargos do concurso PF 

Saiba o que faz cada aprovado no concurso PF, as competências de rotina e se você está apta(o) a exercer a função:

Agente administrativo

As atribuições são compostas de atividades de nível médio, de grande complexidade, envolvendo a apresentação de solução para situações novas, a necessidade de constantes contatos com autoridades de média hierarquia, com técnicos de nível superior e/ou contatos eventuais com autoridades de alta hierarquia e abrangendo planejamento em grau auxiliar e pesquisas preliminares realizadas sob supervisão indireta, predominantemente técnica, visando à implementação das leis, regulamentos e normas referentes à administração geral e específica; supervisão dos trabalhos que envolvam a aplicação das técnicas de pessoal, orçamento, organização, métodos e materiais executados por equipes auxiliares, chefia de secretarias de unidades da mais alta linha divisional da organização.

Administrador

realização de atividades de supervisão, programação, coordenação ou execução especializada em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análise e projetos sobre administração pública, de pessoal, material, orçamento, organização e métodos.

Arquivista

realização de planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; elaboração de pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessoramento aos trabalhos de pesquisa científica ou técnico-administrativa e desenvolvimento de estudos sobre documentos culturalmente importantes.

Assistente social

Realização de atividades de execução qualificada, sob supervisão superior, de trabalhos relacionados com o desenvolvimento, diagnóstico e tratamento dos servidores do órgão em seus aspectos sociais.

Contador

Realização de atividades de supervisão, coordenação ou execução em grau de maior complexidade relativas à Administração Pública, financeira e patrimonial, contabilidade e auditoria, compreendendo análise, registro e perícia contábeis, de balancetes, balanços e demonstrações contábeis.

Psicólogo

Realização de atividades relacionadas às áreas de psicologia organizacional e clínica; realizar atividades de desenvolvimento e acompanhamento profissional voltadas para a gestão técnico administrativa e o apoio logístico da área de segurança pública; realizar diagnóstico, intervenção psicoterápica e acompanhamento, individual ou em grupo, para prevenir ou amenizar sofrimento ou conflito psíquico; desenvolver ações para a prevenção de doenças ocupacionais e promoção da saúde; atuar nos processos de seleção, treinamento, análise ocupacional, avaliação de desempenho e desenvolvimento profissional; realizar avaliações psicológicas visando a seleção de pessoal; supervisionar o credenciamento de psicólogos e clínicas autorizadas a emitir o porte de arma; promover estudos e pesquisas na área de psicologia; elaborar documentos técnicos e científicos da área da psicologia; redigir, digitar e conferir diversos expedientes e executar outras atividades de mesma natureza e grau de 4 complexidade relativas à atuação do psicólogo.

Concurso PF: saiba como foi o último concurso para a área administrativa

O último concurso PF para a área administrativa ocorreu em 2013, quando  foram oferecidas 566 vagas, sendo 534 para agente administrativo, com opções em todos os estados. Para nível superior, as oportunidades foram para o Distrito Federal. A banca organizadora foi o Cespe/UnB, atual Cebraspe e a prova objetiva contou com 120 itens para todos os cargos, sendo 50 sobre conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos, além de prova discursiva para os cargos de nível superior.

Para agente administrativo, a parte de conhecimentos básicos contou com temas sobre língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito administrativo e noções de direito constitucional.

Para os cargos de nível superior, a parte de conhecimentos básicos versou sobre língua portuguesa, raciocínio lógico, noções de informática, noções de direito administrativo e noções de direito constituicional

 

concursosconcursos federaisconcursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas