Tudo Sobre

Concurso Tribunal de Justiça de Goiás (TJ GO) juiz

Concurso TJ GO: edital para 43 vagas de juiz tem preparativos suspensos

Para concorrer no novo concurso TJ GO (Tribunal de Justiça de Goiás) será necessário possuir formação em direito, com três anos de prática jurídica, com inicial de R$ 28,8 mil



Fernando Cezar Alves | fernando@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/04/2021, às 13h31 - Atualizado às 14h15

Concurso TJ GO: sede do TJ GO
Google Maps

Quem pretende participar do novo concurso TJ GO (Tribunal de Justiça de Goiás)  para o preenchimento de 43 vagas para o cargo de  juiz substituto deve ter um pouco mais de paciência. Acontece que os preparativos para a seleção, cujo edital estava previsto para ser liberado em abril, foram suspensos. De acordo com a presidente da Associação dos Magistrados do Estado (Amego), Patrícia Carrijo, será necessário realizar uma reestruturação administrativa dos cargos antes de iniciar a seleção, de acordo com publicação feita nas redes sociais na última quarta-feira, 28 de abril. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

De qualquer forma, a necessidade de pessoal é grande e o certame continua em pauta. Com isto, quem pretende concorrer deve continuar se preparando. De acordo com ela, a aplicação da primeira fase deve ocorrer ainda este ano. 

Para concorrer é necessário possuir formação de nível superior em direito, com três anos de prática jurídica. A remuneração inicial da carreira é de R$ 28.884,25.    A seleção já conta, inclusive, com banca organizadora contratada, a Fundação Carlos Chagas

O concurso está autorizado desde março de 2020

Concurso TJ GO - veja como foi o último concurso

Ao que tudo indica, o concurso TJ GO deverá ser feito de acordo com os mesmos moldes do anterior, realizado em 2014. Na ocasião, a oferta foi de 57 vagas, contando com provas objetivas, provas escritas, sindicância de vida pregressa e investigação social, exame de sanidade física e mental, exame psicotécnico, prova oral e análise de títulos. A banca organizadora também foi a Fundação Carlos Chagas.

A prova objetiva contou com 100 questões, divididas por três blocos. O primeiro contou com 30 questões, versando sobre direito civil, direito processual civil, direito do consumidor e direito da criança e do adolescente. No segundo foram 40, desta vez sobre direito penal, direito processual penal, direito constitucional e direito eleitoral. Por fim, no terceiro, 30 sobre direito tributário, direito ambiental, direito administrativo e direito agrário.

A primeira prova escrita contou com questões sobre noções gerais de direito e formação humanística, além de outros pontos do conteúdo programático.

Na segunda, prova prática de sentença, envolvendo temas jurídicos constantes do programa e elaboração de duas sentenças de natureza civil e criminal.

concursosconcursos go (goiás)concursos 2022provas anteriores

Comentários

Mais Lidas