Concursos 2021: certames federais devem oferecer mais de 210 mil vagas

Com o orçamento reduzido em função da pandemia de coronavírus, os concursos previstos mais esperados foram adiados para o ano de 2021

Redação
Publicado em 16/10/2020, às 13h40 - Atualizado em 22/10/2020, às 14h37

None
Getty Images

A ano de 2020 é considerado fraco em relação a quantidade de concursos públicos. Além das eleições municipais, que diminuem a quantidade de certames devido a legislação, a pandemia de coronavírus diminuiu consideravelmente os processos seletivos em empresas públicas. Desta forma, os concursos previstos para 2020 estenderam o seu prazo para 2021.

Com este cenário, a equipe do JC Concursos preparou uma lista dos principais concursos federais previstos para o ano de 2021. Confira a lista completa:

Concurso IBGE

O novo concurso IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para contratações em caráter temporário, iniciado no primeiro semestre e com inscrições suspensas em decorrência da crise de saúde, deve mesmo ser reiniciado em 2021. Acontece que a seleção já está prevista no projeto de lei do orçamento 2021, entregue na última segunda-feira, 31 de agosto, ao Congresso Nacional. O documento confirma  a realização do Censo. Para isto, as contratações temporárias são indispensáveis. Por isto, um novo edital deve ser liberado, para o preenchimento de 208.695 vagas, sendo 180.557 para o cargo de recenseador, 5.462 para agente censitário municipal e 22.676 para agente censitário supervisor. Novas informações em breve

De acordo com o órgão, a nova previsão é de que o Censo agora ocorra no período de 1 de agosto a 31 de outubro de 2021. Leia mais.

Concurso Ibama

Cresce a expectativa pela realização do novo concurso Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). Após o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, confirmar que estão sendo feitos estudos para a nova seleção, a assessoria técnica da vice-presidência confirma que o assunto está em discussão entre a Casa Civil e o Ministério do Meio Ambiente. Mourão tem se posicionado publicamente sobre a necessidade de contratação de servidores para o órgão. Novas informações devem ser confirmadas em breve. 

A expectativa é de que um novo edital seja publicado até 2021. O órgão encaminhou novo pedido de autorização para o Ministério da Economia para o preenchimento de 2.311 vagas, destinadas para as carreiras de técnico administrativo, analista administrativo e analista ambiental. "São essas agências que possuem know how para realizar a fiscalização necessária", disse. "Não podemos ficar com 10, 12 fiscais trabalhando em um estado do tamanho do Pará ou Amazonas", disse. Leia mais.

Concurso Incra

O aguardado novo  concurso Incra  (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) pode finalmente ocorrer em 2021. Acontece que a seleção conta com decisão favorável por parte do Tribunal de Contas da União (TCU) desde 2019 e vem sendo defendida, inclusive, pelo vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que considera necessário reduzir a ação de militares de atividades de fiscalização, com o reforço de pessoal próprio de órgãos como o Ibama e o Incra. Novas informações podem ser confirmadas em breve. Leia mais.

Concurso MPU

O  concurso MPU (Ministério Público da União) pode contar com mais uma possibilidade de ingresso. Acontece que a Associação Nacional dos Agentes de Segurança Institucional do MPU e CNMP (Agempu) elaboraram uma minuta com o objetivo de transformar a carreira de agente de segurança institucional em agente de polícia do MPU. O documento foi elaborado nos últimos dias 10 e 11 de outubro, em reunião de planejamento estratégico da diretoria colegiada para o biênio 2020/2022. Agora, a proposta deve ser apresentada ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Leia mais.

Concurso Receita Federal

Quem possui ensino  médio e pretende participar do próximo   concurso Receita Federal pode contar com ótimas oportunidades. Acontece que o órgão aguarda parecer por parte do Ministério da Economia sobre um pedido para o preenchimento de nada menos do que 3.360 vagas no decorrer do próximo ano, sendo 1.000 destinadas somente a quem possui este nível escolar. As demais 2.360 oportunidades são para carreiras com exigência exclusivamente de superior. As remunerações iniciais dos cargos chegam a R$ 21.029.09.Novas informações devem ser confirmadas em breve. Leia mais.

Concurso Antaq

concurso Antaq (Agência Nacional de Transportes Aquaviários) já conta com pedido de autorização para preenchimento de vagas encaminhado para o Ministério da Economia. De acordo com as últimas informações divulgadas pela agência, a solicitação enviada foi para o preenchimento de 109 vagas, com opções de níveis médio e superior, com iniciais de até R$ 15.058,12. Novas informações devem ser confirmadas em breve. Leia mais.

Concurso ANTT

Um novo concurso ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) pode ter início até 2021. Para isto, a agência aguarda apenas parecer, por parte do Ministério da Economia, sobre seu último pedido de autorização para o preenchimento de psotos.  A expectativa é de 394 vagas, sendo 208 são para a carreira de técnico em regulação, 87 para técnico administrativo, 63 para especialista e 36 para analista. As oportunidades solicitadas são para suprir a defasagem de pessoal e assim oferecer um melhor atendimento para a população. Novas informações devem ser confirmadas em breve. Leia mais.

Concurso DPU

Quem pretende participar do próximo concurso DPU (Defensoria Pública da União) pode contar com boas oportunidades no decorrer do próximo ano. Acontece que o projeto de lei do orçamento de 2021 prevê a criação de nada menos do que 1.011 vagas no cargo. Do total de postos, 811 são para cargos efetivos e 200 para pessoal comissionado. Ao todo, o projeto de lei do orçamento federal, que tramita no Congresso Nacional desde 31 de agosto, prevê um total de 53.111 postos em 2021, sendo 50.946 para preenchimento de vagas, por meio de concursos 2021 e 2.165 para criação de cargos.Novas informações devem ser anunciadas em breve. Leia mais.

Concurso PF

A publicação do edital do aguardado concurso PF (Polícia Federal) pode acabar ficando para o início do próximo ano. A possibilidade foi cogitada pelo próprio presidente Jair Bolsonaro, em live divulgada nas redes sociais, juntamente com o ministro da Justiça, André Mendonça. Na ocasião, o presidente confirmou que a seleção deverá contar com um total de 2.000 vagas, mesmo quantitativo que deve ser reservado para o concurso PRF (Polícia Rodoviária Federal). "Estamos ultimando dois editais, que devem ser a partir do ano que vem, para mais de 2 mil PFs e 2 mil PRFs", disse.

Esta é a segunda vez que o presidente cita a realização do concurso em 2021. Porém, isto não significa que o edital ainda não pode ser publicado em 2020, uma vez que ele não deixa claro se o ano se refere aos editais ou aplicação das provas. "Conseguimos junto ao ministro da Economia a oportunidade de mais 2 mil vagas para o ano que vem. Estamos ultimando a confecção do edital de modo que o mais rapidamente possível possamos ter esse efetivo a mais para somar a vocês, para combater o crime organizado em nosso País", disse, no último dia 8, durante evento na Academia Nacional de Polícia. Leia mais.

Comentários

Mais Lidas