Tudo Sobre

Empregos Fundação

Fundação Paulistana: prefeito autoriza 60 vagas

O prefeito Fernando Haddad autorizou a realização de concurso público para a Fundação Paulistana de Educação, Tecnologia e Cultura. São oportunidades de todos os níveis escolares



Camila Diodato
Publicado em 30/12/2015, às 10h14

Saiu no Diário Oficial, da edição de 30 de dezembro, que o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, autorizou a realização de concurso público para a Fundação Paulistana de Educação, Tecnologia e Cultura. No documento conta que foram liberadas 60 vagas de todos os níveis.


Do total de oportunidades, quatro são para professor do ensino técnico; 17 para especialista em administração, orçamento e finanças; seis para especialista em assistência e desenvolvimento social; quatro para especialista em informações técnicas, culturais e desportivas; uma para especialista em desenvolvimento urbano; oito para assistente de gestão de políticas públicas; 12 para assistente de suporte técnico; e oito para agente de apoio.
As carreiras de professor e especialista (todas as áreas) exigem formação superior, enquanto os postos de assistente de gestão e assistente de suporte necessitam de ensino médio. Já o cargo de agente pede nível fundamental completo.
Com a autorização do concurso, o próximo passo da Fundação Paulistana é contratar a banca organizadora, para então definir o cronograma contendo as datas de publicação do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas.

Remunerações oferecidas pela Fundação Paulistana


Os salários básicos iniciais serão de R$ 1.857,26 para cargos de nível superior, R$ 920 para médio e R$ 755 para fundamental. De acordo com o plano de carreiras, aprovado em janeiro de 2015, os cargos de nível superior contam com 13 referências salariais durante o exercício, atingindo uma remuneração de R$ 3.954,27 no nível 13. Para ensino médio são 15 referências, com limite de R$ 2.415,70; e para ensino fundamental são dez, com limite de R$ 1.339,81.
Como benefícios, o projeto de lei que consolida o plano de carreiras institui a possibilidade de gratificações de atividade; gratificação de função; gratificação de difícil acesso; gratificação de desempenho de atividade; gratificação por desempenho de atividade cultural e desportiva; e gratificação de desempenho de atividade social.

Concurso anterior


O último concurso da Fundação Paulistana ocorreu em 2012 e contou com uma oferta de 26 vagas para professores em diversas áreas, bibliotecários e assistente de gestão de políticas públicas. A organizadora foi a Fundação Carlos Chagas.  

+ Resumo Empregos Fundação

Fundação
Vagas: 42
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Especialista, Assistente, Agente
Áreas de Atuação: Educação
Escolaridade: Ensino Fundamental, Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: SP

+ Agenda

29/12/2016 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas