Tudo Sobre

Concurso ENEM 2019

Enem Digital: Inep confirma fim da prova em papel até 2026

A transição para o Enem Digital está prevista para começar em 2020 com um projeto-piloto para 50 mil candidatos de 15 capitais



Douglas Terenciano
Publicado em 03/07/2019, às 13h47 - Atualizado às 13h59

Enem Digital
Divulgação

Em entrevista coletiva para jornalistas em Brasília na manhã desta quarta-feira, dia 3, Alexandre Lopes, o novo presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) disse que o órgão vai deixar de aplicar o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em papel a partir de 2026.

A transição para o Enem Digital está prevista para começar em 2020 com um projeto-piloto para 50 mil candidatos de 15 capitais. Vale destacar que nada muda para os participantes inscritos em 2019.

Confira as principais mudanças anunciadas:

  • Em 2020, o Enem terá as duas aplicações anuais, além de uma aplicação em formato digital em dois dias de outubro;
  • A aplicação em 2020 será em 15 capitais brasileiras: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP);
  • A adesão dos candidatos será opcional no ato de inscrição, até um total de 50 mil participantes, o equivalente a 1% do total de participantes;
  • O valor da inscrição será o mesmo para todos os participantes;
  • O Inep estima investir cerca de R$ 20 milhões no projeto-piloto de 2020, e não pretende comprar novos computadores, mas sim usar equipamentos de instituições de ensino localizadas nas cidades participantes;
  • Entre 2021 e 2025, o Inep ampliará o número de aplicações do Enem digital, ainda em formato piloto e participação opcional;
  • A partir de 2026, o Enem será 100% digital;
  • Tanto as provas objetivas quanto a prova de redação serão feitas em formato digital no piloto;
  • O Enem para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) só passará ao formato digital a partir de 2026.

"O Enem Digital é o futuro que se abre", disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub, durante coletiva, realizada na sede do Ministério da Educação (MEC), em Brasília. "Depois de 100 anos de provas sendo realizadas no papel, a educação brasileira aponta para o futuro e vai abrir processo para fazer o Enem em uma versão digital", continuou.

Com essa nova versão digital, o governo federal pretende realizar o exame em várias datas ao longo do ano, por agendamento. A aplicação permanecerá em dois domingos, nos dias 11 e 18 de outubro de 2020, e os resultados serão divulgados de forma conjunta.

“A aplicação em computador representa uma redução da complexidade da logística de aplicação. Esse formato tem foco no desenvolvimento da avaliação do aluno; permite avaliar os diversos itinerários previstos com a reforma do ensino médio; além de potencializar as individualidades dos alunos a partir de instrumentos de inteligência artificial”, explicou Alexandre Lopes.

Novo Enem Digital: a mudança será progressiva

O Inep informou que o Enem Digital será implantado gradualmente. Em 2019, a aplicação será em papel, como nas demais 21 edições do exame, e haverá a aplicação regular e a reaplicação.

Já em 2021 serão realizadas duas aplicações digitais, em datas distintas, agendadas previamente, também opcionais. A edição servirá como aprimoramento da aplicação-piloto. Permanecem a aplicação regular e a reaplicação em papel.

De 2022 a 2025, o Enem Digital seguirá sendo aprimorado. A previsão do Inep é realizar até quatro aplicações digitais, em datas distintas, com agendamento prévio e ainda opcional para os participantes.

Em 2026, a versão em papel para de ser distribuída e o exame só será em formato digital. A consolidação do modelo digital será marcada por diversas aplicações regulares ao longo do ano, por agendamento, em todo o país, e reaplicação também em modelo digital.

O texto contém informações da Assessoria de Comunicação Social do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira).

+ Resumo do Concurso ENEM 2019

ENEM - Exame Nacional do Ensino Médio
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: 85
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa, Operacional
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Técnico
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC, AL, AM, AP, BA, CE, DF, ES, GO, MA, MG, MS, MT, PA, PB, PE, PI, PR, RJ, RN, RO, RR, RS, SC, SE, SP, TO

+ Agenda do Concurso

06/05/2019 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
17/05/2019 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
03/07/2019 Abertura das inscrições Adicionar no Google Agenda
22/07/2019 Encerramento das inscrições Adicionar no Google Agenda
03/11/2019 Prova Adicionar no Google Agenda
10/11/2019 Prova Adicionar no Google Agenda
14/11/2019 Divulgação do Gabarito Adicionar no Google Agenda
31/12/2019 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda
enem

Comentários

Mais Lidas