Fala de Paulo Guedes sobre servidores "parasitas" divide opiniões no congresso

Ministro da Economia diz que servidores públicos são como "parasitas" em busca de benefícios. Guedes diz ter aval de Bolsonaro para avançar projeto.

José Ricardo | jrloliveira@jcconcursos.com.br
Publicado em 07/02/2020, às 17h47 - Atualizado às 18h20

Paulo Guedes ajeitando o óculos no congresso nacional
Divulgação - EBC

Em meio as recentes discussões sobre o avanço da reforma administrativa, que deve ser apresentada por meio de proposta de emenda à constituição (PEC), para análise na Câmara dos Deputados e Senado Federal, o ministro da economia Paulo Guedes afirmou que servidores públicos se tornaram um "parasita" que, segundo ele, "exige aumentos automáticos até mesmo quando vê que o hospedeiro está morrendo". Para ele, o funcionalismo já conta, como benefícios, com estabilidade no emprego e aposentadorias generosas.

Líderes de partidos e deputados vinculados ao congresso nacional agora dividem opiniões sobre a fala de Guedes. Ivan Valente, deputado federal pelo PSOL, engenheiro e professor, publicou em seu twitter que "Paulo Guedes compara funcionário público a parasita ao defender a reforma administrativa. O sujeito sempre foi banqueiro, símbolo maior dos que vivem da agiotagem legalizada que suga metade do orçamento da União e vem ofender quem trabalha."

Ivan Valente (@IvanValente) February 7, 2020

Além dele, o Deputado Federal e 1º Vice Presidente da Câmara Marcos Pereira, também deu seu depoimento referente a infeliz fala do Ministro da Economia Paulo Guedes:

concursosconcursos abertos

Comentários

Mais Lidas