Órgão retifica edital de 86 vagas de advogado

Com a retificação, passou para cinco o número de oportunidades reservadas aos deficientes físicos.

Redação
Publicado em 22/04/2009, às 12h16

A Advocacia-Geral da União divulgou hoje, no Diário Oficial da União, uma retificação que altera o número de vagas para deficientes físicos e os locais das provas discursivas, referentes ao concurso que vai preencher 86 vagas de advogado. Confira no anexo ao lado.

Com a retificação, passou para cinco o número de oportunidades reservadas aos deficientes físicos. E, as provas discursivas, que abrangeriam todas as capitais, não serão mais aplicadas nas cidades de Manaus (AM), Palmas (TO), Porto Velho (RO) e Rio Branco (AC), por não haver candidatos convocados com opção de realização de provas nos referidos municípios.

Concurso
As oportunidades estão distribuídas entre 20 estados da federação – o que concentra o maior número de postos é o Distrito Federal (36), seguido pelo Rio Grande do Sul (07). São Paulo oferece quatro vagas e, o Rio de Janeiro, três. Há reserva de 5% das oportunidades para portadores de deficiência física.

O salário inicial bruto é de R$ 14.049,53 para jornada de 40 horas semanais.

Puderam participar do concurso pessoas maiores de 18 anos, que tenham concluído o curso de bacharelado em Direito, tenham dois anos de prática forense, estejam inscritos na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e não possuam condenações criminais.

De acordo com a organizadora do concurso, Cespe/UnB, a seleção recebeu um total de 23.942 candidatos inscritos.


Clique aqui para saber mais sobre o concurso.

Comentários

Mais Lidas