IBGE retifica requisitos para cargos com 420 vagas

Candidatos a técnico em informações geográficas e estatísticas, por exemplo, não precisam mais ter carteira de habilitação

Leandro Cesaroni
Publicado em 08/10/2013, às 11h56

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou, nos últimos dias, duas retificações que alteram diversos itens do edital de abertura do concurso que tem como objetivo o preenchimento de 420 vagas em três carreiras.
Entre as principais alterações, está a reformulação de requisitos para determinadas áreas de alguns cargos. Em todos os casos, ficou mais fácil se inscrever.
PACOTE DE ESTUDOS IBGE - CLIQUE AQUI
Candidatos a técnico em informações geográficas e estatísticas, por exemplo, não precisam mais ter carteira de habilitação para participar do processo seletivo. A condução de veículo foi removida da lista de atribuições da função.
Quem quiser se inscrever para tecnologista em geoprocessamento basta ter diploma de nível superior em qualquer área de formação. A princípio, a carreira exigia que o candidato fosse graduado em um dos 14 cursos relacionados pelo instituto.
Por fim, o cargo de analista em recursos materiais e logística, que antes admitia apenas formação em administração ou engenharia de produção, passou a aceitar também diploma de nível superior em logística, ou em outros correlatos da área.
Todas as alterações realizadas no edital podem ser consultadas nos arquivos anexos ao lado.
Concurso Para o cargo de técnico em informações geográficas e estatísticas há 300 vagas. O cargo exige ensino médio completo e remunera com salário entre R$ 2.813,10 e R$ 4.210,49, considerando o vencimento básico do padrão inicial da classe; a Gratificação de Desempenho de Atividade em Pesquisa, Produção e Análise, Gestão e Infraestrutura de Informações Geográficas e Estatísticas, e a Gratificação de Qualificação.
Para quem possui diploma de graduação, o instituto disponibiliza 120 colocações com remunerações mensais que vão de R$ 6.355,60 a R$ 7.930,24, contados o vencimento, a Gratificação de Desempenho de Atividade em Pesquisa, Produção e Análise, Gestão e Infraestrutura de Informações Geográficas e Estatísticas e retribuição por titulação.
Desse total, 60 são para analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas, nas áreas de administração escolar; planejamento e gestão; análise de sistemas - desenvolvimento de aplicações, suporte à comunicação e à rede, suporte operacional; arquivologia; auditoria; ciências contábeis; designer institucional; orçamento e finanças; recursos humanos/administração de pessoal; recursos humanos/desenvolvimento de pessoas; recursos materiais, e logística. 
As outras 60 se destinam à profissão de tecnologista em informações geográficas e estatísticas, nos ramos de análise agrícola, pecuniária ou socioeconômica; biblioteconomia; cartografia; edição de vídeo; estatística; geografia; geoprocessamento, e programação visual.
Todos os empregos possuem jornada de 40 horas semanais, ou oito diárias, e garantem benefícios como: auxílio-alimentação de R$ 373,00, auxílio-transporte e assistência médica e odontológica (opcional) ao servidor e dependentes, com valores que oscilam entre 82,83 e R$ 167,70 por pessoa.
Interessados em disputar as vagas precisam se inscrever no site www.cesgranrio.org.br até o dia 24 de outubro. As taxas são de R$ 50 para técnico e de R$ 110 para as demais profissões.   Provas Os exames objetivos serão aplicados para todas as carreiras no dia 1º de dezembro, das 13h às 17h. Aspirantes a técnico responderão a avaliação na cidade escolhida no momento da inscrição. Pretendentes a analista e tecnologista resolverão o teste no Rio de Janeiro (RJ).
O tempo de exame só é diferente para o cargo de analista - desenvolvimento de aplicações. Neste caso, em até 5h, serão aplicados tanto o teste objetivo quanto o discursivo.
Classificados para tecnologista, nas áreas de edição de vídeo, geoprocessamento e programação visual também enfrentarão avaliação prática em 19 de janeiro.
Lotação Aprovados para técnico ocuparão as vagas em municípios de todas as unidades da federação, com exceção do Distrito Federal. Já para analista e tecnologista, as oportunidades são para as unidades localizadas no Rio de Janeiro (RJ).
Os resultados finais são aguardados para 6 de janeiro (técnico) e 13 de fevereiro (analista e tecnologista).

Comentários

Mais Lidas