SAAE de Lençóis Paulista: definida banca do concurso

O concurso contará com oportunidades para diversas carreiras, para quem possui níveis fundamental, médio, técnico e superior. Edital em breve

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro
Publicado: 14/12/2018 - 12:22 | Atualizado: 14/12/2018 - 12:22

O Serviço Autônomo de Água e Esgotos de Lençóis Paulista (SAAE), no interior paulista, já definiu o nome da banca organizadora do seu novo  concurso público para o preenchimento de 17 vagas. A escolhida, por meio de pregão presencial, é a Consalter e Camargo. Com isto, o edital pode ser publicado já no decorrer dos próximos dias.   Do total de oportunidades, oito são para quem possui ensino fundamental, duas para ensino médio, duas para quem possui formação técnica e cinco para nível superior. As remunerações iniciais ainda serão divulgadas.

Ensino Fundamental
Quem possui ensino fundamental poderá concorrer aos cargos de leiturista de hidrômetro, agente de construção e manutenção pública – pedreiro, agente da construção e manutenção pública – encanador, agente de apoio operacional, agente de serviços gerais, eletricista, motorista e operador de máquinas.

Ensino Médio
Para ensino médio, as oportunidades serão para agente administrativo e telefonista.

Formação Técnica
No caso de formação técnica, para técnico em informática e técnico de produção e distribuição de água.

Nível Superior
Por fim, no caso de nível superior, opções para analista de sistemas, assistente técnico administrativo, contador, engenheiro civil e químico. 
 

Vídeos SAAE Lençóis Paulista

Mais Lidas

Mais Recentes

Notícias Recentes SAAE

Notícias Relacionadas SAAE

Atualizado: 14/12/2018 - 11:38

TCE SP: Alesp aprova criação de 65 vagas no órgão

Do total, 26 são para criação de novos cargos comissionados e 39 para a carreira de agente de fiscalização, por concurso público. Nível superior e inicial de R$ 13.9 mil

Segue para sanção

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) aprovou, no último dia 6 de dezembro, o projeto de lei complementar 55/2018, do presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCE), Renato Martins Costa, que cria 65 vagas junto ao quadro de servidores do órgão. Do total de oportunidades, 26 são para cargos comissionados e 39 para preenchimento por meio de realização de concurso público. A proposta foi protocolada no Palácio dos Bandeirantes na última quinta-feira, dia 13, e agora conta com um prazo de 15 dias úteis para que seja divulgada a sanção governamental, transformando o texto em lei.  

Das 26 vagas para cargos comissionados, uma é para o cargo de assessor técnico-procurador, 15 para assessor técnico de gabinete II, nove para assessor técnico de gabinete I e uma para diretor técnico de divisão.


Já as 39 oportunidades para preenchimento por meio de concursos públicos são para o cargo de agente de fiscalização financeira. Neste caso, para concorrer é necessário possuir curso de nível superior nas áreas de ciências jurídicas e sociais, administração de empresas, contabilidade ou economia, podendo ser consideradas outras áreas, quando da publicação do edital, com remuneração inicial de R$ 13.989,28.


A proposta de criação de vagas para o cargo já vem sendo estudada desde 2014, quando o órgão apresentou na Alesp o projeto de lei complementar 20/2014, que tratava da criação de 42 vagas, sendo 35 para os agentes e sete para cargos comissionados. A proposta acabou sendo retirada da Alesp em 25 de maio deste ano, a pedido do próprio TCE/SP que, após novos estudos e alterações na proposta, foi novamente apresentada, por meio do novo projeto de lei complementar


Atribuições

As atribuições do agente de fiscalização correspondem ao apoio aos julgamentos e demais atividades confiadas ao TCE/SP, envolvendo os aspectos legal, previdenciário, contábil,financeiro, orçamentário, operacional, atuarial e patrimonial, bem como de outros que vierem a ser fixados por meio de regimento interno.  


Remanescentes

O novo projeto de lei determina que o preenchimento das vagas para agentes pode ser feito por meio de realização de novo concurso ou convocação de remanescentes de concurso em validade. O último certame para o cargo ocorreu em 2014, quando foram oferecidas 21 vagas, sendo sete para agente de fiscalização financeira – informática – na área de intraestrutura de TI e segurança de informação e 14 para agente de fiscalização financeira na área de informática na área de  sistemas, gestão de projetos e governança de TI. 

 


A banca foi a Fundação Vunesp e o prazo de validade foi de dois anos, prorrogável uma vez pelo mesmo período 

Continuar lendo

Atualizado: 14/12/2018 - 10:55

Receita Federal abre concurso para perito em São Paulo

Oportunidades são para trabalhar em São José dos Campos, no interior paulista. Inscrições serão recebidas entre 15 e 30 de janeiro

20 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Receita Federal divulgou edital de processo seletivo destinado a preencher até 20 vagas temporárias de perito técnico credenciado junto à delegacia do órgão em São José dos Campos, a cerca de 100 km da capital paulista. 

Há oportunidades para profissionais com curso superior em farmácia (2 postos), química (2) e engenharia nas áreas de mecânica (3), mecânica - especialidade em aeronáutica (2), elétrica (3), eletrônica/computação/telecomunicações (3), têxtil (3) e metalúrgica (2). 

Como participar do concurso de perito da Receita Federal

Presenciais e gratuitas, as inscrições serão recebidas nas instalações da Receita Federal no município de Jacareí (av. Getúlio Vargas, nº 3.151). Os interessados deverão se dirigir ao Centro Logístico e Industrial Aduaneiro (Clia), das 10h às 17h.

A seleção ocorrerá por meio de análise de documentos e currículo, que devem ser entregues durante o registro da candidatura. A previsão é que o resultado seja divulgado até 1 de fevereiro.

Os contratados prestarão serviços por dois anos. Não haverá, no entanto, vínculo empregatício com a Receita Federal, de acordo com o edital

Segundo o órgão, as atividades de perícia serão remuneradas com base nas tabelas definidas na Instrução Normativa 1.800/2018, conforme detalhado no quadro abaixo.

Remunerações para perito da Receita Federal

 

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 14:04

Concurso AGU: provas são remarcadas para 27 de janeiro

Avaliação será reaplicada para cinco dos sete cargos em disputa. Cancelamento ocorreu após problemas na entrega dos cadernos de provas em três Estados

100 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Foi remarcada para 27 de janeiro a aplicação das provas objetiva e dissertativa para cinco dos sete cargos em disputa no concurso da Advocacia-Geral da União (AGU). No total, a seleção preencherá 100 vagas. 

Os exames, que ocorreriam no último domingo (9), foram cancelados por conta do atraso na entrega dos cadernos de avaliação em Cuiabá (MT), Florianópolis (SC) e São Luís (MA), segundo comunicado divulgado pelo Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), banca que organiza o certame. 

Com a nova data, as provas ficaram agendadas para dois turnos: manhã (funções de administrador, arquivista, contador e técnico em assuntos educacionais), das 9h às 13h30, e tarde (técnico em comunicação social), das 15h às 19h30.  

No caso dos concorrentes a analista técnico-administrativo e bibliotecário, os testes não precisarão ser reaplicados, uma vez que a realização ocorreu sem registro de incidentes. Os candidatos a essas vagas podem conferir aqui o gabarito preliminar.  

De acordo com a AGU, ainda nesta semana será publicado o edital com as informações e orientações aos participantes afetados pelo cancelamento das provas. 

Sobre as vagas do concurso da AGU

Para todos os cargos, a remuneração inicial é de R$ 6.203,34, considerando salário básico de R$ 2.220,39 e gratificação de desempenho de atividade de apoio técnico administrativo de R$ 3.128, correspondendo a 80 pontos, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.


• APOSTILAS CONCURSO AGU 2018 - CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
• CURSO CONCURSO AGU 2018 - DIVERSOS CARGOS


A distribuição das vagas pelos cargos é feita da seguinte forma: administrador (48 vagas, com nível superior em administração e registro no conselho), analista técnico administrativo (10, com nível superior em qualquer área), arquivista (2, superior na área), bibliotecário (1, superior na área e registro no conselho), contador (32, superior na área e registro no conselho),     técnico em assuntos educacionais (2, formação de nível superior em qualquer área), técnico em comunicação social (5, com formação superior em comunicação social ou jornalismo).

De acordo com o edital de abertura de inscrições, a escolha da lotação das vagas será feita de acordo com a lista de classificação final, conforme os critérios de oportunidade e conveniência do órgão.

As candidaturas foram recebidas até 4 de novembro, por meio do site www.idecan.org.br. Para todas as funções, a taxa de participação custou R$ 95. 

Concurso AGU - Novas vagas

  Vale ressaltar que tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei 6788/17, que cria mais 3.000 vagas na AGU, sendo 2.000 de analista técnico de apoio à atividade jurídica e 1.000 de técnico de apoio à atividade jurídica.   No caso de técnico, para concorrer será exigido apenas ensino médio, com inicial de R$ 4.669,35, com gratificações; e para analistas, nível superior, com inicial de R$ 6.985,34.  

Mais informações sobre este projeto podem ser obtidas aqui

 

AGU - Atribuições 

Administrador – atividades  relacionadas com supervisão, programação, coordenação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a estudos, pesquisas, análises e projetos a respeito de administração de pessoal, material, orçamento, organização e métodos.

Analista técnico administrativo - realizar atividades que envolvam a administração de pessoas, de processos, de recursos materiais e patrimoniais, de licitações e contratos, orçamento, finanças, contabilidade e auditoria; planejar, desenvolver, executar, acompanhar e avaliar planos, programas e projetos, inclusive voltados à modernização e à qualidade; realizar pesquisas e o processamento de informações; elaborar despachos, pareceres, informações, relatórios, certidões, declarações, ofícios, dentre outros; realizar trabalhos que exijam conhecimentos de informática; operar equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados na execução de suas atividades; outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade.

Arquivista - realizar atividades voltadas ao planejamento, organização e direção de serviços de arquivo; planejar, orientar e acompanhar o processo documental e informativo; planejar, orientar e direcionar as atividades de identificação das espécies documentais e participação no
planejamento de novos documentos e controle de multicópias; planejar, organizar e direcionar serviços ou centro de documentação e informação constituídos de acervos arquivísticos e mistos; planejar, organizar e direcionar serviços de microfilmagem aplicada os arquivos; orientar o planejamento da automação aplicada aos arquivos; orientar a classificação, arranjo e descrição de documentos; orientar a avaliação e seleção de documentos, para fins de preservação; promover medidas necessárias a conservação de documentos; elaborar pareceres e trabalhos de complexidade sobre assuntos arquivísticos; assessorar os trabalhos de pesquisa cientifica ou técnico-administrativa; desenvolver estudos sobre documentos culturalmente importantes.

Bibliotecário - sistemas biblioteconômicos e/ou de informação e de unidades de serviços afins; organizar os serviços de documentação; executar serviços de classificação e catalogação de manuscritos e de livros, de mapotecas, de publicações oficiais e seriadas, de bibliografia e referência; realizar projetos relativos à estrutura de normalização da coleta, do tratamento e da recuperação e da disseminação das informações documentais em qualquer suporte; realizar estudos administrativos para  o dimensionamento de equipamentos, recursos humanos e layout das unidades da área biblioteconômica e/ou de informação; estruturar e efetivar a normalização e padronização dos serviços técnicos de tratamento da informação fixando índices de eficiência, produtividade e eficácia nas áreas operacionais da biblioteconomia e/ou ciência da informação; estabelecer, coordenar e executar a política de seleção e aferição do material integrante das coleções de acervo, programando as prioridades de aquisição dos bens patrimoniais para a operacionalização dos serviços; estruturar e executar a busca de dados e a pesquisa documental; outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade da função que venham a ser determinadas pela autoridade superior.

Contador – desempenho de atividades relacionadas com supervisão, coordenação ou execução, em grau de maior complexidade, relativas à contabilidade e à administração financeira e patrimonial,  empreendendo balancetes, balanços, registros e demonstrações contábeis.

Técnico em assuntos educacionais - realizar atividades de supervisão, coordenação, programação ou execução especializada, em grau de maior complexidade, referentes a trabalhos de pesquisa e estudos pedagógicos, visando a solução dos problemas de educação, bem como de orientação e técnicas educacionais, administração escolar e educação sanitária.

Técnico em comunicação social - realizar atividades que envolvam a coleta, produção, revisão e edição de notícias voltadas à divulgação oficial da competência constitucional da Advocacia-Geral da União em
matérias de seu interesse, por meio da imprensa escrita, falada e televisionada, com a aplicação de técnicas de redação jornalística;
prestar assessoramento em atividades específicas de jornalismo e de assessoria de imprensa; analisar mídias divulgadas a respeito da Instituição, interpretando e avaliando a cobertura jornalística; propor
editorial adequado à missão, à visão e aos valores institucionais; usar,
de maneira eficaz, os recursos de rádio, TV, endereços eletrônicos e outros meios de divulgação e de comunicação; desenvolver o  planejamento estratégico de comunicação institucional; propor novos canais de comunicação com os diversos públicos da instituição, quando necessário, e o aperfeiçoamento dos já existentes; identificar e analisar as necessidades institucionais quanto à criação de identidades visuais e de campanhas; criar e desenvolver peças para campanhas publicitárias institucionais internas e externas, projetos, programações visuais e produções gráficas; implementar ações de publicidade, propaganda, marketing e projetos institucionais; elaborar projetos de layout para sítios web, utilizando conceitos e padrões de arquitetura da informação, usabilidade e acessibilidade; gerenciar o conteúdo web; planejar, coordenar, orientar e controlar as ações de relações públicas; realizar diagnósticos, estudos, pesquisas, levantamentos e relatórios para avaliação e aprimoramento das ações de divulgação e comunicação social; implementar programas e ações que promovam a integração, motivação e conscientização do público interno; aplicar normas de cerimonial e protocolo; planejar, organizar e executar eventos institucionais; realizar trabalhos que exijam conhecimentos de informática; operar equipamentos disponíveis e os sistemas e recursos informatizados na execução de suas atividades; outras atividades de mesma natureza e grau de complexidade da função que venham a ser determinadas pela autoridade superior.
 

Sobre a AGU

 

Cabe à Advocacia Geral da União (AGU) representar a União, judicial e extrajudicialmente, cabendo-lhe, nos termos da lei complementar que dispuser sobre sua organização e funcionamento, as atividades de consultoria e assessoramento jurídico do Poder Executivo. Em termos de representação judicial, sua atividade é exercida em defesa dos interesses dos referidos entes nas ações judiciais em que a União figura como autora, ré ou, ainda, terceira interessada. A representação extrajudicial é exercida perante entidades não vinculadas à justiça, como órgãos administrativos da própria união, estados ou municípios.


Ads

Quer agarrar uma vaga no AGU?

Curso Online com início imediato: Tudo o que você precisa saber para passar no AGU.


 

 

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 12:14

Serra Negra SP: definida banca para novo concurso

Cargos que serão oferecidos na seleção já estão definidos, mas a oferta de vagas ainda será anunciada. Edital em breve

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura de Serra Negra, no interior paulista, a 142 km da capital, próxima a Campinas, já definiu o nome da banca organizadora do seu novo concurso público para o preenchimento em diversos cargos. A escolhida, por meio de pregão presencial, é a Directa Concursos. Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias, para que o edital de abertura de inscrições possa ser efetivamente publicado.  

A seleção contará com opções para quem possui níveis fundamental, médio e superior. Oferta de vagas e remunerações ainda serão confirmadas, mas os cargos já estão definidos.


Ensino Fundamental Incompleto

 

Quem possui ensino fundamental incompleto poderá concorrer aos cargos de auxiliar de mecânica, gari e soldador/serralheiro.

 

Ensino Fundamental Completo

Para fundamental completo, as oportunidades serão para operador de máquina agrícola, cargo que também pede carteira de habilitação a partir da categoria “C”.

 

Ensino Médio

No caso de ensino médio, as opções são para agente comunitário de saúde, agente de fiscalização e posturas, agente de fiscalização tributária, agente de trânsito, auxiliar de odontologia, guarda municipal, técnico de enfermagem e técnico de enfermagem do trabalho.

 

Nível Superior

Por fim, para nível superior: enfermeiro 12X36, enfermeiro do trabalho, engenheiro civil, engenheiro agrônomo, farmacêutico, jornalista, médico do trabalho, médico ginecologista, médico ortopedista, médico pediatra, médico PSF, médico psiquiatra e procurador.

 

  

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 11:08

Concurso SSRH: contratada banca para 23 oportunidades

Vagas para o concurso da Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (SSRH SP) são destinadas ao cargo de especialista ambiental I

Para especialista

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Secretaria de Saneamento e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo (SSRH SP), que pertence à Secretaria do Estado do Meio Ambiente (SMA SP), avançou os preparativos do seu novo concurso público. O órgão contratou a Fundação Vunesp para ficar com a responsabilidade de organizar o certame.

No total, serão abertas 23 oportunidades para a carreira de especialista ambiental I. Tal posto se destina aos profissionais que tenham concluído o ensino superior em diversas áreas de atuação.

Consta no site da Unidade Central de Recursos Humanos de São Paulo, que o salário atual para quem desempenha a função corresponde ao valor de R$ 6.003. Quem exerce o cargo precisa cumprir jornadas de 40 horas semanais.

O próximo passo para a realização do concurso da SSRH SP é se reunir com a banca para elaborar o cronograma contendo as datas de lançamento do edital, do período de inscrições e da aplicação das provas.

Funções do analista 

Os aprovados no concurso da SSRH SP terão os seguintes deveres: regulação, controle, fiscalização, licenciamento e execução de auditoria ambiental; monitoramento ambiental; proteção e controle da qualidade ambiental; exame de documentos e acompanhamento de projetos; conservação dos ecossistemas e das espécies neles inseridas, incluindo manejo e proteção; estímulo e difusão de tecnologias, informação e educação ambientais; elaboração de pareceres técnicos e informações; e execução de outras atividades afins.

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 10:58

Igeve abre concurso com 324 vagas em São Vicente SP

Seleção preencherá postos de níveis fundamental e médio nos cargos de auxiliar de serviços gerais, cozinheiro, atendente administrativo e atendente da educação

Litoral paulista

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Em São Vicente, no litoral paulista, o Instituto de Gestão Educacional e Valorização do Ensino (Igeve) abriu processo seletivo com 324 vagas, das quais 231 imediatas e 93 para cadastro reserva (CR).

As carreiras de auxiliar de serviços gerais (20 CR e salário de R$ 1.160,83) e cozinheiro (53 postos + 16 CR - R$ 1.165,83) são opções para candidatos com nível fundamental incompleto e completo, respectivamente. 

Já as funções de atendente administrativo (4 + 5 CR - R$ 1.175,83) e atendente da educação (174 + 52 CR - R$ 1.170,83) admitem profissionais que possuem ensino médio, sendo o segundo cargo exclusivo para mulheres. 

Os contratados atuarão em creches e Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis), cumprindo jornada semanal de 44 horas de trabalho. 

Concurso Igeve São Vicente: inscrições e etapas

Banca contratada para organizar a seleção, a RBO Assessoria recebe inscrições até 21 de dezembro, por meio do site www.rboconcursos.com.br. As taxas custam R$ 30 (auxiliar), R$ 35 (cozinheiro) e R$ 40 (atendente). 

Em 6 de janeiro, os concorrentes realizarão prova objetiva com 30 questões de múltipla escolha abordando conteúdos de língua portuguesa, matemática/raciocínio lógico e conhecimentos gerais.

A participação na etapa de contagem de pontos por experiência prévia é opcional. A entrega dos documentos comprobatórios deve ocorrer durante o prazo para registro de candidaturas, no Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) de São Vicente.  

O concurso do Igeve terá validade de um ano, a contar da data de homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do instituto, conforme prevê o edital

Concurso Igeve São Vicente: atribuições dos cargos

Atendente administrativo - Executa serviços de apoio nas áreas de recursos humanos, administração, finanças e logística; Atende pessoas, fornecendo e recebendo informações sobre a escola e os alunos; Trata de documentos variados. Cumprindo todo o procedimento necessário referente aos mesmos.

Atendente da educação - Responsabiliza-se pelos alunos das Unidades Escolares; Atende individualmente o aluno na sua higiene pessoal sempre que necessário e nos horários estabelecidos; Responsabiliza-se pela limpeza, higiene e desinfecção dos espaços; das refeições aos alunos que não comem sozinhos e acompanha as refeições dos demais; Comparece a reuniões; atende aos pedidos da administração quando necessário; Responsabiliza-se pelos alunos, no horário de entrada e saída, zelando pela segurança e bem estar; observar condições físicas do aluno diariamente durante a sua permanência na unidade escolar, Buscando o maior número de informações sobre a sua saúde e nutrição; Responsabiliza-se na hora do repouso dos alunos, caso seja necessário, trocar fralda, dar banho, vestir (roupas e calcados), pentear e zelar pela higiene do aluno carinhosamente, empregando a voz com suavidade; administrar alimentos sólidos e pastosos, rigorosamente dentro dos horários estabelecidos pela unidade escolar e sob orientação; estar atento as alterações de comportamento do aluno e comunicar `a direção suas observações, administrar medicação somente acompanhada de receituário, quando autorizado, obedecendo a dosagem e os horários específicos; Responsabilizar-se pelo acompanhamento e organização de atividades, pertinentes ao agrupamento de aluno, em conjunto com o professor e na sua ausência, responsabilizar-se pelos utensílios e equipamentos dos alunos; auxiliar na organização das mochilas; Acompanhar e orientar o uso do sanitário, acompanhar os alunos no transporte escolar municipal; efetuar a higienização e desinfecção dos brinquedos diariamente, após o uso. Desenvolver atividades de estimulação com as crianças, em qualquer momento que esteja em contato; desenvolver as atividades planejadas, pertinentes a função nas salas de atividades e ambientes externos a unidade escolar.

Auxiliar de serviços gerais - Executa serviços de manutenção e limpeza, conservação de vidros e fachadas, limpeza de recintos e acessórios e trata de piscinas; Trabalha seguindo normas de segurança, higiene, qualidade e proteção ao meio ambiente; Fiscaliza e zela pelo patrimônio e equipamentos das instalações, percorrendo-as sistematicamente e, inspecionando suas dependências, para garantir a boa convivência entre educandos, comunidade escolar e comunidade em geral, podendo interferir na entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades; Controla fluxo de pessoas, identificando, orientando e encaminhando-as para os lugares desejados; acompanha pessoas e mercadorias.

Cozinheiro - Os trabalhadores nos serviços de alimentação executam todas as etapas necessárias para o preparo e processamento de alimentos, na montagem de pratos. Verificam a qualidade dos gêneros alimentícios, minimizando riscos de contaminação. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene e saúde.
 

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 10:53

Prefeitura de Piraju SP abre concurso com 54 vagas

Ofertas são destinadas a candidatos de níveis fundamental, médio e superior. Participação deverá ser garantida até o dia 10 de janeiro

Vários cargos

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Piraju, localizada no interior do Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público que selecionará 54 vagas, sendo três reservadas a pessoas com deficiência. A seleção ainda contará com formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Aqueles que concluíram o ensino fundamental podem concorrer aos empregos de auxiliar de serviços gerais (2 vagas), gari (11), motorista (4), operário (22), padeiro (CR) e pedreiro (CR). Os salários iniciais oscilam entre R$ 970,86 e R$ 1.263,54.

Quem tem o ensino médio está apto às funções de agente de saneamento (1), assistente administrativo (4), fiscal (CR), inspetor de alunos (CR), lançador (2), oficial administrativo (3) e orientador/cuidador social (2). Os vencimentos variam de R$ 988,68 a R$ 2.013,09. 

Para nível superior, as chances são para os cargos de assistente social (1), fisioterapeuta (1) e psicólogo (1). A remuneração é de R$ 2.013,09. 

Concurso Prefeitura de Piraju SP: inscrições e provas

O Instituto Mais é o responsável pela organização e execução do certame. A ficha cadastral estará disponível no site www.institutomais.org.br até o dia 10 de janeiro de 2019. Os valores da taxa de participação são de R$ 45 (ensino fundamental), R$ 57 (nível médio) e R$ 72 (formação superior). 

Os candidatos poderão se inscrever para mais de um cargo, desde que a prova objetiva seja aplicada em horários distintos, especificados a seguir: período da manhã para auxiliar de serviços gerais, padeiro, agente de saneamento, fiscal, inspetor de alunos, lançador, oficial administrativo, orientador/cuidador social; e à tarde para gari, motorista, operário, pedreiro, assistente administrativo, assistente social, fisioterapeuta e psicólogo. 

O concurso será constituído de duas etapas: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; e prova prática para gari, motorista, padeiro e pedreiro, eliminatória. 

A prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, atualidades, noções de informática e/ou conhecimentos específicos. Ela terá duração máxima de três horas e será aplicada na cidade de Piraju/SP no dia 10 de fevereiro de 2019. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 13/12/2018 - 10:13

Prefeitura de Garça SP: concurso com inscrições abertas

Oferta do edital é de três vagas imediatas e cadastro reserva de vários cargos que exigem os ensinos fundamental e médio

Até 26 de dezembro

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Encontram-se abertas as inscrições do concurso público da Prefeitura Municipal de Garça, localizada no Estado de São Paulo. A seleção visa o provimento de três vagas do seu quadro de efetivos, além de formação de cadastro reserva (CR) de futuras oportunidades. 

Candidatos que têm o ensino fundamental podem disputar as funções de auxiliar de cuidador (1 vaga), carpinteiro (CR), jardineiro (CR), motorista (CR), operador de máquina (CR), operador de som e iluminação (1), padeiro (CR), pedreiro (CR), servente de obras (CR) e tratorista (CR). Os salários iniciais oscilam entre R$ 1.110,13 e R$ 1.391,05. 

O cargo de cuidador (1) requer ensino médio completo e curso profissionalizante. O vencimento é de R$ 1.224,60. 

Para disputar um dos postos é necessário preencher a ficha cadastral no site www.omconsultoria.com.br e efetuar o pagamento da taxa de participação, no valor de R$ 50. O prazo para registro das candidaturas se encerrará no dia 26 de dezembro. 

Todos os inscritos realizarão a prova objetiva no dia 20 de janeiro de 2019. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática e conhecimentos básicos. 

Aqueles que pleiteiam os empregos de motorista, operador de máquinas e tratorista ainda serão submetidos à prova prática. 

Atribuições do cuidador da Prefeitura de Garça SP

Zelar pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da criança e/ou adolescente assistido; acompanhar os usuários nos seus afazeres e incentivar para o desenvolvimento de potencialidades e autonomia; atuar como elo entre o usuário acolhido (pessoa cuidada), equipe técnica e a família; escutar, estar atento e ser solidário com a pessoa cuidada providenciando o atendimento das demandas de cada indivíduo; cuidar da higiene pessoal; estimular e acompanhar a alimentação saudável; ajudar na locomoção e atividades físicas; estimular atividades de lazer e ocupacionais; administrar as medicações, conforme a prescrição e orientação da equipe de saúde ou técnica; comunicar à equipe técnica e coordenadora sobre toda e qualquer situação anormal que ocorra com cada usuário, dentro ou fora do espaço físico da Casa do Acolhimento; monitorar os acolhidos em tempo integral; manter o ambiente organizado; organizar ações e atividades internas; acompanhar os usuários em demandas específicas fora da Casa de Acolhimento, quando necessário; respeitar e atender as exigências da coordenadora.
 

Continuar lendo

Atualizado: 12/12/2018 - 13:34

Analândia SP tem concurso com inscrições abertas

Prefeitura preencherá postos de contador e professor em dez áreas de ensino. Salários chegam a R$ 3,6 mil

Até 19/12

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Estão abertas as inscrições do processo seletivo da Prefeitura de Analândia, em São Paulo, para formação de cadastro reserva em cargos temporários de nível superior.

Há oportunidades para contador (salário de R$ 3.610,25) e professor de educação infantil, ensino fundamental, língua portuguesa, matemática, geografia, história, ciências, educação artística, língua estrangeira e educação física, com vencimentos de R$ 14,27 por hora/aula. 

As candidaturas poderão ser registradas até 19 de dezembro, mediante o pagamento de taxa de R$ 70. O formulário para cadastro está disponível no endereço www.institutoindec.com.br.

Programada para 13 de janeiro, a prova objetiva cobrará a resolução de 30 perguntas de múltipla escolha em, no máximo, duas horas. 

A seleção inclui, ainda, análise de títulos para professor, com entrega dos documentos durante o período de inscrição. 

A divulgação do resultado final está prevista para 2 de fevereiro. O concurso da Prefeitura de Analândia será válido até o fim do ano letivo de 2019, de acordo com o edital.

Cronograma do concurso da Prefeitura de Analândia

 


 

Continuar lendo

Atualizado: 12/12/2018 - 10:35

Monções SP prorroga inscrições de concurso com 51 vagas

Com salários acima de R$ 7,6 mil, oportunidades estão distribuídas entre funções destinadas a profissionais de todas as escolaridades

550 km da capital

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A cidade paulista de Monções, a cerca de 550 km da capital, prorrogou até 18 de dezembro as inscrições para o concurso destinado a preencher 51 vagas imediatas no quadro de servidores da prefeitura. O prazo inicial estava previsto para terminar nesta sexta-feira (14).  

As funções de agente de serviços (2 postos e salário de R$ 1.042,85), agente de serviços - feminino (2 - R$ 1.042,85), trabalhador braçal - masculino (2 - R$ 1.042,85), gari - feminino (2 - R$ 1.042,85) e serviços gerais - masculino (1 - R$ 1.123,48) admitem profissionais com nível fundamental incompleto. Já quem concluiu esse ciclo escolar está apto a concorrer como motorista (1 - R$ 1.350,94), operador de máquinas (2 - R$ 1.350,94) e operador de máquinas e motorista (2 - R$ 1.963,43). 

Há oportunidades com exigência de ensino médio/técnico para agente administrativo (1 - R$ 1.289,86), agente comunitário de saúde (1 - R$ 1.350,94), agente de manutenção geral (1 - R$ 1.873,17), fiscal de obras (1 - R$ 1.482,43), inspetor de alunos (1 - R$ 1.231,67), recepcionista (1 - R$ 1.231,67), responsável por agendamentos e controle de viagens (1 - R$ 1.705,36), técnico de alimentação escolar (1 - R$ 1.289,86) e técnico de enfermagem (3 - R$ 1.289,86).    

Curso superior é requisito para assistente administrativo (1 - R$ 3.397,39), assistente de licitações e compras (1 - R$ 2.099,88), auditor de controle interno (1 - R$ 3.563,86), auxiliar de departamento pessoal (1 - R$ 2.389,95), auxiliar de desenvolvimento de projetos sociais (1 - R$ 2.552,48), auxiliar de desenvolvimento infantil (1 - R$ 1.350,94), auxiliar de primeira infância (2 - R$ 1.482,43), chefe de compras (1 - R$ 3.397,90), coordenador de esporte e cultura (1 - R$ 3.563,86), coordenador pedagógico (1 - R$ 3.563,86), coordenador do CRAS (1 - R$ 3.563,86), educador físico (1 - R$ 1.627,40), encarregado de almoxarifado e patrimônio (1 - R$ 2.389,95), encarregado de compras (1 - R$ 3.087,87), encarregado de tributos e lançadoria (1 - R$ 2.552,48), engenheiro agrônomo (1 - R$ 3.087,87), engenheiro civil (1 - R$ 3.087,87), farmacêutico (1 - R$ 3.087,87), médico clínico geral (1 - R$ 7.698,84), procurador jurídico (1 - R$ 3.563,86), professor de educação básica (1 - R$ 16,44 por hora/aula), professor de arte (1 - R$ 16,44 por hora/aula), professor de inglês (1 - R$ 16,44 por hora/aula), supervisor de frota municipal (1 - R$ 3.563,86) e tesoureiro (1 - R$ 3.563,86).         

Concurso Prefeitura Monções: inscrições e etapas

As inscrições são recebidas pelo site https://www.proamac.com.br/ e têm taxas de R$ 50 (nível fundamental), R$ 70 (médio) ou R$ 120 (superior). 

A prova objetiva (todos os cargos) está marcada para 6 de janeiro. Na mesma data, os candidatos a professor, auxiliar de desenvolvimento infantil, auxiliar de primeira infância, coordenador pedagógico e educador físico deverão entregar os documentos relativos à análise de títulos. 

O processo seletivo será finalizado com avaliação prática para os concorrentes a agente de manutenção, motorista e operador de máquinas, prevista para ocorrer em 20 de janeiro. 

O concurso da Prefeitura de Monções terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do governo municipal, conforme estabelece o edital.

Cronograma do concurso da Prefeitura de Monções

Continuar lendo

Atualizado: 12/12/2018 - 09:46

Concurso em Jandira SP está com inscrições abertas

Oferta do edital do Instituto de Previdência Municipal de Jandira é de quatro vagas distribuídas entre cargos de todos os níveis escolares

Ganhos de até R$ 4,3 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

No Estado de São Paulo, o Instituto de Previdência Municipal de Jandira (Iprejan) abriu as inscrições do concurso público que selecionará quatro profissionais para o seu quadro de efetivos. 

Uma das ofertas é destinada a função de auxiliar de serviços gerais feminino, cuja exigência é de ensino fundamental incompleto. O salário inicial é de R$ 1.204,77. 

Outras duas vagas estão distribuídas entre os cargos de analista financeiro e analista previdenciário, com vencimento de R$ 2.794,16. Interessados devem possuir ensino médio completo. 

A última oportunidade é para o posto de contador previdenciário, que requer nível superior em ciências contábeis e registro no órgão de classe. A remuneração é de R$ 4.340. 

O Iprejan ainda oferece aos servidores que recebem até quatro salários mínimos o benefício de vale-alimentação no valor de R$ 220. 

Concurso Iprejan SP: inscrições e provas

A participação deverá ser garantida até o dia 14 de janeiro de 2019. A ficha cadastral está disponível no endereço eletrônico www.igecs.org.br. Os valores da taxa são de R$ 20 (ensino fundamental), R$ 45 (nível médio) e R$ 65 (formação superior).  

A seleção será constituída de uma única etapa: prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Ela será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, raciocínio lógico, informática, noções previdenciárias e/ou conhecimentos específicos. 

A avaliação será aplicada no município de Jandira/SP no dia 10 de fevereiro de 2019. A confirmação da data e os locais e horários de realização do exame serão comunicados no edital de convocação, a ser divulgado a partir do dia 25 de janeiro.
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 15:45

Câmara de Quatá SP lança concurso para nível superior

Oferta do edital é de uma vaga para o cargo de diretor legislativo, cuja remuneração inicial é de R$ 4,5 mil

A partir de 20/12

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Foi divulgado o edital de aberturas das inscrições do concurso público da Câmara Municipal de Quatá, localizada no Estado de São Paulo. A seleção visa o provimento de uma vaga para o cargo de diretor legislativo.

Para ingressar na carreira é necessário possuir nível superior em qualquer área. O salário inicial oferecido é de R$ 4.522,28 para jornada de trabalho semanal de 40 horas. Como benefício, os servidores ainda recebem R$ 550 de vale-alimentação. 

Entre as atribuições do posto, estão: planejamento, coordenação, orientação e controle de andamento e desenvolvimento dos trabalhos legislativos relacionados com reuniões das comissões técnicas e com as sessões plenárias; assessorar a mesa na direção das reuniões das comissões técnicas e na direção dos trabalhos do plenário; coordenar e fiscalizar as ações de apoio técnico e operacional para o funcionamento das atividades parlamentares, em especial, para o completo desenvolvimento do processo legislativo, pela preparação e apoio aos vereadores; elaborar e assinar projetos, emendas, decretos legislativos, resoluções, atos da mesa, ato da presidência e outros relacionados com o processo legislativo; auxiliar o presidente na administração geral da Casa; responsável pelo controle administrativo dos cargos efetivos da câmara municipal.

Concurso Câmara de Quatá SP: inscrições e prova

As inscrições serão recebidas entre os dias 20 de dezembro e 6 de janeiro de 2019, exclusivamente pela internet, através do site www.primeconcursospublicos.com.br. O valor da taxa de participação é de R$ 100. 

Os candidatos serão avaliados por meio de uma única etapa: prova objetiva, classificatória e eliminatória. Ela será composta por 40 questões de múltipla escolha, sendo dez de língua portuguesa, cinco de matemática, cinco de legislação, cinco de noções de informática e 15 de conhecimentos específicos. 

Com duração máxima de três horas, o exame será aplicado no município de Quatá/SP na data prevista de 27 de janeiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser divulgado com antecedência mínima de três dias. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 12:29

Alesp aprova a criação de 320 novas vagas no MP SP

Do total de postos, 250 são para oficial de promotoria, de nível médio; e 70 são para analista, incluindo analista de promotoria II – agente de promotoria, e analista I nas áreas de saúde e assistência social. Aguarda sanção do governador

Níveis médio e superior

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Foi aprovado, pela  Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), no último dia 4 de dezembro, o projeto de lei 788/2017,  que cria 320 vagas junto ao Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP) para preenchimento por meio de realização de novos concursos públicos ou convocação de remanescentes em concursos em validade. A proposta estava pronta para votação, na ordem do dia, desde 30 de novembro de 2017.  O texto final já foi encaminhado para o Palácio dos Bandeirantes e recebido pelo governador Márcio França na última segunda-feira, 10 de dezembro. Agora, o governador tem um prazo de 15 dias úteis para sancionar a proposta, que passa a ter caráter de lei.       Do total de novas vagas, 250 são para a carreira de oficial de promotoria I, cargo que conta com remuneração básica inicial de R$ 4.433,58 e exige apenas ensino médio para o ingresso.
As 70 vagas restantes são para carreiras com necessidade de nível superior para ingresso, sendo 40 para o cargo de analista de promotoria II – agente de promotoria e 30 para analista de promotoria I – área da saúe e assistência social. Para estas carreiras, as remunerações básicas iniciais são de R$ 6.017,71 para o cargo de analista de promotoria I na área de saúde e R$ 9.450,93 para analista de promotoria II – agente de promotoria.
De acordo com a proposta do procurador-geral do estado, Gianpaolo Poggio Smenio, as despesas resultantes da ampliação do quadro de pessoal do MP/SP correrão à conta das despesas orçamentárias consignadas no orçamento vigente, suplementadas, se necessário, não havendo impacto imediato, quando da aprovação do projeto para a criação de vagas.
No caso de oficial de promotoria, o órgão ainda conta com um concurso em validade, iniciado em 2015, cujo resultado final foi divulgado em 6 de setembro de 2016. Desta forma, o prazo iria até setembro de 2018.  Porém, em 16 de agosto foi publicado despacho da Procuradoria Geral da Justiça prorrogando o prazo de validade do certame por mais dois anos, ou seja, até 15 de setembro de 2020. Desta forma, com a sanção da nova lei, caso deseje, o órgão pode convocar remanescentes desta seleção para o preenchimento das vagas que estão sendo criadas. 
Já para os cargos de analista de promotoria II – agente de promotoria e analista de promotoria I na área de saúde, o último concurso público foi realizado em 2013, com resultados finais divulgados em 10 de março de 2014.  Com isto, deverá ser necessária a realização de novo certame, já em pauta. 


Últimos concursos


 A última seleção para o cargo de oficial de promotoria, realizada em 2015, foi organizada pela Fundação Vunesp, contando com uma oferta de 73 vagas, destinadas para a capital paulista e municípios de Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, Sorocaba, Taubaté e Vale do Ribeira.
No caso de analista de promotoria II – agente de promotoria, no concurso de 2013 foram oferecidas 29 vagas, para a capital e grande São Paulo, Araçatuba, Bauru, Campinas, Franca, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos/Vale do Ribeira, São José do Rio Preto, Sorocaba e Taubaté. A organizadora foi o IBFC.
Por fim, para analista I na área de saúde, em 2013 foram oferecidas quatro vagas, sendo uma para médico clínico e três para  médico legista. A banca também foi o IBFC.  
  
Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 11:24

MP SP: editais de auxiliar devem ficar para janeiro

Ao todo serão oferecidas 52 vagas,sendo 24 para a área administrativa e mais 28 para diversas outras áreas. Inicial de R$ 3,7 mil

Nível Fundamental

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP/SP) ainda trabalha em alguns ajustes nos editais do seu próximo concurso público, que será para o cargo de auxiliar de promotoria.  De acordo com as últimas informações obtidas junto ao setor de recursos humanos do MP/SP, embora a intenção fosse iniciar o certame ainda este mês, a tendência é de que acabe ficando para o início de 2019, tendo em vista o recesso de final de ano do órgão, que vai de 20 de dezembro a 6 de janeiro. De qualquer forma, ressaltam que a seleção está confirmada e deverá ser a próxima. Com isto, os interessados ainda contam com mais algum tempo para intensificar seus estudos.

A banca organizadora já está definida e será a Fundação Vunesp.  

Embora tenham sido autorizados separadamente, também já está certo que todos os editais para o cargo serão divulgados no mesmo dia. Ao todo serão oferecidas 52 vagas, sendo 28 para diversas áreas de atuação, autorizadas pelo procurador-geral do estado, Gianpaollo Poggio Smanio, desde 18 de maio de 2017, e mais 24 vagas para auxiliar na área administrativa, autorizadas recentemente.


Para todas as áreas, para concorrer é necessário apenas possuir ensino fundamental, com remuneração inicial de R$ 3.765,13, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 910.

• CURSO CONCURSO MP SP 2018 - ANALISTA JURÍDICO
• 
APOSTILA CONCURSO MP SP 2018 - AUXILIAR DE PROMOTORIA
• APOSTILA CONCURSO MP SP 2018 - ANALISTA ´TÉCNICO


Concurso Auxiliar do MP SP – Distribuição das vagas

 

As 24 vagas para a área administrativa serão destinadas para diversas localidades do estado, enquanto para a capital, o certame será para formar cadastro reserva de pessoal.  


Já no caso de auxiliar em diversas áreas, das 28 vagas, 20 são destinadas para a primeira região administrativa, que inclui a capital paulista Grande São Paulo, Santos e Vale do Ribeira. Neste caso, as oportunidades serão para as áreas de eletricista, encanador, marceneiro, pedreiro, pintor e serralheiro.


As oito vagas restantes serão para um cargo de eletricista e um de encanador para cada uma das demais quatro áreas regionais. A segunda região inclui as cidades de Campinas e Taubaté. A terceira inclui Sorocaba e Piracicaba. Na quarta, Araçatuba, Bauru e Presidente Prudente. Por fim, na quinta, Franca, Ribeirão Preto e São José do Rio Preto.


  É importante ressaltar que a oferta de  vagas diz respeito somente às necessidades imediatas. A própria autorização  dos concursos já determina que o concurso também será para suprir eventuais necessidades que forem surgindo, o que garante a nomeação de muitos remanescentes durante o prazo de validade do certame.    

Concurso Auxiliar Administrativo - Atribuições

No caso de auxiliar na área administrativa, as atribuições do cargo correspondem a recepcionar, informar e encaminhar pessoas, observando as normas e regras estabelecidas, visando à manutenção da ordem e da segurança; receber, transportar, encaminhar e arquivar documentos, processos em geral e correspondências, inserindo, conferindo e verificando dados em sistemas aplicativos próprios para tanto, sob supervisão hierárquica e de acordo com rotinas prédefinidas; executar lavagem, lubrificação, abastecimento e tarefas inerentes à conservação e manutenção de veículos motorizados pertencentes à frota da Instituição; executar serviços de telefonia, operação de mesa PABX em ligações telefônicas e informações de rotina ao público; manejar elevadores de passageiros ou cargas, responsabilizando-se pela sua limpeza e conservação; executar trabalhos rotineiros de limpeza geral, tais como: lavar, encerar, varrer, remover pó e lustrar locais de trabalho (refeitórios, copas, cozinha, banheiros, janelas e portas), instalações, utensílios e equipamentos, zelando pela sua conservação; transportar, arrumar e remover móveis e utensílios e preparar e distribuir cafés e lanches, entre outras definidas pela chefia

 

 

Concurso Auxiliar do MP SP – Últimos Concursos

Quem pretende concorrer ao concurso do MP/SP deve iniciar os estudos o quanto antes, uma vez que a carreira de auxiliar de promotoria costuma ser bastante disputada. No último  concurso para a área administrativa, realizado em 2014, foram registrados nada menos do que 54.793 inscritos para a oferta inicial de 37 oportunidades.


A seleção contou apenas com uma prova objetiva, com 60 questões, sendo 25 de língua portuguesa, 15 de matemática e 20 de conhecimentos gerais, incluindo seis de história, seis de geografia, seis de atualidades e duas de legislação.   


A banca também foi a Fundação Vunesp.

 

 

Conteúdo programático


AUXILIAR DE PROMOTORIA I (Administrativo)
No que se refere à legislação indicada, informa-se que deve ser considerada a legislação atualizada, desde que vigente, tendo como base até a data da publicação oficial do Edital.

 

Língua Portuguesa
Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários). Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Classes de palavras: substantivo, adjetivo, numeral, pronome, verbo, advérbio, preposição e conjunção: emprego e sentido que imprimem às relações que estabelecem. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal. Crase.

Matemática
Números inteiros: operações e propriedades. Números racionais, representação fracionária e decimal: operações e propriedades. Razão e proporção. Porcentagem. Regra de três simples. Equação do 1.º grau. Sistema métrico: medidas de tempo, comprimento, superfície e capacidade. Relação entre grandezas: tabelas e gráficos. Raciocínio lógico. Resolução de situações-problema.

Conhecimentos Gerais
História do Brasil
Da Revolução de 1930 ao Brasil contemporâneo: A Era Vargas; o Brasil na II Guerra. Regime Militar – 1964-1985: o Golpe de 1964 e o Regime Militar; a repressão política e o “milagre econômico”; fim do Regime Militar; Campanha Diretas Já! (1984); Eleições de Tancredo Neves e José Sarney (1985). Presidentes posteriores.
Geografia
O Brasil no mundo: localização; extensão. A natureza brasileira: os grandes domínios morfoclimáticos. Hidrografia e aproveitamento dos principais rios. A vegetação original. Os recursos naturais. Os problemas ambientais. A população brasileira: crescimento e distribuição. Estrutura da população. Mobilidade. A organização do espaço brasileiro: As atividades industriais. O espaço agropecuário. Comércio, transportes e comunicações. O espaço urbano. As relações do Brasil com o mundo: o Brasil no Mercosul.


Atualidades
Questões relacionadas a fatos políticos, econômicos, sociais e culturais, nacionais e internacionais, ocorridos nos últimos 06 (seis) meses, a contar, retroativamente, da data da publicação do Edital, divulgados na mídia local e/ou nacional.
Legislação
Lei n.º 12.527, de 18 de novembro de 2011(Lei de acesso à informação).

 

Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 10:14

Borborema SP: definida banca para 21 vagas e cadastros

Concurso contará com oportunidades para diversos cargos, em todos os níveis de escolaridade. Edital em breve

Todos os níveis

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura de Borborema, no interior paulista, a 380 km da capital, e próxima a Araraquara, confirmou, por meio de publicação em diário oficial, nesta terça-feira, 11 de dezembro, o nome da banca organizadora do seu novo  concurso público,  que será para o preenchimento de 21 vagas imediatas, além de formar cadastro reserva de pessoal. A vencedora do processo licitatório é a Nova Visão Gestão Pública Consultoria e Concursos. Com isto, o próximo passo é a assinatura do contrato, que deve ocorrer nos próximos dias, para que o edital de abertura de inscrições possa ser publicado em seguida.

Do total de postos imediatos, três são para quem possui ensino fundamental incompleto, cinco para fundamental completo, seis para ensino médio e sete para nível superior. As remunerações iniciais ainda serão confirmadas.

 

Ensino Fundamental Incompleto
Quem possui ensino fundamental incompleto poderá concorrer aos cargos de agente de apoio operacional (1 vaga, com jornada de 40 horas semanais), coveiro (1, 40 horas) e lavadeira (1, 40 horas).

 

Ensino Fundamental Completo
Para ensino fundamental completo: condutor de máquinas (1, com carteira de habilitação, 40 horas), guarda municipal (1, 40 horas), motorista (1, com carteira de habilitação, 40 horas), padeiro (1, com curso específico, 40 horas) e pedreiro (1, 40 horas).

 

Ensino Médio
Para ensino médio: agente administrativo (1, 40 horas), agente de controle de vetores (1, 40 horas), agente de fiscalização tributária (1, 40 horas), agente sanitário (1, 40 horas), escriturário (1, 40 horas),  auxiliar de saúde bucal (1, com curso específico, 40 horas) e técnico de enfermagem (Cadastro reserva, com registro no órgão competente, 30 horas).

 

Nível Superior
Por fim, para nível superior: fiscal de obras e postura (1, 40 horas), médico I pediatra (1, com especialização e registro no órgão competente, 8 horas),    médico I – ginecologista (1, com registro no órgão, 8 horas), médico I – psiquiatra (1, com registro no órgão, 8 horas), médico I – urologista (1, com registro no órgão, 8 horas), médico I – ultrassonografista (1, com registro no órgão, 8 horas), médico I – ortopedista (CR, com registro no órgão, 8 horas), médico I – cirurgião (CR, com registro no órgão, 8 horas), médico I – otorrinolaringologista (1, com registro no órgão, 8 horas) e médico ESF (CR, com registro no órgão, 40 horas).


De acordo com o edital  de licitação, a publicação do edital e abertura de inscrições devem começar sete dias após a assinatura do contato com a banca organizadora. O prazo de inscrições será de 14 dias, no mínimo, com aplicação das provas 20 dias após o término das inscrições. 

Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 09:29

Concurso CRQ SP: saiu gabarito da prova para 520 vagas

Destinadas a profissionais de níveis médio/técnico e superior, carreiras oferecem vencimentos acima de R$ 10,1 mil. Edital tem chances na capital e em cidades do interior e litoral

12 municípios

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Os participantes do concurso do Conselho Regional de Química da 4ª Região (CRQ 4), com jurisdição em São Paulo, já podem consultar aqui o gabarito preliminar da prova objetiva, aplicada em 9 de dezembro. A seleção formará cadastro reserva em 520 vagas distribuídas entre a capital e cidades do interior e litoral. 

Profissionais com ensino médio concorrem como profissional de serviços técnico-administrativos (PSA) nas áreas de administração (20 - salário de R$ 4.419,55), manutenção predial (20 - R$ 4.419,55), manutenção predial/alvenaria/hidráulica e pintura (20 - R$ 4.419,55) e teleatendimento (20 - R$ 3.657,60).

Além de segundo grau, é necessário possuir formação técnica para disputar as funções de profissional de suporte técnico nas seguintes especialidades: compras (20), financeiro (20), recursos humanos (20), contabilidade (20) e informática (20). Todas as ofertas pagam R$ 5.129,13.  

Curso superior é requisito do concurso do CRQ SP para profissional de atividades estratégicas nas funções de fiscal (240 - R$ 10.117,45), bibliotecário (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - programação (20 - R$ 7.097,15), analista de sistemas - rede (20 - R$ 7.097,15), advogado (20 - R$ 7.097,15) e jornalista (20 - R$ 7.097,15). 

• APOSTILAS CONCURSO CRQ SP 2018 - DIVERSOS CARGOS

Os vencimentos informados já incluem os valores referentes aos vales refeição e alimentação. Além disso, os contratados terão direito a convênio médico e odontológico, vale transporte e plano de cargos e salários. 

Todas as vagas são para atuar na capital, exceto para fiscal, carreira que também reúne oportunidades em Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos e Sorocaba. 

Concurso CRQ SP: inscrição e etapas

As inscrições foram recebidas até 12 de novembro, por meio do site do Instituto Quadrix (http://www.quadrix.org.br). As taxas custaram R$ 60 (ensino médio), R$ 65 (técnico) e R$ 75 (superior). 

Além das provas objetiva e discursiva, realizadas em 9 de dezembro, o processo seletivo inclui teste prático para fiscal e jornalista. A aplicação está prevista para 16 e/ou 17 de fevereiro, na capital paulista. 

O concurso do CRQ SP terá validade de dois anos, a contar da data de publicação da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do conselho, conforme prevê o edital

Cronograma do concurso do CRQ SP

Concurso CRQ SP: conteúdo programático parcial

Língua portuguesa - 1 Compreensão e interpretação de textos de gêneros variados. 2 Reconhecimento de tipos e gêneros textuais. 3 Domínio da ortografia oficial. 4 Domínio dos mecanismos de coesão textual. 4.1 Emprego de elementos de referenciação, substituição e repetição, de conectores e de outros elementos de sequenciação textual. 4.2 Emprego de tempos e modos verbais. 5 Domínio da estrutura morfossintática do período. 5.1 Emprego das classes de palavras. 5.2 Relações de coordenação entre orações e entre termos da oração. 5.3 Relações de subordinação entre orações e entre termos da oração. 5.4 Emprego dos sinais de pontuação. 5.5 Concordância verbal e nominal. 5.6 Regência verbal e nominal. 5.7 Emprego do sinal indicativo de crase. 5.8 Colocação dos pronomes átonos. 6 Reescrita de frases e parágrafos do texto. 6.1 Significação das palavras. 6.2 Substituição de palavras ou de trechos de texto. 6.3 Reorganização da estrutura de orações e de períodos do texto. 6.4 Reescrita de textos de diferentes gêneros e níveis de formalidade. 7 Correspondência oficial (conforme Manual de Redação da Presidência da República). 7.1 Aspectos gerais da redação oficial. 7.2 Finalidade dos expedientes oficiais. 7.3 Adequação da linguagem ao tipo de documento. 7.4 Adequação do formato do texto ao gênero.

Raciocínio lógico e matemático - 1 Operações, propriedades e aplicações (soma, subtração, multiplicação, divisão, potenciação e radiciação). 2 Princípios de contagem e probabilidade. 3 Arranjos e permutações. 4 Combinações. 5 Conjuntos numéricos (números naturais, inteiros, racionais e reais) e operações com conjuntos. 6 Razões e proporções (grandezas diretamente proporcionais, grandezas inversamente proporcionais, porcentagem, regras de três simples e compostas). 7 Equações e inequações. 8 Sistemas de medidas. 9 Volumes. 10 Compreensão de estruturas lógicas. 11 Lógica de argumentação (analogias, inferências, deduções e conclusões). 12 Diagramas lógicos.

Atualidades - 1 Tópicos relevantes e atuais de diversas áreas, tais como recursos hídricos, segurança, transportes, política, economia, sociedade, educação, saúde, cultura, tecnologia, energia, relações internacionais, desenvolvimento sustentável e ecologia.

Confira o conteúdo programático completo do concurso do CRQ SP
 

Continuar lendo

Atualizado: 11/12/2018 - 09:19

Concurso Prefeitura SP: provas ocorrem neste domingo

Com vencimentos acima de R$ 7 mil, oportunidades são destinadas a analista de planejamento, agrônomo, arquiteto e engenheiro

168 vagas

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Ocorrem neste domingo (16) as provas do concurso da Prefeitura de São Paulo para preenchimento de 168 vagas em cargos de nível superior. Os locais de aplicação dos exames podem ser consultados aqui

Distribuídas entre dois editais, as oportunidades são destinadas às secretarias de Gestão; da Fazenda; de Urbanismo e Licenciamento; do Verde e Meio Ambiente; de Infraestrutura Urbana e Obras; e de Cultura.

Há chances para analista de planejamento e desenvolvimento organizacional - ciências contábeis (50 postos e salário de R$ 6.106,33), arquiteto (58 - R$ 7.03290), agrônomo (14 - R$ 7.032,90) e engenheiro nas seguintes áreas: civil (34 - R$ 7.032,90), do trabalho (2 - R$ 7.032,90) e florestal (10 - R$ 7.032,90). 

As inscrições foram recebidas até 12 de novembro, pelo site da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br). O valor da taxa foi o mesmo para todas as funções: R$ 82,20.

Fases do concurso da Prefeitura de São Paulo

Todos candidatos realizarão provas objetiva e discursiva, com aplicação nos períodos da manhã e tarde, respectivamente. 

• APOSTILAS CONCURSO PREFEITURA DE SÃO PAULO 2018 - NÍVEL SUPERIOR

O conteúdo programático abrange língua portuguesa, raciocínio lógico, realidade municipal/administração pública e conhecimentos específicos.  

A avaliação objetiva trará 70 questões de múltipla escolha para arquiteto, agrônomo e engenheiro; e 80 para analista. Já o exame discursivo será composto por uma pergunta dissertativa e um estudo de caso.

A entrega dos documentos relativos à análise de títulos está prevista também para 16 de dezembro. Os participantes poderão apresentar diplomas de especialização, mestrado e doutorado.

O concurso da Prefeitura de São Paulo terá validade de dois anos, a contar da data de homologação do resultado. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério do governo municipal, conforme estabelecem os editais.

Cronograma do concurso da Prefeitura de São Paulo

Concurso Prefeitura São Paulo: conteúdo programático parcial  

Língua portuguesa - Leitura e interpretação de diversos tipos de textos (literários e não literários). Sinônimos e antônimos. Sentido próprio e figurado das palavras. Pontuação. Concordância verbal e nominal. Regência verbal e nominal. Colocação pronominal.

Raciocínio lógico - Estrutura lógica de relações arbitrárias entre pessoas, lugares, objetos ou eventos fictícios. Dedução de novas informações das relações fornecidas e avaliação das condições usadas para estabelecer a estrutura daquelas relações. Compreensão e elaboração da lógica das situações por meio de: raciocínio verbal; raciocínio matemático (que envolva, dentre outros, conjuntos numéricos racionais e reais – operações, propriedades, problemas envolvendo as quatro operações nas formas fracionária e decimal, conjuntos numéricos complexos, números e grandezas proporcionais, razão e proporção, divisão proporcional, regra de três simples e composta, porcentagem); raciocínio sequencial; orientação espacial e temporal; formação de conceitos; discriminação de elementos. Compreensão do processo lógico que, a partir de um conjunto de hipóteses, conduz, de forma válida, a conclusões determinadas.

Realidade municipal e administração pública - Princípios constitucionais. Princípios fundamentais da Constituição Federal e Direitos e garantias fundamentais na Constituição Federal. Organização do Estado político-administrativo na CRFB/88. Administração Pública na CRFB/88. Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário na Constituição. Lei Orgânica do Município de São Paulo e Processo legislativo municipal. Ordem Social na CRFB/88. Organização Administrativa do Estado Brasileiro. Princípios da Administração Pública. Teoria geral da função pública. Serviços públicos: conceito e natureza, modalidades e formas de prestação, o perfil moderno do serviço público. Concessão, Permissão e Autorização. Regime jurídico da Licitação e dos contratos administrativos: obrigatoriedade, dispensa, inexigibilidade e vedação da licitação; procedimentos, anulação e revogação; modalidades de licitação. Lei n.º 8.666/93 e legislação posterior. Contratos administrativos: conceito, características e interpretação. Reequilíbrio econômico-financeiro. Modalidades de acordos administrativos: concessões de serviço público. Parcerias público-privadas. Contrato de Gestão. Convênios e consórcios administrativos. Teoria geral do ato administrativo: conceitos, classificação, espécies, elementos, requisitos e atributos do ato administrativo, extinção dos atos administrativos. Vinculação e discricionariedade. Controle dos atos administrativos. Processo administrativo: importância e necessidade. Espécies e suas distinções gerais. Competência administrativa: conceito e critério de distribuição. Avocação e delegação de competências. Ausência de competência: agente de fato. Dinâmica e estrutura demográfica do município de São Paulo: mudança no perfil demográfico e janela demográfica, imigração; impactos das mudanças demográficas nas políticas públicas. Desigualdades geográficas, econômicas e sociais dentro do município de São Paulo; discriminação e exclusão social; dinâmica social no município; indicadores sociais; cobertura e atendimento dos serviços públicos básicos. Desenvolvimento local, desafios da metrópole e da região metropolitana. Infraestrutura e condições para o desenvolvimento econômico municipal. Planejamento regional e urbano; Plano Diretor Estratégico do Município de São Paulo. Cidades, espaço público x privado, conceito e apropriação dos espaços públicos. Mercado habitacional e gestão do uso do solo. Economia urbana e urbanização. A localização das atividades econômicas no espaço intraurbano, concentração e problemas. Saneamento ambiental e meio ambiente urbano. Degradação e poluição ambiental e desafios. Resíduos sólidos: coleta, limpeza pública, tratamento, reciclagem e destinação final. Drenagem urbana e manejo de águas pluviais urbanas. Transportes, transporte coletivo, acessibilidade e mobilidade urbana. Segurança urbana.

Concurso Prefeitura São Paulo: atribuições dos cargos

Arquiteto - Realizar coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e edificação; elaborar orçamento; realizar estudo de viabilidade técnica, financeira e ambiental; executar, fiscalizar e conduzir obra, instalação e serviço técnico; realizar a supervisão, coordenação, gestão e orientação técnica; elaborar planos, projetos, vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem; prestar assistência aos órgãos encarregados da representação judicial do município e realizar perícias próprias da área de atuação, para fins judiciais e extra judiciais.

Engenheiro - Realizar coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e edificação; elaborar orçamento; realizar estudo de viabilidade técnica, financeira e ambiental; executar, fiscalizar e conduzir obra, instalação e serviço técnico; controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados; elaborar planos, projetos, vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem; desenvolver projetos de engenharia nas respectivas modalidades; elaborar normas e documentação técnica; prestar assistência aos órgãos encarregados da representação judicial do município e realizar perícias próprias da área de atuação, para fins judiciais e extra judiciais; desenvolver outras atividades afins. 

Agrônomo - Realizar coleta de dados, estudo, planejamento, projeto e edificação; elaborar orçamento; realizar estudo de viabilidade técnica, financeira e ambiental; controlar a qualidade dos suprimentos e serviços comprados e executados; elaborar planos, projetos, vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria e arbitragem; elaborar normas e documentação técnica; planejar, coordenar e executar atividades pertinentes à área de atuação e do uso de recursos naturais renováveis e ambientais; fiscalizar as atividades, orientar as ações e elaborar normas e documentação técnica de sua área de atuação; prestar assistência aos órgãos encarregados da representação judicial do município e realizar perícias próprias da área de atuação, para fins judiciais e extra judiciais; desenvolver outras atividades afins; desenvolver outras atividades afins.

Analista - Elaborar plano de contas, rotinas e normas técnicas de contabilidade, balancetes, balanços e demonstrações contábeis e financeiras de forma analítica e sintética; definir a classificação de receitas e despesas; orientar e supervisionar a escrituração dos atos e fatos contábeis; proceder à incorporação e consolidação de balanços; realizar auditorias contábeis e nos processos de realização de despesas em todas as suas etapas; apurar o valor patrimonial de participações, quotas e ações e convênios; avaliar balanços do posto de vista contábil, acervos patrimoniais; verificar haveres e obrigações para quaisquer finalidades; prestar assistência aos órgãos encarregados da representação judicial do município e realizar perícias próprias da área de atuação, para fins judiciais e extra judiciais; desenvolver outras atividades afins. 
 

Continuar lendo

Atualizado: 10/12/2018 - 15:27

Condephaat SP: quatro bancas cotadas para novo concurso

Seleção contará com 15 vagas, para os cargos de oficial administrativo, analista sociocultural e arquiteto, com iniciais até R$ 4 mil. Edital neste semestre.

Níveis médio e superior

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) já está em fase de escolha da banca organizadora do seu próximo concurso público. De acordo com informações obtidas junto a comissão do certame, quatro empresas estão sendo cotadas e com análise de propostas: Fundação Vunesp, Fundação Carlos Chagas, Fundação Getúlio Vargas e Fundação Cesgranrio. A expectativa é de que alguma definição possa ser confirmada em breve, em relação a efetiva contratação da escolhida.

De qualquer forma, explicam que, mesmo com o concurso já autorizado, agora devem aguardar a posse do novo governador eleito, João Doria, bem como a aprovação do orçamento estadual de 2019, para que possam dar continuidade aos procedimentos que antecedem a publicação do edital de abertura de inscrições, exceto a contratação da banca, que já ocorre, em paralelo.

O concurso contará com uma oferta inicial de 15 vagas, sendo três destinadas para quem possui ensino médio completo e 12 para nível superior, com remunerações iniciais de até R$ 4.041,68, com jornadas de trabalho de 40 horas semanais.

A Comissão do concurso é presidida pela assessora técnica III Sabrina Amaral Rodrigues Leite e conta, ainda, com os seguintes servidores: Amer Nagib Moussa Junior, Deborah Regina Leal Neves, Elisabete Mitiko Watanabe, Érika Hembik Borge Fioretti, Haike Roselane kleber da Silva  e José Antônio Chinelato Zagato.


As três vagas destinadas para quem possui ensino médio são para o cargo de oficial administrativo. Neste caso, a remuneração inicial é de R$ 1.329,29 em caso de 50% do Prêmio de Desempenho Individual (PDI) e R$ 1.535,94 para 100% do benefício.


Para nível superior a oferta será de seis vagas para o cargo de analista sociocultural e seis para arquiteto, ambos com necessidade de formação nas respectivas áreas.  No caso do analista sociocultural, o inicial é de R$ 2.402,05 para 50% do PDI e R$ 2.789,66 para 100%. Para arquiteto, R$ 4.041,68. Para ambas as carreiras, a jornada é de 40 horas semanais.

 


O órgão
O Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Arqueológico, Artístico e Turístico tem a função de proteger, valorizar e divulgar o patrimônio cultural no Estado de São Paulo. Nessa categoria se encaixam bens móveis, imóveis, edificações, monumentos, bairros, núcleos históricos, áreas naturais, bens imateriais, dentre outros.


Desde 1968 O CONDEPHAAT já tombou mais de 500 bens. Eles formam um conjunto de representações da história e da cultura no Estado de São Paulo entre os séculos XVI e XX

Continuar lendo

Atualizado: 10/12/2018 - 14:22

Itapira SP realiza concurso com quatro vagas no Saae

Inscrições serão recebidas até 16 de dezembro. Candidatos farão prova em 13 de janeiro

Salários até R$ 2,2 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

Município paulista com cerca de 75 mil habitantes, Itapira abriu concurso público para preencher quatro vagas no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), além de formar cadastro reserva (CR). 

Os cargos de pedreiro (1 posto e salário de R$ 1.720,74), braçal (CR - R$ 1.093,36), serviços gerais (CR - R$ 1.155,66) e operador de máquina pesada (CR - R$ 1.823,48) admitem profissionais com nível fundamental.

Já as carreiras de escriturário (1 - R$ 1.292,59), operador de ETA (1 - R$ 1.823,48), técnico em agrimensura (1 - R$ 2.294,59) e técnico de informática (CR - R$ 2.294,59) são voltadas a candidatos que possuem ensino médio/técnico. 

A Sigma RH, banca que organiza a seleção, recebe inscrições até 16 de dezembro, por meio do site www.sigmarh.com.br. É necessário pagar taxa de R$ 25 (nível fundamental0 ou R$ 35 (médio). 

Etapas do concurso do Saae de Itapira

Todos os participantes farão, em 13 de janeiro, prova objetiva com 40 questões de múltipla escolha sobre língua portuguesa, matemática e conhecimentos gerais/específicos. 

O processo seletivo será finalizado com a aplicação de avaliação prática para operador de máquina pesada, pedreiro, escriturário, braçal e técnico de informática, em data a ser definida.  

O concurso do Saae de Itapira terá validade de dois anos, a contar da homologação do resultado final. O prazo poderá ser prorrogado uma vez, a critério da autarquia, conforme prevê o edital.

Cronograma do concurso do Saae de Itapira

Concurso Saae Itapira: conteúdo programático de nível fundamental

Língua portuguesa - Sílaba; Encontros Vocálicos e Consonantais; Ortofonia; Ortografia; Pontuação; Acentuação Gráfica; Substantivo: flexão de gênero, número e grau; Adjetivo: flexão de gênero, número e grau; Verbo: conjugação; Artigo; Pronome: classificação; Numeral; Advérbio; Preposição; Conjunção; Interjeição; Crase; Colocação Pronominal; Sinônimos, Antônimos, Parônimos e Homônimos; Interpretação de Texto. Bibliografia: Livros Didáticos abrangendo os assuntos citados – Nível Ensino Fundamental.

Matemática - Operações com Números Reais; Operações Algébricas; Produtos Notáveis e Fatoração Algébrica; Equações de 1º e 2º graus; Equações Fracionárias; Sistemas de Equações; Razões e Proporções; Juros; Porcentagens; Regra de três: simples e composta; Princípios Fundamentais da Geometria Plana; Fórmulas para cálculo do perímetro, da área e do volume das principais figuras geométricas; Sistema Métrico e seus Derivados; Medidas de Tempo e Sistema Monetário. Bibliografia: Livros Didáticos abrangendo os assuntos citados – Nível Ensino Fundamental.

Conhecimentos gerais -  Cultura Geral (Nacional e Internacional); História e Geografia do Brasil e do mundo; Atualidades Nacionais e Internacionais; Meio Ambiente. Bibliografia: Imprensas escrita, televisiva e internet; Livros Didáticos sobre História, Geografia, Estudos Sociais e Meio Ambiente.

Continuar lendo

Atualizado: 10/12/2018 - 13:41

Prefeitura de Charqueada SP abre concurso com 21 vagas

Oportunidades do edital são destinadas a candidatos de todos os níveis escolares. Inscrições serão recebidas até o dia 2 de janeiro

Ganhos de até R$ 5,1 mil

JC Concursos - Fernando Cezar Alves - Informe o Erro

A Prefeitura Municipal de Charqueada, localizada no Estado de São Paulo, abriu as inscrições do concurso público que selecionará 21 vagas do seu quadro de pessoal. O contrato de trabalho será regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). 

Candidatos que têm o ensino fundamental podem disputar as funções de guarda civil masculino (2 vagas), braçal (4), motorista (3), pedreiro (1) e serviços gerais (1). Os salário iniciais oscilam entre R$ 1.114 e R$ 1.864. 

Para quem tem o ensino médio, as chances do edital são para os cargos de escriturário (1), técnico de segurança do trabalho (1) e técnico em enfermagem (1), cujos respectivos ganhos são de R$ 1.554, R$ 2.413 e R$ 1.609. Os dois últimos postos ainda exigem curso técnico. 

Aqueles que têm o nível superior estão aptos às carreiras de enfermeiro (1), fisioterapeuta (1), médico nas especialidades de clínico geral (1), ginecologista (1) e pediatra (1), professor de geografia (1) e professor de história (1). As remunerações variam de R$ 1.898 a R$ 5.161.

Além dos vencimentos, a Prefeitura de Charqueada ainda oferece para os seus servidores o benefício de vale-alimentação no valor mensal de R$ 330. 

Concurso Prefeitura de Charqueada SP: inscrições e provas

Para participar é necessário se inscrever no site da Consesp (www.consesp.com.br), banca organizadora do certame, e efetuar o pagamento da taxa, nos valores de R$ 20 (ensino fundamental), R$ 30 (nível médio) e R$ 40 (formação superior). O prazo se encerrará no dia 2 de janeiro de 2019. 

A seleção contará com as seguintes etapas: prova objetiva para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; prova prática para motorista, eliminatória e classificatória; e análise de títulos para professores, classificatória. 

A prova objetiva será composta por questões de múltipla escolha que versarão sobre as disciplinas de língua portuguesa, matemática, conhecimentos de informática, conhecimentos educacionais e/ou conhecimentos específicos. 

O exame será aplicado na cidade de Charqueada/SP no dia 3 de fevereiro de 2019, em locais e horários a serem comunicados no edital de convocação, a ser publicado no site da Consesp com antecedência mínima de três dias. 
 

Continuar lendo

Shopping