49% dos brasileiros buscam informações das empresas

Em recente pesquisa, dados mostram que antes de encararem os temidos processos seletivos, muitos brasileiros buscam na internet informações sobre as companhias

Douglas Terenciano
Publicado em 10/03/2015, às 14h44

A pesquisa realizada entre a consultoria Universium em parceria com a CNN Money mostra que ao buscar mais informações sobre um empregador, 49% dos brasileiros procuram mais detalhes nas redes e comunidades sociais. Esse índice faz parte de um estudo que entrevistou estudantes das áreas de negócios e engenharia em 12 países, incluindo o Brasil.

De acordo ainda com a pesquisa, o segundo lugar na preferência é para os sites de carreiras das companhias, com 40%. Para Andressa Schneider, responsável pelo conteúdo da 99jobs.com, comunidade de carreira voltada principalmente para jovens entre 18 e 24 anos, a busca por informações sobre as organizações é essencial. “Muito mais do que guiar-se por uma descrição de cargo, é necessário entender que organização é aquela, e quem trabalha lá”, defende.

Quanto mais informações os trabalhadores tiverem sobre a empresa, melhor. A ideia é tentar reunir um leque de informações como vídeos, avaliações, missão, valores, se o lugar é formal ou informal e até depoimentos de quem trabalha na área. “Queremos que com isso, as pessoas explorem aquele ambiente, vejam se combina com elas e se vai ser agradável passar os dias naquele tipo de lugar. Afinal, saber com quem você vai fazer é tão importante quanto saber o que você vai fazer”, completa Andressa.

Com isso, os processos seletivos tendem a serem mais produtivos, já que o candidato tem ao menos uma noção do que poderá encontrar na empresa, caso seja contratado.

Comentários

Mais Lidas