MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Apenas 8% das empresas globais possuem mulheres como CEOs, aponta pesquisa

Porém, o número de contratação de mulheres vem crescendo dentro do mercado e aos poucos vão ocupando cargos de liderança nas empresas

Mulher sorrindo
Mulher sorrindo - Freepik
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 02/02/2023, às 08h04 - Atualizado às 08h12

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Mesmo que o crescimento na contratação de mulheres nas empresas globais devido às políticas de igualdade de gênero, apenas 8% das mulheres ocupam a posição de CEO. É o que diz a pesquisa da Bloomberg chamada de Índice de Igualdade de Gênero (GEI) 2023, divulgada no dia 31 de janeiro deste ano.

Para chegar ao resultado, foi reunido a informação de 485 empresas com capital aberto (que possuem ações nas bolsas de valores).

Mesmo com uma melhora evidente, os números mostram que ainda falta muito para chegar ao ideal. De todas as empresas que responderam, poucas mulheres estão em cargos de liderança, como o de Chief Executive Office (CEO). A pesquisa também mostrou que 24% das mulheres ocupam cargos executivos; 30% são gerentes seniores; 38% são gerentes; e 50% ocupam cargos que pedem uma menor experiência.

Mais contratação

Porém, ainda precisamos nos manter otimistas. Já que está ocorrendo mais contratações de mulheres do que demissões. Conforme o levantamento, 47% foram contratadas, enquanto 40% foram demitidas. 

As empresas também estão criando medidas, como 71% afirmaram que estão realizando auditorias para a igualdade no pagamento; 60% divulgaram de forma pública estatísticas sobre as diferenças de gênero; 62% oferecem auxílio-creche ou outros benefícios e apoios; 86% das funcionárias continuaram nas empresas após retornarem das licenças maternidades.

+++ Primeira mulher assume a presidência do Banco do Brasil em 214 anos; conheça Tarciana Medeiros

Ainda de acordo com a Bloomberg, desde a última edição da pesquisa, houve um crescimento de 11% na contratação de mulheres. Outro ponto em destaque é que as empresas com CEOs mulheres possuem uma maior representação feminina em todos os casos. 

Melhores empresas para mulheres trabalharem 

Anualmente é liberada uma lista do Instituto Great Place to Work, que separa anualmente as melhores empresas para se trabalhar e segundo o levantamento, essas são as melhores empresas de grande porte para mulheres no Brasil:

  • Mercado Livre;
  • Dell Technologies;
  • Johnson & Johnson;
  • Banco Santander;
  • Banco Bradesco;
  • Baxter Hospitalar;
  • Magazine Luiza;
  • Accenture Brasil;
  • Cognizant Brasil;
  • Itaú Unibanco.
Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.