MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Empregos ameaçados: Brasil pode sofrer mais que outros países com o avanço da Inteligência Artificial

O Brasil ocupa a terceira posição no ranking entre países latinos que estão ameaçados pela inteligência artificial

Pesquisa revela que empregos estão ameaçados pela inteligência artificial
Pesquisa revela que empregos estão ameaçados pela inteligência artificial - Freepik
Victoria Batalha

Victoria Batalha

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/04/2023, às 09h01 - Atualizado às 09h08

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A inteligência artificial é um avanço dentro do mercado da tecnologia e também dentro do mercado de trabalho, porém, muitos profissionais temem que essa tecnologia ameace os seus empregos e eles podem estar certos, principalmente os trabalhadores brasileiros.

Conforme uma pesquisa realizada pela Goldman Sachs Global Investiment Research, 23% dos empregos brasileiros estão ameaçados pela inteligência artificial. Segundo o levantamento, de forma global, o setor mais afetado seria o administrativo e o legal. 

Ainda segundo o estudo, 29% dos empregos de Hong Kong estão expostos; 25% dos trabalhados dos Estados Unidos; 24% dos profissionais chilenos e argentinos estão ameaçados; 21% dos mexicanos; 20% dos empregos do Peru também estão na linha; 19% dos colombianos; 18% dos trabalhados do Equador; e 12% dos indianos. 

Globalmente, esse número é de 17% profissionais estão sob ameaça de sofrerem mais com o avanço da inteligência artificial

Profissionais estão com medo de perder os emprego pro ChatGPT

A inteligência artificial ChatGPT é um sucesso em todo o mundo e profissionais estão com medo de perderem seus empregos para o programa. Como os profissionais de TI e marketing. 

É o que revela uma pesquisa realizada pela Sortlist. 21% dos usuários do ChatGPT estão com medo que a inteligência artificial acabe “roubando” os seus empregos. É um medo que atinge os profissionais de finanças e educação, mas os que estão se sentindo mais ameaçados são da área de TI, como os desenvolvedores e programadores. 

Os profissionais de marketing também estão com medo que o ChatGPT não escreva apenas textos, mas entre em contato com novos clientes e também tire dúvidas. 

Ainda conforme a pesquisa, os millennials (1981-1995) também estão com medo de perderem seus empregos para a ferramenta, principalmente os que trabalham com finanças e tecnologia. Eles estão 2,4 vezes mais preocupados que os outros profissionais. 

Além disso, 26% dos empregadores na área de informática responderam que vão reduzir o quadro de funcionários devido à inteligência artificial. Já para o setor do marketing, os empregadores não falaram em demissão, mas falaram que devido ao chatbot teve um aumento de 74% na produtividade.

Siga o JC Concursos no Google News

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.