Tradutor e Intérprete: o que faz, salários e oportunidades!

Com ganhos que podem ultrapassar os R$ 15 mil mensais, veja se a profissão de Tradutor ou Intérprete se encaixa no seu perfil. Conheça a rotina e oportunidades do mercado de trabalho

Ricardo de Oliveira
Publicado em 10/07/2019, às 09h30 - Atualizado às 09h50

Tradutor e Intérprete: mão que simboliza os idiomas traduzidos
Divulgação

A função básica do Tradutor e do Intérprete é passar para outro idioma as palavras de alguém. Tradutores são profissionais responsáveis por reescrever um texto em idioma diferente do utilizado pelo autor. Seu trabalho é meticuloso e reflexivo, afinal, em determinadas áreas, como a de informática, têm a tarefa de adaptar a linguagem internacional de determinados programas de computadores ao português, por exemplo. Lidam com um texto enxuto, específico e técnico. Basicamente, o Tradutor vive confinado entre quatro paredes, em meio a dicionários, obras de referência, enciclopédias e gramáticas.

Intérpretes fazem a tradução verbalmente, ou seja, alguém fala em uma determinada língua e eles traduzem em outra para uma pessoa ou a um grupo, seja simultaneamente (ao mesmo tempo em que o orador está falando) ou apenas mediando uma fala ou conversa. Lidam com um discurso em construção. Trata-se de um trabalho dinâmico e espontâneo.

De acordo com a Profª Dione Notrispe, professora e coordenadora dos cursos de Letras e de Tradutor e Intérprete, o graduado nessa área estará apto a trabalhar como tradutor de obras literárias em editoras, por exemplo; como tradutor de documentos, bulas de remédio, manuais de instrução; para a Internet, produzindo, traduzindo ou vertendo textos; e como profissional em todos os setores que precisem de tradutores e de intérpretes. "Poderá trabalhar, também, com tradução e legendagem de filmes; atuar como intérprete de palestras e/ou conferências, em empresas, hotéis (acompanhando turistas estrangeiros) e em todos os setores ligados ao turismo em que seja necessária a atuação de um Tradutor ou de um Intérprete. Cursando as disciplinas da Licenciatura, poderá atuar como professor das matérias técnicas", explica Dione.

Tradutor e Intérprete lidam com sinais

Carreira de trabalho

Com a globalização avançada, houve um aumento da circulação de informações pelo mundo. São manuais e textos técnicos para serem traduzidos, congressos, convenções, seminários e outros eventos internacionais, envolvendo pessoas de várias partes do mundo, que exigem o trabalho de intérpretes. Enfim, emprego é o que não falta para profissionais qualificados nessa carreira. "O mercado de trabalho para o Tradutor e para o Intérprete é amplo. Atualmente, a globalização faz as TVs a cabo e a Internet precisarem cada vez mais desse tipo de profissional. Geralmente, iniciam a carreira atuando em escritórios de tradução ou de legendagem de filmes, mas logo passam a desenvolver o trabalho de free-lancer, a medida que se tornam conhecidos, também muito lucrativos", analisa a Profª Dione.

Muitos aplicativos para celulares, tablets e computadores, através das lojas oficiais da Apple, Microsoft ou Google Store, já atuam com o poder da tradução simultânea de voz, texto ou imagem, atendendo a necessidade de turistas e executivos que atuam globalmente. Porém, os profissionais que atuam na área tornam-se insubstituíveis para apresentações em congressos, seminários, ou empresas que necessitam de uma tradução constante de seus produtos e serviços oferecidos, para comunicar-se com clientes potenciais.

Qual a formação exigida?

A profissão de Tradutor ou Intérprete foi regulamentada a partir de 2009, conforme Lei 12.319/10. As profissões não exigem uma formação superior específica, mas quem pretende atuar na área deve ter em mente que só saber línguas não basta: é preciso fazer cursos específicos para aprender a teoria e a técnica da tradução e da interpretação. Existem cursos de graduação, extensão e pós-graduação (atualização e especialização) na área, em universidades de todo o Brasil.

"A grande maioria das faculdades e universidades oferecem o curso de Letras com habilitação em Tradutor e Intérprete. No caso da Universidade São Judas, a modalidade é desvinculada do curso de Letras, que também é oferecido. Nosso curso de Tradutor e Intérprete (bacharelado) - português/inglês - tem duração de quatro anos e inclui o estudo das línguas portuguesa e inglesa, bem como das respectivas culturas e literaturas. Os alunos também contam com aulas de laboratório e de interpretação simultânea e consecutiva. O estágio é obrigatório e inclui trabalhos de interpretação de textos orais, de elaboração de traduções e de glossários", afirma Dione.

Qual o salário oferecido?

Profissionais de tradução e intérpretes em começo de carreira conseguem ganhar até R$ 2.500 por mês. O mercado de trabalho pode chegar a pagar, para o Intérprete e tradutor, até R$ 15 mil por mês. Saber (bem) uma segunda língua pode render um bom dinheiro.

De acordo com a coordenadora, a remuneração proposta pelo SINTRA - Sindicato dos Tradutores (www.sintra.org.br) é:

Tabela de preços para Tradutores e Interpretes

Em alguns casos podem haver taxas administrativas, agregar impostos para quem atua como PJ (pessoa jurídica), taxas de urgências, com acréscimo de valores dependendo do nível de complexidade do documento.

Demais valores de jobs / trabalhos desses profissionais podem ser conferidos na página oficial do Sindicato Nacional dos Tradutores e Intérpretes, através do link https://www.sintra.org.br/valores-de-referencia-2018/

Comentários

Mais Lidas