Tudo Sobre

Concurso Profissões e Cursos

Produção e Gestão Executiva de Rádio

Formação é destinada a executivos e profissionais de rádio, jornalistas, publicitários, relações públicas etc.



Redação
Publicado em 08/08/2008, às 09h46

Preparar profissionais para gerenciar pessoas, recursos e conteúdos de mídia em emissoras de rádio. Esse é o objetivo da especialização em Produção e Gestão Executiva de Rádio, oferecida de forma inédita no país pela Faap (Fundação Armando Alvares Penteado).

A formação é destinada a executivos e profissionais de rádio, jornalistas, publicitários, relações públicas, cineastas, além de pesquisadores e acadêmicos.

“Atualmente, os profissionais que atuam nos veículos não têm uma metodologia ou estrutura para coordená-los, ficando restritos às visões e percepções pessoais. A maioria aprendeu no dia-a-dia”, explica o Profº Álvaro Bufarah Jr. (foto), coordenador do curso.

“Diferentemente do profissional [com graduação superior] de Rádio e TV, cuja formação é mais focada na técnica e produção de conteúdo para o veículo, o pós-graduado em Gestão e Produção Executiva terá uma formação de gestor de emissoras e produtoras, sendo capaz de administrar veículos de mídia sonora, incluindo tendências de novas tecnologias aplicadas ao dia-a-dia”, esclarece o educador.

Atuação

Para Bufarah, faltava uma formação específica para os gestores do negócio chamado “rádio”, com mais de 4,5 mil emissoras espalhadas pelo país.

“Hoje, parte dos profissionais que administram emissoras vieram de outras áreas, como Marketing, Publicidade e Administração ou foram ‘formados’ no próprio mercado”, diz.

Segundo o coordenador, o formado no curso de Gestão poderá atuar em todas as empresas de comunicação que tenham contato direto ou indireto com a área sonora. “Desde emissoras de rádio, produtoras, agências de publicidade, Ongs. Enfim, todos [os setores] que trabalham com o mercado de mídia sonora”, afirma Bufarah.

Curso

A pós em Produção e Gestão Executiva de Rádio, especialização oferecida pela Faap, é dividida em três módulos de 120 horas, totalizando 360 horas.

“Temos disciplinas que vão de Administração e Gestão de RH a até Criação em Rádio, onde os alunos terão uma visão aplicada das tecnologias a área de criação, edição e acervo das emissoras. Além disso, temos Legislação e Responsabilidade Social, Análise de Mercado e Publicidade, Business (específico para rádio), Marketing e Comunicação, Novas Tecnologias e Comunicação Coorporativa”, conta Bufarah, que completa: “no nosso curso, teremos uma mescla de questões acadêmicas com prática de mercado, de maneira a capacitar os novos gestores para pensarem e fazerem rádio”.

Mercado de trabalho

Um mercado sedento por profissionais. É assim que o educador da Faap avalia o atual momento para quem pretende ingressar no segmento. “As emissoras do país inteiro gostariam de ter profissionais mais qualificados para administrarem suas estruturas”, afirma o professor.

“A profissionalização do setor deverá levar a um novo desenvolvimento de produtos e serviços no mercado de rádio. O foco em gestão e produção executiva do nosso curso irá contribuir para profissionalizarmos as emissoras, de forma a melhorarmos o próprio mercado de rádio no país”, acrescenta.

Contudo, não será fácil a tarefa de melhorar a gestão desse negócio chamado rádio, admite o educador. “Empresas familiares têm ‘medo’ de se modernizar. O entrave maior está no momento em que se muda uma estrutura velha e carcomida por práticas não usuais de administração e gestão. Mas só há este caminho”, enfatiza Bufarah.

Rogerio Jovaneli/SP

+ Resumo do Concurso Profissões e Cursos

Profissões e Cursos
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Não definido
Escolaridade: Não definido
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão

+ Agenda do Concurso

08/08/2009 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas