MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | saúde | Sociedade | youtube jc

Sente cólica menstrual muito forte? Saiba quando procurar ajuda médica

Cólica menstrual muito forte não é algo normal, ela pode indicar problemas mais sérios e requer atenção e cuidados especiais. Veja quando ela indica algo grave

Glícia Lopes* | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 04/07/2022, às 18h50

Mulher sentindo muita dor na região do baixo ventre | Foto: Freepik
Mulher sentindo muita dor na região do baixo ventre | Foto: Freepik
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

O ciclo menstrual é como uma dança de hormônios no organismo, durante todo o mês há concentrações de diferentes substâncias, em diferentes intensidades. Um dos processos essenciais durante o ciclo menstrual é a eliminação do endométrio, que foi formado para nutrir o possível feto, mas que não foi fecundado. A liberação é feita por meio de contrações no útero que, às vezes, geram cólica menstrual muito forte.

A dismenorreia, como também é chamada a cólica menstrual, é provocada pela liberação de substâncias semelhantes a hormônios, as prostaglandinas. Quando em maior quantidade no corpo, mais fortes são as contrações provocadas no útero e, consequentemente, mais intensas são as dores.

Os principais efeitos das contrações no útero são as cólicas, que oscilam de intensidade e podem causar dores nas costas e pernas. Quando a concentração de prostaglandina é muito intensa, a cólica pode vir acompanhada de enjôo, vômito, dor nos seios, inchaço e dores de cabeça. Mas, afinal, é normal sentir muita dor antes ou durante a menstruação?

+++ Estresse: confira 5 opções naturais para aliviar os sintomas no dia a dia

Quando a cólica menstrual muito forte é um problema?

Existem dois tipos de cólica menstrual: a primária e a secundária. A cólica menstrual é classificada primária quando ocorre o aumento da produção de prostaglandina pelo endométrio. Já a secundária está relacionada à presença de alterações no sistema reprodutor que podem indicar doenças e outros fatores patológicos. Entre eles estão:

  • Endometriose
  • Miomas
  • Tumores pélvicos
  • Fibromas
  • Estenose cervical; entre outros

Para identificar possíveis problemas, é necessário observar a intensidade da dor, do fluxo menstrual e se estão acompanhados de algum outro sintoma anormal, como sangramento persistente. A partir do contato com o profissional de saúde, será possível avaliar seu histórico a fim de identificar anormalidades.

A menstruação não precisa ser um momento de sofrimento e muito menos incapacitante. Por isso, é importante estar atenta aos sinais que o corpo dá, pois a cólica menstrual muito forte pode indicar um problema mais grave do que o que leva a crer o senso comum: de que é normal sentir dor durante a menstruação.

Como amenizar os efeitos da cólica menstrual muito forte

Como todo o ciclo menstrual é carregado de alterações de substâncias no organismo, elas podem ser equilibradas naturalmente, com a contribuição da mudança no estilo de vida. A adoção de uma alimentação adequada, rica em fibras, associada a exercícios físicos, podem amenizar os sintomas desse mal recorrente. Durante a fase pré menstrual e durante o sangramento, é importante evitar alimentos como:

  • bebidas contendo cafeína
  • refrigerante e outras bebidas gaseificadas
  • alimentos industrializados ricos em sal como: salgadinhos, biscoitos salgados e alimentos em lata
  • álcool

Entre os exercícios físicos aliados das pessoas que sentem cólicas estão a yoga, que tem atividades específicas para aliviar sintomas dessa fase e outros exercícios aeróbicos leves, como: caminhar, correr, pedalar e nadar. A aplicação de calor local é também uma alternativa eficaz. Ambos exercícios podem ser feitos em pequenos intervalos de tempo durante a rotina.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Saúde no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaques
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.