Tudo Sobre

Empregos OAB

Exame Unificado garante seleção de advogados aptos

Com uma nova diretoria, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, agora sob gestão...



Redação
Publicado em 19/01/2010, às 14h41

Com uma nova diretoria, a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, agora sob gestão do advogado Sigifroi Moreno Filho, inicia 2010 com a aplicação de um novo Exame de Ordem. A primeira fase do Exame 2009.3 aconteceu no último domingo (17/01). A prova foi a mesma aplicada em todo o Brasil; e sua elaboração foi norteada pelo movimento 136/2009, que sofreu importantes alterações nos critérios de correção e inclusão de novas disciplinas.

Este ano, as provas do Exame da Ordem passaram a ter questões sobre direitos humanos, direitos fundamentais e ética profissional, conforme regulamentação aprovada em 2009 pelo Conselho Federal da OAB. Além disso, o provimento 136/2009 traz um novo procedimento a ser adotado no processo de Exame da Ordem.

O provimento que traz o sistema unificado de exame e adota novas diretrizes para a seleção dos futuros advogados parece darem mais lisura e eficácia ao processo de ingresso aos quadros da OAB. Para este novo exame, todas as seccionais aderiram ao sistema unificado de aplicação de provas.

Com isso, cada unidade da federação tem seu presidente de comissão de exame como representante na Coordenação Nacional de Exame da Ordem, tendo como funções o acompanhamento, elaboração de regras do edital, homologação de nulidade de questões, podendo deliberar sobre as demais matérias relacionadas à aplicação e à avaliação do Exame Unificado.

Além, da garantia de um representante da seccional na banca examinadora junto à entidade designada para a execução do exame. As informações estão contidas no pavimento 136/2009, capítulo III, com o título: Do Exame de Ordem Unificado, no seu artigo 15, parágrafos 1º e 2º.

O provimento trouxe mudanças pertinentes ao processo seletivo, principalmente, após a polêmica suscitada por recém-formados em direito, em todo o Estado, sob alegação de que as provas aplicadas no Exame da Ordem no mês de outubro de 2009 continham questões de interpretações dúbias. A adesão de todas as seccionais da OAB no Brasil ao sistema unificado garante a eficácia da seleção de advogados verdadeiramente aptos a exercer a advocacia.

A mobilização do Piauí, através do advogado Norberto Campelo – que há pouco passou a cadeira de presidente da Ordem no Piauí para Sigifroi Moreno, ex-secretário geral da OAB e atualmente presidente, - junto ao Conselho Federal na luta pelos interesses dos bacharéis, que patrocinou ativamente a causa do exame unificado e, posteriormente, uma nova correção das provas, foi exitosa.

A alteração do pavimento possibilitou a Ordem dos Advogados do Brasil a reavaliar todas as provas, até mesmo daqueles que não interpuseram recurso. E a comemoração da implantação do sistema unificado não é apenas do presidente nacional da OAB, Cezar Britto, mas de toda a classe jurídica no Brasil.

Exame no Piauí

No Piauí, foram 1.497 inscritos para o exame 2009.3, sendo deferidas 1.387 inscrições. Dos municípios que aplicaram a prova, Teresina obteve seu recorde de inscritos, com um total de 1.171 pessoas. Nas cidades de Floriano, Picos e Parnaíba (que estão entre as mais populosas do Piauí) apenas 216 pessoas prestaram o exame.

Advogada Audrey Magalhães - Teresina/PI

Veja também:

Defensoria Pública/SP: órgão abre 68 vagas de estágio

Artigo: dicas para a 2ª fase – Direito Administrativo

+ Resumo Empregos OAB

OAB - Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil
Vagas: Não definido
Taxa de inscrição: Não definido
Cargos: Não definido
Áreas de Atuação: Judiciária / Jurídica, Educação
Escolaridade: Ensino Médio, Ensino Superior
Faixa de salário:
Organizadora: O próprio órgão
Estados com Vagas: PI

+ Agenda

19/01/2011 Divulgação do Resultado Adicionar no Google Agenda

Comentários

Mais Lidas