MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

A conta chegou! Governo federal quer cobrar mais impostos dos bilionários

Em entrevista nesta semana, o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, ressalta a importância do sistema tributário para correção da cobrança de impostos por parte do governo federal

A conta chegou! Governo federal quer cobrar mais impostos dos bilionários
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 08/04/2023, às 13h25

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou em entrevista na última quinta-feira (6) para rádio BandNews FM que considera o sistema tributário brasileiro "muito injusto" e que o governo federal pretende corrigir as distorções taxando grandes empresas para reduzir privilégios de superricos que estão "mamando no Orçamento público".

Segundo Haddad, não é justo fazer um ajuste fiscal sobre aqueles que precisam de um empurrão para subir na vida e se desenvolver. Ele destacou que é necessário manter a transparência na distribuição dos recursos públicos e que é preciso escancarar para o país tomar uma decisão sobre o que ele quer ser.

+Sorteio da Mega-Sena oferece chance de ganhar R$ 47 milhões neste sábado

"Eu, como cidadão, considero muito injusto nosso sistema tributário. Não acho justo fazer recair ajuste [fiscal] sobre quem está precisando de um empurrão para subir na vida, para crescer e para se desenvolver. E manter essas tetas abertas pelo Orçamento, sem transparência", disse o ministro.

Haddad reforçou que a ideia é taxar grandes empresas para reduzir privilégios de superricos que estão "mamando no Orçamento público". Ele argumentou que é necessário listar para onde está indo o dinheiro público, para que os cidadãos saibam o que está acontecendo e possam tomar uma decisão sobre o que querem para o país.

"Vamos escancarar isso para o país tomar uma decisão sobre o que ele quer ser. Quando o cidadão souber o que está acontecendo, ele vai se indignar. ‘O meu salário não sobe para esse bilionário continuar mamando no Orçamento público?’", acrescentou.

O ministro ressaltou que a reforma tributária é um tema complexo e que não é fácil solucionar todos os problemas em curto prazo. No entanto, ele garantiu que o governo está trabalhando para fazer as mudanças necessárias para tornar o sistema tributário mais justo e eficiente.

+Carrefour Brasil pode contratar beneficiários do Bolsa Família a partir de abril; entenda

"A reforma tributária é um tema complexo. Não vamos resolver tudo de uma vez só. Mas estamos trabalhando para fazer as mudanças necessárias. Precisamos de um sistema tributário mais justo e eficiente", concluiu Haddad.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil  no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.