MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Agência de verificação testa Chat GPT e encontra respostas erradas sobre Governo e Política

O CHAT GPT foi lançado em novembro de 2022 e apresenta informações com a inteligência artificial até o mês de setembro de 2021

Agência de verificação testa Chat GPT e encontra respostas erradas sobre Governo e Política
Divulgação
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/03/2023, às 17h41

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Desde o lançamento do Chat GPT, a internet debateu se o lançamento da inteligência artificial poderia ser encarada como uma etapa de mais uma revolução digital. Com a ferramenta, você consegue realizar uma infinidade de atividades, que variam desde a redação de artigos até a criação de códigos de programação. 

Contudo, muitas pessoas ainda estão com o pé atrás com a ferramenta com a apresentação de dados inverossímeis ou até mesmo mentirosos. Dessa forma, ela pode ser uma fonte potencial de informações falsas. 

+Cannabis para evitar a perda de visão? Pesquisadores avançam

Por conta disso, a agência de verificação de informações, a Lupa, fez um teste para avaliar a veracidade das informações sobre governo e política. Em algumas respostas, a ferramenta apresentou algumas informações imprecisas.

A fim de avaliar sua habilidade de identificar notícias falsas, a ferramenta foi testada com um conjunto de 51 perguntas. Todas as questões foram baseadas em verificações de postagens que circularam na internet e foram desmentidas entre janeiro de 2020 e setembro de 2021, sendo a maioria delas relacionadas à pandemia da Covid-19 ou a questões políticas. 

Esse período foi escolhido devido à limitação da base de dados do ChatGPT, que se estende apenas até setembro de 2021. Embora a ferramenta não tenha informações sobre eventos ocorridos após esse período, espera-se que ela possa responder com precisão sobre quaisquer assuntos anteriores.

+Desenrola: quem recebe até dois salários mínimos terá desconto maior na renegociação de dívidas

Para explorar uma variedade de abordagens de questionamento, foram utilizados diferentes formatos de questões durante o teste. O chatbot foi solicitado a responder questões sobre "quando", "por que" ou se "é verdade" que algo ocorreu, dependendo do tema abordado. 

O resultado revelou que 30 das 51 respostas (59%) foram consideradas corretas. No entanto, a ferramenta não conseguiu fornecer respostas para 11 das perguntas (21%), apresentou informações imprecisas em seis delas (12%) e cometeu erros em quatro (8%).

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.