MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Aneel anuncia bandeira que será aplicada na conta de luz no mês de fevereiro

Chegada de períodos chuvosos ajudam na decisão da Aneel de alterar a bandeira nas contas de luz. A bandeira verde é a única sem cobrança adicional nas contas de luz

Períodos chuvosos ajudam na decisão da Aneel de alterar a bandeira nas contas de luz
Períodos chuvosos ajudam na decisão da Aneel de alterar a bandeira nas contas de luz - Agência Brasil
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 30/01/2023, às 16h15

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou que a bandeira tarifária verde permanecerá em vigor durante todo o mês de fevereiro. A decisão foi tomada em reunião nesta segunda-feira (30). A decisão da Aneel significa que o consumidor não terá que arcar com custos adicionais na conta de luz.

No ano passado, as projeções da agência indicavam que a geração de energia seria ótima para o país. E o diretor-geral da Aneel, Sandoval Feitosa, concorda com as conclusões. Com projeções como essa se concretizando novamente, ele se mostra otimista com as bandeiras tarifárias para os próximos meses.

+++ PIX: sistema do BC pode baratear custo do crédito no país; Entenda

Períodos chuvosos ajudam na decisão da Aneel de alterar a bandeira nas contas de luz

Feitosa afirma que as bandeiras ajudam os consumidores a ver o verdadeiro custo da energia e os ajudam a planejar o uso com mais cuidado. A bandeira verde é a única sem cobrança adicional nas contas de luz e está em uso desde 16 de abril de 2016.

Isso acontece quando os reservatórios e, por isso, a produção de energia fica mais barata. Ao mesmo tempo, a bandeira vermelha 1 e a bandeira vermelha 2 são aplicadas quando uma usina termelétrica precisa ser aberta, aumentando o custo de geração de energia.

“Com a chegada do período chuvoso, melhoram os níveis dos reservatórios e as condições de geração das usinas hidrelétricas, que possuem um custo mais baixo. Dessa forma, não é necessário acionar empreendimentos cuja energia é mais cara, como é o caso das usinas termelétricas”, diz a Aneel.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.