MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Aposentado pode ter acesso ao Bolsa Família? Entenda regras

Aposentado tem direito a receber o Bolsa Família? Confira quais são todos os critérios para conseguir embolsar essa ajuda financeira mensal, paga pelo governo federal

Mulher segura o novo cartão do Bola Família
Mulher segura o novo cartão do Bola Família - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 28/06/2023, às 20h48

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Aposentados podem receber Bolsa Família, desde que atenda ao requisito de renda do programa, que foi alterado recentemente e agora permite que mais brasileiros embolsem a ajuda financeira, liberada para famílias de baixa renda. Atualmente, a parcela mínima mensal do benefício é de R$ 600.

Assim, receber aposentadoria não é impeditivo para ganhar o benefício social. Porém, além da questão da renda familiar, o aposentadora interessado em integrar o programa do governo federal precisa também atender às demais condições, que também foram modificadas neste ano.

Hoje em dia, pode receber a grana quem:

  • Ter renda familiar de até meio salário mínimo (R$ 651);
  • Ter renda per capita (por pessoa) de até R$ 218;
  • Gestantes na família devem realizar pré-natal;
  • Crianças menores de 7 anos devem passar por acompanhamento de seu estado nutricional;
  • Crianças e adolescentes devem frequentar a escola com frequência mínima de 60%;
  • A família inteira deve estar vacinada, seguindo o Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde; e
  • Estar com os dados cadastrais no CadÚnico atualizados.

+Governo vai PRORROGAR desconto para carros novos e incluir empresas no programa

Como receber o Bolsa Família?

Quem é aposentado e ainda não é beneficiário do maior programa de transferência de renda do Brasil, mas quer o auxílio financeiro mensal deve comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo da residência para realizar a inscrição no Cadastro Único.

O Cadastro Único foi instituído em 2001 com o propósito de identificar e conhecer as famílias de baixa renda, proporcionando ao governo uma base para desenvolver políticas públicas. Atualmente, mais de 20 milhões de famílias estão aptas a receber o benefício social.

É possível realizar o pré-cadastro por meio do aplicativo do CadÚnico para smartphones, que já obteve mais de 4 milhões de downloads. Após o pré-cadastro, é imprescindível que o interessado compareça ao CRAS ou a um dos postos de atendimento do CadÚnico em até 120 dias para complementar as informações.

Além disso, o aplicativo possibilita a atualização cadastral, um requisito obrigatório a cada dois anos para continuar recebendo os benefícios sociais. Os cidadãos que atendem aos critérios estabelecidos são selecionados automaticamente pelo governo. Para verificar se foi selecionado para receber o Auxílio Brasil, basta consultar o aplicativo Caixa Tem ou entrar em contato com o Atendimento CAIXA por meio do telefone 111.

+Quando sai o 3º lote de Restituição do Imposto de Renda 2023; Veja prazos

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.