MenuJC Concursos
Busca
Notícias | | Aulas Grátis | Provas anteriores | Simulados | Empregos | Brasil

Arrecadação de tributos no Brasil bate novo recorde histórico em fevereiro; saiba mais

A soma da arrecadação de tributos no Brasil chegou a R$ 148,7 bilhões em comparação ao mesmo período do ano passado, representando crescimento de 5,27%

Jean Albuquerque | redacao@jcconcursos.com.br
Publicado em 29/03/2022, às 15h11

Arrecadação de tributos no Brasil bate novo recorde histórico em fevereiro
Arrecadação de tributos no Brasil bate novo recorde histórico em fevereiro - Divulgação
WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmail

A arrecadação de tributos no Brasil bateu novo recorde histórico em fevereiro de 2022. A soma chegou a R$ 148,7 bilhões em comparação ao mesmo período do ano passado, o que representa um crescimento de 5,27%, já considerando a alta da inflação. 

O resultado é considerado o maior para o mês, desde o início da série histórica que começou a ser atualizada pelo IPCA, em 1995. Mesmo obtendo resultado satisfatório para o período, os números representam uma desaceleração quando comparado ao mês de janeiro, quando a arrecadação chegou a crescer 18%. 

+++ Caged: geração de empregos no Brasil sobe, mas salários diminuem em fevereiro

Quais fatores impulsionaram a alta nas receitas em fevereiro? Confira 

O recorde de arrecadação para o mês de fevereiro foi impulsionado pela melhora da economia em comparação ao ano anterior, ao registrar mais vendas em serviços e maior valor em dólar das importações. 

A alta real da arrecadação é de 12,92% no primeiro bimestre do ano. Um resultado que chega a somar R$ 384 bilhões. Um desempenho que tem feito o governo optar por revisar as projeções para o ano de 2022. Ao projetar um déficit de R$ 76,1 bilhões para R$ 66,9 bilhões.  

Teto de gastos: bloqueio das contas públicas 

Para conter o estouro do teto de gastos, o governo federal já tinha anunciado no último dia 22 de março, o bloqueio de R$ 1,72 bilhão do Orçamento de 2022, conforme anúncio feito pelo Ministério da Economia. A pasta afirma que o bloqueio será necessário para recompor as despesas com o funcionalismo público.   

As informações sobre o bloqueio de verbas divulgadas estão no Relatório Bimestral de Avaliação de Receitas e Despesas, o documento que é publicado a cada dois meses e orienta como será executado o orçamento público. 

Quais impostos foram destaques de arrecadação? Saiba mais  

Alguns impostos contribuíram para a alta da arrecadação de tributos no Brasil, na previsão para este ano, é estimado o crescimento de R$ 87,5 bilhões para a arrecadação, que foi puxada pelas receitas com royalties de petróleo, registrando alta de R$ 38,6 bilhões, dividendos de empresas estatais, que registrou o crescimento de R$12,9 bilhões e concessões com aumento de R$ 11,2 bilhões. 

O maior crescimento registrado pela Receita foi observado no PIS/Cofins, que registrou alta real de 6.7%, chegando a somar R$ 32 bilhões. A alta foi impulsionada pelo crescimento no volume de serviços consumidos por famílias e empresas no mês de fevereiro.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google News e acompanhe nossos destaquesSociedadeBrasil
Voltar ao topo

+Mais Lidas

JC Concursos, o seu Jornal dos Concursos de sempre. Imparcial, independente, completo.