MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Arrecadação surpreende e bate marca histórica de R$ 962,5 bi no ano

Receita Federal divulgou nesta quinta-feira (22) dados sobre a o desempenho da arrecadação da União com impostos e outras receitas; Saiba mais

Notas de dinheiro
Notas de dinheiro - Canva
Jean Albuquerque

Jean Albuquerque

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 22/06/2023, às 15h47

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

A Receita Federal divulgou nesta quinta-feira (22) que a arrecadação da União com impostos e outras receitas atingiu um recorde nos meses de abril e maio, alcançando o valor acumulado de R$ 962,49 bilhões no ano. 

Esse resultado representa um aumento real de 1,02%, descontada a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). Os números apontam para um melhor desempenho arrecadatório para o período de janeiro a maio desde o início da série histórica em 1995.

No mês de abril, a arrecadação totalizou R$ 203,88 bilhões, registrando um aumento real de 0,31% em comparação ao mesmo mês do ano anterior. Segundo a Receita, esse é o melhor desempenho para o mês de abril e para o primeiro quadrimestre na série histórica.

Já em maio, a arrecadação atingiu o valor de R$ 176,81 bilhões, também o maior valor já registrado para esse mês desde 1995. Em relação a maio de 2022, houve um aumento real de 2,89%.

As informações completas sobre a arrecadação estão disponíveis no site da Receita Federal. Devido à greve dos auditores da Receita, a publicação dos dados de abril foi atrasada, mas as informações mensais são regularmente divulgadas.

+ Contran define regras para uso de bicicletas elétricas e outros veículos motorizados

Veja o que contribuiu para melhorar desempenho 

A Receita também divulgou os principais indicadores macroeconômicos que contribuem para explicar o desempenho da arrecadação, tanto em termos mensais quanto no acumulado do ano. Entre esses indicadores, destacam-se a venda de serviços, que registrou um crescimento de 2,7% em abril (influenciando a arrecadação de maio) e de 5,31% no ano. 

Além disso, a massa salarial continuou apresentando um crescimento de 8,75% no mês (15,46% no ano) em comparação com o mesmo período de 2022. A venda de bens também teve um aumento de 3,10% no mês e de 2,28% no acumulado do ano.

Por outro lado, o valor em dólar das importações teve uma queda de 10,29% em relação a abril do ano anterior e de 4,70% no ano na totalidade. A produção industrial também apresentou uma retração de 3,45% em abril e uma queda de 1,36% no acumulado do ano, em comparação com o período de dezembro a abril de 2022.

+ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.