MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Benefícios sociais serão concentrados em um único cartão a partir de março; veja quem tem direito

O cartão do beneficiário deve concentrar descontos de novos benefícios e outros direitos. O projeto é desenvolvido pelo governo em parceria com o Banco do Brasil e Caixa Econômica

O cartão do beneficiário deve concentrar descontos de novos benefícios e outros direitos
O cartão do beneficiário deve concentrar descontos de novos benefícios e outros direitos - Divulgação/JC Concursos
Pedro Miranda

Pedro Miranda

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 06/02/2023, às 20h11

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O governo Lula planeja concentrar os benefícios sociais em um único cartão a partir do mês de março, a medida se chama Cartão do beneficiário. Conforme o ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, o item deve incluir passagens de ônibus e metrô gratuitas, válidas em todo o país, assim como descontos em medicamentos e passagens aéreas.

Esse cartão será destinado exclusivamente aos inscritos no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), como aposentados, pensionistas ou titulares de Benefício de Prestação Continuada (BPC). O projeto é desenvolvido pelo governo em parceria com o Banco do Brasil (BB) e Caixa Econômica Federal.

“É um cartão que vai ter QR Code, vai estar disponível para os 37,5 milhões de beneficiários da previdência em todo o Brasil. [O beneficiário] Vai poder pegar metrô do Rio, São Paulo, Ceará. Ou andar de ônibus. Em vez de cada local tirar uma autorização, esse cartão vai ter uma validade nacional”, destacou Lupi.

+++ Vacinação de crianças volta a ser critério para ter acesso ao Bolsa Família. Saiba mais

O cartão do beneficiário deve concentrar descontos de novos benefícios e outros direitos

Lupi se reuniu nesta segunda-feira (6) com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, para discutir questões relacionadas ao cartão. Após a parceria com o BB e a Caixa, a ideia é expandir o projeto para instituições privadas.

“Nós queremos avançar até março (com BB e Caixa), depois nós vamos para os bancos privados. Isso gera um paradigma dos dois bancos públicos, que são muito fortes nessa área (social), para que os bancos privados também façam isso”, disse Lupi.

Conforme o ministro, o BB e a Caixa vão trabalhar um conjunto de descontos que, além de incidir em direitos já garantidos, vão trazer novas vantagens, como passagens gratuitas para transportes públicos ou acesso a cinemas e espetáculos. O ministro também citou descontos em farmácias conveniadas, passagens aéreas e hotéis conveniados.

+++ Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.