MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Bibliotecas mais bonitas do mundo: Brasil entra na lista

O Brasil tem uma das 10 bibliotecas mais bonitas do mundo, segundo seleção feita pela Civitatis, agência que promove excursões e visitas guiadas pelo mundo todo

Livros abertos
Livros abertos - Divulgação
Mylena Lira

Mylena Lira

redacao@jcconcursos.com.br

Publicado em 03/02/2023, às 18h25

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O Brasil tem uma das 10 bibliotecas mais bonitas do mundo, segundo seleção feita pela Civitatis, agência que promove excursões e visitas guiadas pelo mundo todo. O local brasileiro que figura no ranking é o Real Gabinete Português de Leitura, localizado na cidade do Rio de Janeiro.

Ele reúne o maior acervo de obras lusitanas fora de Portugal e está na lista junto com outros edifícios históricos, entre eles a antiga biblioteca da Trinity College, em Dublin; a famosa biblioteca pública de Nova Iorque, nos Estados Unidos; e a biblioteca Palafoxiana, na Cidade do México, que é considerada a mais antiga das Américas.

Segundo a Civitatis, o Real Gabinete, situado no Centro do Rio, abriga um dos maiores exemplos arquitetônicos do conhecido estilo neo manuelino. Além disso, o edifício que o abriga resgata o estilo gótico-renascentista popular, da forma em que foi construído em 1887. Livros raros da Europa e do Brasil Colônia são os destaques da coleção de 350 mil obras.

Entre elas está um exemplar da primeira edição de “Os Lusíadas” de Luis de Camões, que pertenceu à Companhia de Jesus. Também guarda as "Ordenações de Dom Manuel" por Jacob Cromberger, editadas em 1521; os "Capitolos de Cortes e Leys que sobre alguns delles fizeram", editados em 1539; "A verdadeira informaçam das terras do Preste Joam, segundo vio e escreveo ho padre Francisco Alvarez", de 1540.

Possui ainda manuscritos autógrafos do "Amor de Perdição", de Camilo Castelo Branco e o "Dicionário da Língua Tupy, de Gonçalves Dias, além de centenas de cartas de escritores.

+ChatGPT será restrito para assinantes? Saiba quanto a plataforma vai cobrar

Bibliotecas mais bonitas do mundo: o Real Gabinete

Fundado em 1837 para promover a instrução e melhorar o nível de conhecimento dos portugueses que chegavam ao Brasil, a atribuição do título “Real” ocorreu só em 1906 pelo Rei D. Carlos I. Confira abaixo breve cronologia sobre a criação do espaço:

  • 1837 - Criação do Gabinete Português de Leitura
  • 1842 - Transferência da sede para a Rua da Quitanda, 55
  • 1850 - Transferência da sede para a Rua dos Beneditinos, 12
  • 1871 - A diretoria do Gabinete adquire o prédio onde funcionou o Hotel São Pedro, na Rua da Lampadosa (Atual Rua Luís de Camões)
  • 1872 - Adquirido mais um terreno, contíguo àquele onde funcionara o Hotel São Pedro
  • 1880 - A diretoria escolhe o projeto de Raphael da Silva Castro para a nova sede
  • 1887 - Inauguração do edifício pela Princesa Isabel
  • 1900 - Classificação de “biblioteca pública” – acesso aberto ao público em geral
  • 1906 - Atribuição do titulo “Real” pelo Rei D. Carlos I
  • 1922 - Edição da “História da Colonização Portuguesa do Brasil” (Malheiro Dias)
  • 1931 - Dá-se início à comemoração do Dia de Portugal no Real Gabinete pela Federação das Associações Portuguesas, criada nesta data
  • 1935 - Outorga pelo Governo Português do benefício de “depósito legal” (*)
  • 1969 - Criação do Centro de Estudos
  • 2001 - Criação do “Polo de Pesquisas Luso-Brasileiras - PPLB”
  • 2018 - Associado-fundador da Associação Luís de Camões, em conjunto com o Liceu Literário Português, RBSP Caixa de Socorros D. Pedro V e Camões Instituto da Cooperação e da Língua, I. P.

O Real Gabinete Português de Leitura vive do pagamento mensal de sócios e a biblioteca funciona de segunda a sexta, das 9h às 18h, na Rua Luís de Camões, número 30.

+++Acompanhe as principais notícias sobre Sociedade no JC Concursos.

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.