MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Boletim Focus: mercado prevê juros e inflação mais altos no final de 2023

O Boletim Focus é a estimativa dos principais indicadores econômicos do Brasil realizado pelas maiores instituições financeiras do país

Boletim Focus: mercado prevê juros e inflação mais altos no final de 2023
JC Concursos
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 16/01/2023, às 10h43

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

Apesar do índice Ibovespa encerrar a última semana com uma alta aproximada de 2%, o Boletim Focus, que reúne projeções das principais instituições financeiras do Brasil, estima juros e inflação mais altos no final de 2023. 

Em relação ao IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), que é o indicador oficial de inflação, o mercado espera uma alta de 5,39%. Na semana passada, os analistas indicavam uma alta de 5,36%. Há quatro semanas, a previsão era de 5,17%. 

+Bolsa Família volta essa semana; saiba se o adicional de R$ 150 será pago em janeiro

Para 2023, o Conselho Monetário Nacional (CMN) apresentou uma meta de inflação de 3,25%, com uma margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. Deste modo, a meta pode oscilar entre 1,75% e 4,75%. Caso a inflação cresça dentro da estimativa do mercado, o primeiro ano do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá o estouro da meta de inflação. 

Com inflação mais alta, a tendência de manter os juros ainda segue no radar do Banco Central (BC ou Bacen). Por isso, o Boletim Focus aumentou a estimativa da taxa Selic de 12,25% para 12,50 ao ano. Apesar disso, ela é mais baixa do que a atual Selic, que está em 13,75%, a mais alta nos últimos sete anos. 

Para o fim de 2024, a estimativa do mercado para a Selic se manteve estável, ficando em 9,25%. O mesmo movimento aplicado para 2025, cuja previsão é que a Selic fique em 8,25%.

+Bolsa Família inicia pagamento nesta semana; Veja quem recebe o benefício social

Boletim Focus: PIB mais fraco e dólar estável

O Boletim Focus também estima um Produto Interno Bruto (PIB) mais fraco do que a projeção da semana anterior, ele recuou de 0,78% para 0,77%. Na projeção desta semana, o mercado manteve a previsão do PIB para 2024, que foi de 1,50%. Para 2025, a estimativa é que a economia brasileira cresça 1,90%.

Por outro lado, a cotação do dólar se manteve a mesma da semana passada, que foi de R$ 5,28. Para os anos de 2024 e 2025, a previsão do mercado é de que a moeda norte-americana fique em R$ 5,30, o mesmo valor da semana anterior.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.