MenuJC Concursos
Busca
Últimas Notícias | | Empregos | Sociedade | youtube jc | WEBSTORIES

Boletim Focus: Selic inverte tendência de queda e passa a subir nas projeções

Mercado financeiro, por meio do Boletim Focus, diminuiu otimismo com a Selic ao subir projeções dos juros para o ano que vem

Calculadora, caneta e um gráfico no fundo
Calculadora, caneta e um gráfico no fundo - Agência Brasil
Victor Meira

Victor Meira

victor@jcconcursos.com.br

Publicado em 30/10/2023, às 11h28

WhatsAppFacebookTwitterLinkedinGmailGoogle News

O mercado financeiro espera que a taxa básica de juros, a Selic, suba em 2024 em comparação às perspectivas de semanas anteriores. Segundo o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (30), a projeção da Selic para o final de 2024 passou de 9% para 9,25% ao ano. Já para o final de 2023, a estimativa foi mantida em 11,75% ao ano.

A Selic atual é de 12,75% ao ano, mas deve sofrer um novo corte de 0,5 ponto percentual na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) que acontece nesta terça e quarta-feira (31 e 1). Se confirmada, a Selic cairá para 12,25% ao ano, o menor nível desde agosto de 2021.

O Boletim Focus é um relatório semanal que reúne as projeções de cerca de cem instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos do país. A Selic é um dos instrumentos usados pelo Banco Central para controlar a inflação, que também teve sua projeção alterada para 2024.

A expectativa do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2024 subiu de 3,87% para 3,9%, ainda dentro da meta estabelecida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), que é de 3,5%, com margem de tolerância de 1,5 ponto percentual para mais ou para menos. 

Para este ano, a projeção do IPCA caiu de 4,65% para 4,63%, abaixo do centro da meta de 5%. Para 2023 e 2025, as estimativas foram mantidas em 3,5%.

Boletim Focus: PIB e Câmbio

Em relação ao Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, o mercado reduziu levemente a projeção para 2023, de 2,9% para 2,89%. Para os anos seguintes, as expectativas não mudaram: crescimento de 1,5% em 2024 e de 1,9% em 2025.

Já o câmbio não teve alterações nas projeções do Boletim Focus. A expectativa é que o dólar termine este ano cotado a R$ 5 e os próximos três anos cotado a R$ 5,05.

+++Acompanhe as principais informações sobre Sociedade e Brasil no JC Concursos

Siga o JC Concursos no Google NewsSociedadeBrasil

JC Concursos - Jornal dos Concursos. Imparcial, independente, completo.